banner sienge

Produtividade na Construção Civil: o que é e como medir

16 de novembro de 2017

Se tem algo inquestionável é a necessidade de medir e aumentar a produtividade na construção civil, não é mesmo?

Sem dúvida a produtividade na construção civil é um dos tópicos que mais preocupam as empresas do setor no Brasil. Até mesmo porque o País é um dos que apresentam piores índices de produtividade na construção civil em todo o mundo.

Mas fique tranquilo!

Nesse post vamos te ajudar a medir e melhorar os índices de produtividade na construção civil. Você vai ter contato com os fatores que influenciam esse aspecto, como o planejamento e a gestão.

Em primeiro lugar, vamos definir os conceitos fundamentais.

Afinal, o que é produtividade?

Não caia na armadilha de confundir produtividade com produção. Embora os termos estejam intimamente ligados, produção é o resultado da atividade, beneficiada por melhores índices de produtividade.

De acordo com o Centro de Produtividade do Japão, produtividade é:

“Minimizar cientificamente o uso de recursos materiais, mão de obra, equipamentos etc., para reduzir custos de produção, expandir mercados, aumentar o número de pessoas empregadas, lutar por aumentos reais de salários e pela melhoria do padrão de vida no interesse comum do capital, trabalho e consumidores.”

Ou seja, além de ter uma definição diversa de produção, produtividade não diz respeito apenas a ganho de velocidade e redução de custos. Produtividade tem a ver também com a melhoria das condições de trabalho das pessoas.

E a produtividade na Construção Civil?

Produtividade na construção civil se relaciona com a melhor forma de utilizar os recursos disponíveis em canteiro. Logo, isso significa desenvolver estratégias que permitam usufruir melhor do espaço físico, das ferramentas, dos insumos, dos processos de transporte e, também, das técnicas de gerenciamento e, claro, da mão de obra.

Dois exemplos que demonstram bem o que é produtividade têm a ver com a quantidade de horas consumidas e as condições para realizar determinada tarefa.

Em um caso, uma empresa de construção que não se preocupa com a destinação do entulho gerado pode até vir a obter, num primeiro momento, bons resultados de produção. Entretanto, é uma empresa que não considera corretamente os impactos da atividade. Logo, não contribui para a melhoria da produtividade na construção civil.

Num outro caso, o profissional responsável por determinada tarefa pode estar submetido a uma carga de trabalho desgastante. Logo, estaria obtendo uma produção maior às custas de outros aspectos de sua vida.

Como se vê, produtividade na construção civil está relacionada ao equilíbrio geral do resultado.

Como medir a produtividade na construção civil

Você saberia dizer se sua construtora apresenta bons índices de produtividade?

O primeiro passo para saber se sua construtora está bem ou precisa melhorar é saber o que medir.

De acordo com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), há seis fatores de impacto principais para a produtividade na construção civil. São eles:

  • Capacitação e treinamento da mão de obra: funcionários bem capacitados, adequadamente remunerados e que criam vínculos com a empresa tendem a apresentar melhor produtividade;
  • Retrabalho: quando o trabalho não precisa ser refeito o desperdício é reduzido e os prazos atendidos;
  • Matéria-prima: bons materiais proporcionam menos retrabalho e controle sobre o estoque proporciona continuidade ao fluxo de trabalho;
  • Layout do canteiro de obras: ao planejar o espaço de trabalho a circulação de trabalhadores e máquinas é agilizada, com fácil acesso dos materiais à frente de trabalho;
  • Segurança do trabalho: quando um funcionário se machuca, além do custo humano imensurável, há prejuízos financeiros e impactos na produção e nos prazos;
  • Planejamento e controle de obras: com um plano afinado de execução sua obra não vai enfrentar desabastecimento nem desperdício de materiais. Também serão menos graves eventuais atrasos ou erros.

Ferramentas para medir a produtividade na construção civil

Um instrumento tradicional para medir a produtividade na construção civil é a TCPO (Tabelas de Composições de Preços para Orçamento). A publicação traz composições de custos para diversos serviços realizados num canteiro de obras.

As composições de custo indicam a quantidade de horas, os equipamentos e a mão de obra necessárias para realizar cada serviços. Com isso, estabelece valores de referência para a produtividade na construção civil brasileira.

Há, ainda, na TCPO uma lista de fatores que impactam positiva ou negativamente para a produtividade de cada serviço.

Mas não é só ela:

Outra ferramenta útil é o Manual Básico de Indicadores de Produtividade na Construção Civil, da CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção). A entidade adotou, para a publicação, os conceitos de RUP (Razão Unitária de Produção), apresentado como RUP cumulativa e RUP potencial, e de CUM (consumo unitário de materiais).

O Volume 1 do Manual Básico de Indicadores de Produtividade na Construção Civil, da CBIC, aborda a produção de:

  • Estrutura de concreto armado convencional;
  • Estrutura em paredes e lajes de concreto moldadas com uso de fôrma de alumínio.

Agora que você já sabe quais são os fatores que impactam e já conhece as ferramentas que permitem medir a produtividade na construção civil, está na hora de dar o próximo passo.

Como aumentar a produtividade na construção civil

É claro que não existem fórmulas mágicas a serem aplicadas que garantam ganhos expressivos de produtividade para a sua empresa. No entanto, há algumas práticas que certamente ajudam a melhorar o desempenho geral do seu canteiro de obras.

Afinal, já sabemos que os fatores a seguir apresentam forte impacto na produtividade na construção civil:

  • Capacitação e satisfação da mão de obra;
  • Metodologia de trabalho adotada;
  • Layout do canteiro de obras;
  • Práticas de gerenciamento e controle;
  • Processos de produção utilizados;
  • Uso de insumos;
  • Estrutura organizacional da empresa.

De uma maneira geral, para aumentar a produtividade na construção civil é preciso:

  1. Reduzir o tempo construtivo;
  2. Padronizar atividades;
  3. Reduzir desperdícios de materiais e aumentar o controle sobre o estoque;
  4. Diminuir retrabalhos.

Você talvez esteja se perguntando como é possível atacar todas essas frentes simultaneamente, não é mesmo?

Talvez você goste das dicas a seguir:

  • Invista na qualificação e no bem estar de seus funcionários;
  • Faça o planejamento do canteiro de obras;
  • Invista no layout e na logística do canteiro;
  • Atente à NR 18;
  • Não negligencie a importância do armazenamento de materiais;
  • Exija o uso dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva);
  • Mantenha a organização e a limpeza;
  • Programe a compra de materiais;
  • Pesquise tecnologias para gestão do canteiro de obras.

Tecnologia como aliada à produtividade na construção civil

Sabia que, de acordo com o Sebrae, a tecnologia pode ajudar a melhorar a produtividade na construção civil?

Conforme a entidade, a tecnologia está revolucionando a produtividade na construção civil em pelo menos três frentes:

  • Materiais: há cada vez mais alternativas de materiais de construção inteligentes e que ajudam a obter melhores índices de qualidade e produtividade na construção civil;
  • Controle e gestão: aparelhos digitais, como tablets, smartphones e softwares de gestão, proporcionam organização e acesso instantâneo a informações relevantes para o bom andamento da obra. Com isso, reduzem processos e, consequentemente, melhoram a produtividade na construção civil;
  • Produção: desde que sob a operação de operários bem capacitados, ferramentas e equipamentos permitem automatizar boa parte do processo produtivo, levando a melhoria na produtividade na construção civil.

Confira gráfico desenvolvido pelo Sebrae que indica em quais aspectos a tecnologia proporciona ganhos de produtividade na construção civil:

tabela tecnologia produtividade na construção civil

Fonte: Sebrae

Conclusão

Conforme pudemos ver, melhorar a produtividade na construção civil é fundamental para aumentar a competitividade não só do setor, mas da sua construtora também.

Trouxemos algumas dicas sobre como medir a produtividade atual da sua construtora e também orientações para melhorar processos e a gestão.

No entanto, a produtividade na construção civil é um tema que merece atenção e estudo constante. Por isso, não negligencie o controle e a tomada de medidas para melhorar continuamente a produtividade na construção civil.

Se você gostou do conteúdo apresentado nesse post não deixe de curtir, comentar e compartilhar com seus amigos.

Bruno Loturco

  • Jornalista
  • 15 anos de experiência em produção de conteúdo para o mercado imobiliário e o setor de construção civil
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa