11 temas para DDS e seu impacto nas políticas de segurança da Construção Civil

Tomás Lima

Redator do Sienge
Graduado em Administração pela UFMG
Apaixonado por Construção Civil

7 de fevereiro

É comum entre seres humanos fazer de uma conversa a melhor maneira para encontrar uma solução ou chegar à um objetivo comum, principalmente quando se trata de mais de duas pessoas. É com esse foco que o Diálogo Diário de Segurança, mais conhecido como DDS, acontece entre uma equipe de obra.

O escolher os temas para DDS é uma forma simples e poderosa de conscientizar as pessoas sobre a responsabilidade da equipe, quando o objetivo é minimizar os riscos de possíveis acidentes no trabalho. Esta atividade costuma possuir um alto índice de resultado, positividade e incentivo nas empresas.

Para ficar mais claro ainda, o DDS é uma conversa entre funcionários que aborda a prevenção no ambiente de trabalho, garantindo a saúde e integridade de todos. O respeito com o meio ambiente por exemplo, é um grande diferencial oferecido no momento da troca de idéias e instruções.

Nesse post vamos te passar todo o impacto que os diálogos diários de segurança tem na obra e na legislação e ainda apresentar 11 temas para DDS que você pode utilizar com seus colaboradores.

temas para dds uso de maquinários

Objetivo do DDS

O objetivo principal do DDS é unir as equipes através de um momento diferenciado no trabalho, permitindo que os colaboradores possam dar suas sugestões, bem como ser ouvidos. Não costumam passar de 15 minutos antes do início da jornada de trabalho, que os trabalhadores precisam para se unir em uma mesma razão: A qualidade de vida no trabalho.

A atividade diária requer este tempo para que, as atividades que serão exercidas, os fatores de riscos e as ações de prevenção sejam absorvidas de maneira simples e importante para todos.

Dica:

Tratar este momento como uma boa roda de conversa entre amigos, é a melhor maneira de não entediar os colaboradores e fixar a atenção de todos.

O DDS pode ser aplicado por diversas pessoas, desde que o colaborador tenha habilidades necessárias para desempenhar a atividade.
Deixar a disposição dos funcionários um calendário com os temas dos encontros, é uma excelente maneira de organizar e aguçar a interação da equipe diante os assuntos que serão abordados.

Quais os benefícios do DDS?

A matemática é simples: funcionário consciente + funcionário saudável = maior o nível produção!  Esse é o maior benefício que um diálogo diário de segurança pode trazer para uma empresa.

Veja bem:

Quanto melhor a performance de um colaborador em sua atividade, a empresa tende a aumentar consequentemente o lucro e a baixa de custos. como assistência médica, por exemplo.

O ambiente de trabalho acaba sendo um benefício pois o clima entre os colaboradores fica muito mais harmonioso quando todos estão comprometidos e satisfeitos naquele local.

Difícil é quem não gosta de conversar, não é verdade? E quando a empresa decide falar mais de perto com seus colaboradores, a tendência é que a equipe se sinta muito mais acolhida e motivada.

Agora que você entendeu o que é o DDS e seus benefícios, vamos ver abaixo a relação deste diálogo diário com algumas das políticas de segurança no canteiro de obras.

epis temas para dds

DDS e a relação com SESMT, NR 4, CIPA e NR 34

A segurança no ambiente corporativo sempre foi assunto em reuniões de empresas da Construção Civil, mas na atualidade o foco tem aumentado diariamente. A conscientização de que a vida de fato é o nosso patrimônio mais valioso tem sido um investimento no ramo.

A NR 4 por exemplo, foi criada com a finalidade de reduzir doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. A implantação do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, o SESMT, é uma exigência da norma.

Com o objetivo de atuar na prevenção a perigos à saúde dos trabalhadores, o SESMT deve ser composto por Médico, Engenheiro, Enfermeiro e Técnico de segurança do trabalho.
A finalidade é que juntos estes profissionais promovam compativelmente a preservação da saúde do trabalhador, bem como a correção de riscos no ambiente de trabalho.

Mas tem mais:

Outro exemplo de norma regulamentadora que estabelece premissas mínimas para as medidas de proteção e segurança, é a NR 34. A saúde e a segurança do ambiente de trabalho nas atividades da indústria da construção e também da reparação naval é a finalidade desta norma.

Em todos estes cenários o Diálogo Diário de Segurança é uma ferramenta fundamental para que acidentes de trabalho sejam evitados ao máximo.
Mesmo a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), sendo regulamentada e aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, também  utiliza o DDS como ferramenta.

A Comissão é formada por funcionários designados pelo próprio empregador, a fim de que o grupo forme uma parceria dinâmica e funcional entre funcionários e empresa.
Promover ações que minimizem situações de risco e aumentem a integridade no canteiro de obras também através do DDS, é mais uma forma da CIPA garantir a integridade de todos.

O objetivo é que as políticas de prevenção além de ser parte da cultura da empresa, faça com que efeitos práticos sejam o verdadeiro resultado do DDS.

Agora vamos ver os 11 temas para DDS que são importantes de serem abordados na utilização desta prática. Confira!

11 Temas para DDS para usar com seus colaboradores

Como o nome já diz, a ferramenta é uma prática diária, e para evitar repetir os temas para DDS em seu calendário, separamos algumas sugestões de assuntos abaixo.

1- APRAnálise Preliminar de Risco

Estudo detalhado e antecipado de todas as etapas do trabalho a fim de detectar os possíveis problemas que poderão surgir durante as atividades.
Conscientizar e participar a equipe do processo é fundamental para manter um clima de trabalho seguro e conjunto.

2- EPI Equipamento de Proteção Individual

O segmento lidera o ranking de acidentes de trabalho, portanto destacar, sempre que possível, que a falta de EPI pode ocasionar acidentes fatais, nunca é demais.

3- EPC Equipamento de Proteção Coletiva

Como o nome diz, o equipamento é destinado a proteger mais de uma pessoa ao mesmo tempo, pois é coletivo. A escolha da não utilização coloca em risco a vida de vários profissionais. Também não é demais lembrar a equipe o quanto vale a vida do colega de trabalho.

4- BRINCADEIRASNo horário de trabalho, evite!

Além de não concluir as atividades com responsabilidade, brincadeiras podem trazer ao colaborador consequências graves. O desligamento é um dos fatores prejudiciais de não levar a sério o ambiente de trabalho. Exposição aos riscos e acidentes que muitas vezes podem ser irreversíveis, também são pontos graves para quem não sabe que para brincar, existe hora e lugar.

5- QUASE ACIDENTE São sinais de alerta

Uma fração de segundo é o que separa um acidente de um acidente fatal.
Relatar e corrigir as pequenas situações com maior urgência, resulta em mais tempo para sanar problemas que podem ser simples, quando descobertos no princípio.

6- LIMPEZA E ORGANIZAÇÃOBons hábitos no canteiro de obras

Iniciar o dia diante desorganização e sujeira no ambiente de trabalho, é um dos primeiros fatores para que o desânimo seja instalado com sucesso no seu dia. A segurança e produtividade também serão afetadas. Vale também lembrar que, a reputação da empresa está atrelada aos bons hábitos de organização da equipe.

temas para dds entulho

7- LESÕES NAS COSTAS Como evitar?

Todo cuidado para não trabalhar com dor é pouco! O profissional da construção civil tende a repetir movimentos constantemente.
Compartilhar práticas de alongamento e também de como manter a postura ao executar as atividades propostas é uma ótima dica.

8- PRIMEIROS SOCORROSCIPA

Infelizmente o canteiro de obras é um ambiente propício à acidentes, mesmo que não graves, por isso é importante uma equipe treinada para emergências.
Disponibilizar cursos e treinamentos da CIPA para conhecimento de todos é essencial, afinal aprender nunca é demais. Lembre que, e num momento de urgência o primeiro socorrista pode ser você.

9- HIGIENE PESSOALTão importante quanto sua segurança

Incentivar práticas diárias de higiene pessoal no ramo da construção, é fundamental, pois não garante somente a saúde do trabalhador, mas também de colegas e familiares devido à exposição contínua com poeira, bactérias e demais riscos de contaminação.

10- EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS A inspeção pode evitar acidentes.

Identificação de riscos, aumento da produtividade e segurança, são alguns dos benefícios que uma inspeção periódica nos equipamentos e ferramentas, pode trazer ao canteiro de obras.

11- PROTEÇÃO DAS MÃOSA sua ferramenta mais valiosa

Nossas mãos são um de nossos membros mais suscetíveis a exposição de riscos de acidentes de trabalho. É sempre válido manter em alerta o cuidado com as mãos e o riscos que estarão expostas diariamente, sem o uso corretos dos equipamentos de proteção.

Viu como é simples e econômico investir na segurança dos trabalhadores e do canteiro de obras? A consequência de um lugar seguro, com uma equipe consciente, comprometida e satisfeita, não é positiva apenas internamente mas também, comercialmente.

Uma empresa que investe em segurança e principalmente que se importa em ouvir os que a mantém de pé, é uma empresa humanamente conceituada. Práticas de segurança e feedbacks positivos da equipe, elevam a credibilidade da mesma diante o mercado.

Espera só um pouco! Antes de ir, nos conte abaixo o que você acha sobre a prática de DDS e compartilhe suas experiências. Ah! E se não for pedir muito, curta nossa página e nos siga nas redes sociais!  Até a próxima!