banner sienge

Os softwares mais utilizados na Construção Civil

Blog > sienge, software
30 de maio de 2017

Historicamente, o ofício de construir evoluiu muito para atender as demandas militares, e a engenharia civil surgiu com a missão de aplicar estes avanços tecnológicos a favor da sociedade. A inovação está na raiz desta indústria e talvez por isso ela tenha tanta afinidade com o uso de softwares.

Hoje, a aplicação de um software para construção civil é parte do dia a dia da indústria, os aplicativos CAD já substituíram a prancheta há algum tempo, mas ainda podemos ganhar muito em produtividade e assertividade apoiando outras atividades com o uso de ferramentas de software.

E a aplicação dos softwares da construção civil não se restringe ao projeto, temos uma infinidade de opções para as diversas áreas da indústria. A seguir vamos expor algumas das ferramentas mais utilizadas por área de atuação:

 

Projetista

Archicad print

 

archicad logo

Archicad: este software possibilita a edição 2D e 3D em um único produto. Tem muitas ferramentas auxiliares, como o roofMaker para auxiliar no desenho de telhados e o ArchiTerra para modelar terrenos, o que pode acabar complicando um pouco o uso, mas quando dominadas podem facilitar muitas operações para você.

 

 

 

autocad print

autocad logoAutocad: o Autocad foi lançado em 1982 com o propósito de rodar em computadores pessoais, a ideia deu certo e ele virou um sinônimo de software para construção civil. Com diversas evoluções em mais de 30 anos de estrada se tornou um software muito completo. Se você não necessita de uma visualização 3D pode ser uma boa opção.

 

 

Sketchup print

sketchup logoSketchUp: muito simples de usar, o SketchUp traz uma produtividade muito grande para o usuário. Não tem ferramentas para desenhar objetos específicos ou detalhes de edificações, mas é ideal se você precisa fazer uma representação rápida para validar uma ideia.

 

 

Orçamentista

compor 90 logoCompor 90: o Compor Noventa é um software de orçamento muito utilizado no Brasil, tem diversas tabelas de mercado integradas o que facilita o trabalho do orçamentista. Uma desvantagem do produto é o fato de rodar localmente, o que por muitas vezes limita o seu acesso a ferramenta.

 

 

excel print

excel logoExcel: o Excel não é especificamente um software para construção civil, porém, sua flexibilidade e a infinidade de possibilidades de cálculo que ele permite o tornaram muito popular para a orçamentação. Se você fizer seus orçamentos no Excel tome cuidado com o gerenciamento dos arquivos, uma célula editada por descuido pode alterar completamente seu orçamento.

 

 

sienge print orçamento

sienge logoSienge: é um ERP, software de gestão, cujo sistema de orçamentos permite o cadastro de serviços e suas composições, que podem ser copiadas de outras obras ou de um repositório. O fato de ser acessado pela internet facilita o seu acesso ao orçamento de qualquer lugar. É ideal se você precisa orçar e acompanhar os valores orçados em comparação com o que foi executado na obra.

 

Coordenador de projetos

MSProject print

ms project logoMS Project: o Project não é, exclusivamente, um software para construção civil, mas atende muito bem a necessidade de planejar a execução dos serviços da obra. Se você precisa controlar os impactos de atrasos na obra a rede PERT do MS Project pode ser um forte aliado.

 

 

 

primavera print

primavera logo

 

Primavera: o Primavera é um gerenciador de projetos muito robusto, que possibilita muito controle, com diversas configurações, e por isso a curva de aprendizagem é um pouco lenta. É indicado para projetos mais complexos.

 

trello print

trello logoTrello: o Trello aparece cada vez mais no relato dos profissionais responsáveis pelo planejamento de obras. Sem dúvidas é o mais fácil de começar a usar. É muito bom se você precisa distribuir atividades para uma equipe de mestres de obras. Uma dificuldade pode ser o contato da sua equipe de obras com tecnologia.

 

 

Engenheiro de obras

ms project logoMS Project: caso você tenha optado por fazer o planejamento no MS Project ele próprio pode ser utilizado para apontar as execuções, centralizando assim os dados em um só arquivo.

 

 

sienge logoSienge:  o módulo de acompanhamento do Sienge possui a opção de apontar o progresso da obra tanto pelo percentual quanto pela quantidade. Além disso, ter esses dados dentro do sistema permite que você perceba distorções entre o avanço planejado e o realizado.

 

 

BIM

Hoje, não podemos mais falar sobre software para a construção civil sem falar de BIM (Building Information Modeling). O BIM é uma metodologia que permite integrar as informações relativas a uma obra em um só projeto. Por isso é interessante citarmos alguns softwares que trabalham com essa tecnologia.

 

Revit print

Revit logoRevit: também fornecido pela Autodesk, empresa responsável pelo do Autocad, o Revit traz o conceito do BIM para dentro do projeto. A ferramenta permite visão 2D e 3D. Uma dificuldade que você pode enfrentar ao utilizar o Revit é a capacidade de processamento dos computadores, já que é um software muito pesado.

 

 

Navisworks print

navisworks logoNavisworks: o Navisworks permite o planejamento da execução das tarefas da obra em uma visão tridimensional. Uma ferramenta muito interessante do Navisworks é a possibilidade de gerar um vídeo simulando a construção da obra.

 

 

on target logoOn Target: a grande vantagem do On Target é levar o projeto BIM para o canteiro de obras através de dispositivos móveis, desta forma você pode verificar detalhes do projeto no local.

 

A adoção de um software para a construção civil pode trazer mais confiabilidade e produtividade para as atividades que você já executa na administração e execução das obras. É importante avaliar as opções antes de adotar uma solução, uma ferramenta muito complexa para apoiar um processo simples pode prejudicar o seu desempenho.

Dependendo das funções desempenhadas pela sua empresa você pode precisar de mais de uma ferramenta, nessa situação uma solução integrada pode diminuir o ruído na troca de informações entre as áreas.

É claro que existem muitas outras atividades na indústria e muitos outros ótimos softwares para a construção civil, mas achamos que poderíamos ajudar você com essas dicas. Espero ter colaborado para que você encontre uma ferramenta para melhorar o seu dia a dia. Se você tiver alguma dúvida ou sugestão deixe um comentário para tentarmos te ajudar.

João Gabriel Dias

  • Product Owner dos módulos de Engenharia e Gestão de Ativos do Sienge
  • Bacharel em Sistemas de Informação formado pela UFSC
  • Trabalha para a Indústria da Construção desde 2009
  • Certified Scrum Product Owner e Certified ScrumMaster pela Scrum Alliance
 

Deixe um Comentário

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa