banner sienge

Fornecedores de construção civil: 8 critérios para contratação

2 de dezembro de 2017

Todos os profissionais do setor precisam compreender a importância de garantir a idoneidade dos fornecedores de construção civil.

Isso não apenas evita que problemas como descumprimento de prazos e entrega de produtos inferiores comprometam o andamento, a qualidade e a rentabilidade da obra. Certas precauções também coíbem práticas incorretas na indústria, tais como desrespeito à legislação ambiental, trabalhista e fiscal.

Por isso, devemos manter relações de trabalho somente com empresas que respeitam as exigências e os padrões de qualidade específicos do setor. Quando você toma isso como prioridade na hora de realizar contratações, está fazendo sua parte para proteger a sociedade de profissionais inescrupulosos.

Além disso, previne-se de prejuízos e cultiva a reputação de sua empresa, entregando a seus clientes projetos feitos com insumos de boa procedência.

A seguir, apresentaremos 8 dicas para auxiliá-lo a selecionar fornecedores de construção civil.

Continue a leitura!

1. Preço

Geralmente, esse costuma ser o critério número 1 para a contratação de fornecedores de construção civil.

Entretanto, às vezes o barato sai caro. Produtos com preços muito abaixo do mercado podem deixar a desejar em desempenho. É comum que contenham matérias-primas inadequadas ou estejam envolvidos em processos produtivos com controle de qualidade deficiente.

Mas isso não significa que você deverá optar pelos materiais mais caros. Necessita, sim, informar-se antecipadamente sobre a credibilidade da empresa e a qualidade de seus processos. Para isso, siga os critérios sugeridos nesta lista!

2. Formalização

Você pode se certificar de que a empresa está operando de maneira regular por meio da consulta do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

SITE – Solicite o número de 14 dígitos do CNPJ ao fornecedor (essa informação também consta na nota fiscal) e verifique sua situação cadastral no site da Receita Federal. A consulta mostra os principais dados da empresa (razão social, nome fantasia, atividade, natureza jurídica, endereço) e se ela está ou não ativa. 

APLICATIVO – A Receita Federal também disponibiliza o APP CNPJ, aplicativo que permite realizar a consulta da situação cadastral de empresas via smartphone. Gratuita, a ferramenta está disponível para iOS e Android.

Para saber se a empresa possui dívida e outras pendências, você também pode contratar serviços de consulta ao Sistema de Proteção ao Crédito (SPC) e ao Serasa. 

3. Normas técnicas

Atender às norma técnicas no fornecimento de materiais de construção civil é uma condição obrigatória. Trata-se de pré-requisito para a garantir a qualidade da obra, bem como a segurança e o conforto dos usuários. 

A seguir, veremos o que diz a legislação.

Código de Defesa do Consumidor

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 18, parágrafo 6º, são impróprios ao uso e consumo produtos que estiverem em desacordo com as normas regulamentares de fabricação, distribuição ou apresentação.

O Código também estabelece, em seu artigo 39, inciso VIII, que é vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, entre outras práticas abusivas:

colocar, no mercado de consumo, qualquer produto ou serviço em desacordo com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes ou, se normas específicas não existirem, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas ou outra entidade credenciada pelo Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro)”.

Regras para edificações habitacionais

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), em sua NBR (Norma Regulamentadora) 15.575: 2013 – Edificações Habitacionais – Desempenho, define os parâmetros de desempenho mínimo para os principais elementos de uma edificação:

  • sistemas estruturais;
  • sistemas de pisos;
  • sistemas de vedações verticais internas e externas;
  • sistemas de coberturas;
  • sistemas hidrossanitários.

Assim, garanta que seus fornecedores de construção civil trabalhem com produtos que atendam às regras da NBR 15.575. 

LEIA MAIS: PROCESSO DE COMPRA: 6 PASSOS PARA POTENCIALIZAR SEU LUCRO!

4. Licenciamento Ambiental

Pedir ao fornecedor de construção civil o número de processo de sua licença ambiental e consultar a validade no órgão ambiental estadual deve ser procedimento-padrão.

A licença ambiental é uma exigência legal para os empreendimentos ou atividades que utilizam recursos naturais e causam impactos ao meio ambiente. Por meio desse dispositivo, são estabelecidas condições para a instalação e a operação dessas empresas, de forma a mitigar e compensar os danos ambientais.

5. Certificações

Respeitar as normas técnicas da ABNT e a legislação ambiental deve ser o mínimo exigido de seus fornecedores de construção civil. O aconselhável, além disso, é selecionar empresas que sejam certificadas em programas de gestão de qualidade, como:

  • ISO 9000 – Gestão da Qualidade;
  • ISO 9001 – Gestão da Qualidade – Exigências;
  • ISO 14001 – Proteção ao Meio Ambiente;
  • ISO 18001 – OHSAS;
  •  Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H).

Esse é um grande diferencial competitivo. Significa que a empresa está realmente comprometida em garantir a excelência de seus processos e produtos. Afinal, a obtenção e manutenção das certificações requer o cumprimento de inúmeros pré-requisitos de qualidade, que são monitorados e fiscalizados em auditorias periódicas pelos órgãos certificadores.

Dessa forma, você terá a certeza de estar adquirindo materiais de empresas que atuam com responsabilidade técnica e socioambiental. 

fornecedores de construção civil

6. Combate ao trabalho escravo e infantil

Você sabia que, em 2015, a construção civil foi apontada como o setor com mais casos de trabalho escravo no Brasil? Essa é uma infeliz realidade na indústria, e precisamos combatê-la de todas as formas. 

Você pode ter acesso, no site do Ministério do Trabalho, à lista de empresas autuadas por submeter seus empregados a condições análogas à escravidão. 

7. Credibilidade

Busque referências sobre a atuação do fornecedor no mercado. Informe-se sobre sua reputação conversando com outros clientes e pesquisando na internet. Se possível, verifique se ele é confiável no cumprimento dos itens contratuais, principalmente com relação a prazos e qualidade. 

Além disso, você pode solicitar uma visita de inspeção à sede da empresa. Essa é uma oportunidade de averiguar as condições de trabalho e de produção mantidas pelo fornecedor. Diversas instituições adotam essa procedimento para se certificarem das boas práticas desses stakeholders

8. Uso de tecnologia na seleção de fornecedores de construção civil

Atualmente, existem softwares específicos para a construção civil, como o Sienge. Eles viabilizam a gestão de toda a obra, incluindo a relação com os fornecedores. É possível contratar um módulo para gerenciar os fluxos de compras, estocagem, distribuição de materiais e contratação ou prestação de serviços.

Em relação aos fornecedores, funciona da seguinte forma: quando você precisa fazer uma cotação, o sistema envia automaticamente a solicitação às empresas, liberando o acesso para que elas preencham as informações. As respostas recebidas são processadas pelo sistema para gerar um mapa comparativo.

Após a contratação do fornecedor com melhor custo-benefício, vem a entrega do produto e a inspeção final. Depois, você poderá avaliar o serviço prestado – com base em critérios como qualidade, prazo e preço – e registrar no sistema. Caso o desempenho fique abaixo da meta, a empresa poderá ser vetada de cotações futuras. Isso garante um ambiente de concorrência mais imparcial e seguro.

Essas soluções ainda permitem que você controle autorizações de pagamentos e gerencie o fluxo de despesas e impostos retidos. É possível emitir guias, relatórios de contas pagas e a pagar, extratos de credores e relatórios de valores gastos e orçados.

Dessa forma, o processo de compra torna-se mais simples, rápido e seguro, reduzindo gastos e evitando retrabalho.

Conclusão

Esperamos que essas dicas possam ajudá-lo a selecionar bons fornecedores de construção civil. Como vimos, o benefício não está somente na economia em médio e longo prazo. Esses cuidados farão com que seu empreendimento também esteja associados a boas práticas de qualidade, segurança e responsabilidade socioambiental.

Caso você tenha interesse em qualificar ainda mais seu processo de compra, peça uma demonstração do Sienge, o software especialista em gestão de empresas da construção civil. 

Se este conteúdo foi útil, indique a quem também possa se interessar! 

Helena Dutra

  • Jornalista
  • Redatora e revisora
  • Especialista em Produção de Conteúdo para Web
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa