Tudo o que você precisa saber sobre a NBR 15575

19 de junho de 2019

Se tivesse de resumir em uma palavra o desejo de qualquer cliente, ao comprar um imóvel, talvez a melhor escolha seja “qualidade”. Se uma edificação é construída com qualidade, vai durar muito tempo e não dará dor de cabeça aos proprietários.

E foi para aumentar a qualidade das edificações que surgiu a NBR 15575, em vigor desde julho de 2013, uma norma que traz benefícios para todo o setor.

Neste artigo, eu vou te mostrar tudo que você precisa saber sobre essa NBR e por que ela é tão importante para a indústria da construção civil.

O que é a NBR 15575?

A NBR 15575 é a Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais. Ela foi criada com o propósito de demonstrar claramente como os produtos usados em uma construção se relacionam com a qualidade de uso do imóvel depois.

Em outras palavras, essa norma estabelece um alto padrão de qualidade para os imóveis, e as construtoras precisam se adequar a ele. Além de estabelecer critérios a seguir, ela também conta com mecanismos de análise, para garantir que as determinações sejam respeitadas.

Um exemplo desse controle maior é que os parâmetros definidos pela NBR 15575 devem aparecer no memorial descritivo da obra.

Uma dica interessante é o ebook gratuito do Sienge “Memorial descritivo: tudo que sua construtora precisa saber”. Para baixar é só clicar na imagem abaixo!

Ebook memorial descritivo nbr 15575

Clique na imagem para baixar

Por que a NBR 15575 é importante para a construção civil?

A princípio, poderia parecer que a NBR 15575 tornou a vida das construtoras mais difícil. Mas um olhar pelo ponto de vista certo mostra que ela trouxe apenas benefícios. Como assim?

A exigência de construções com nível de qualidade mais elevado tira do mercado as empresas que praticam concorrências injustas por preço, mas não oferecem valor.

Além disso, obriga o setor, como um todo, a se desenvolver e amadurecer em práticas e processos. Veja 3 exemplos dessa evolução coletiva:

Aumento da sustentabilidade

O primeiro aspecto a levar em conta é o aumento das práticas e materiais sustentáveis por parte das empresas. Além de oferecerem menor impacto ao meio ambiente, boa parte dessas soluções criativas traz maior conforto, durabilidade e resistência a danos.

o que é nbr 15575 memorial descritivo

Isso torna mais fácil colocar o mercado brasileiro no mesmo patamar de outros países, com construções sustentáveis dignas dos padrões internacionais.

Novas soluções construtivas

Além dos materiais, a adoção de sistemas construtivos inovadores e tecnológicos é outra tendência desde o surgimento da NBR 15575. Um bom exemplo é o Steel Frame, sistema construtivo industrial composto por armações de aço galvanizado e fechamentos termoacústicos.

nbr 15575 memorial descritivo

Muitas dessas soluções oferecem menor impacto ambiental, além de ganho de tempo e redução de desperdícios. Por outro lado, exigem maior qualificação da mão de obra.

Inovação no gerenciamento de obras

Além da atividade construtiva em si, não poderíamos deixar de destacar que um mercado mais aberto a inovação e desenvolvimento teria de aprimorar seus métodos de gestão.

O gerenciamento de obras precisa de agilidade para dar conta de todas as exigências da NBR 15575 sem deixar nenhum ponto de lado. Para isso, cada vez mais construtoras têm usado sistemas ERP voltados para a construção civil.

Esse tipo de sistema dá uma visão macro de todos os aspectos construtivos e financeiros de cada empreendimento, o que facilita cumprir os requisitos da NBR 15575.

3 cuidados que a NBR 15575 exige das construtoras

A NBR 15575 é uma norma bem detalhada, o que pode tornar difícil cumprir todos os requisitos sem deixar nada de fora. Para facilitar, ela foi dividida em 6 partes:

  • requisitos gerais;
  • sistemas estruturais;
  • sistemas de pisos;
  • sistemas de vedações verticais internas e externas;
  • sistemas de coberturas;
  • sistemas hidrossanitários.

Em resumo, esses tópicos dizem respeito a pontos como:

Sistema construtivo

O tipo de sistema construtivo adotado vai ter impacto profundo na qualidade de uso final da edificação. Pensando nisso, esse é um dos aspectos que recebem bastante destaque na norma.

Não é à toa que a NBR 15575 traz mais de 500 pontos que garantem uma construção finalizada segundo altos critérios de conforto, durabilidade.

Então já sabe:

Ao construir é importante levar em conta os pontos destacados pela norma desde a decisão sobre qual sistema construtivo adotar, e como adaptá-lo para acolher as especificações.

Aplicação de materiais

A aplicação de materiais leva em conta uma tendência internacional, que já foi até comentada aqui: a de usar materiais sustentáveis. Além de serem projetados para dar melhor qualidade aos projetos, o seu baixo impacto ao meio ambiente é um atrativo e tanto.

E eles trazem mais um benefício:

A boa aplicação de materiais inovadores e sustentáveis também faz com que as edificações aumentem em valor de mercado, e sejam mais fáceis de vender. Logo, os materiais usados têm grande peso no cumprimento dessa NBR.

Controle de resíduos

A boa escolha dos materiais e do método construtivo já farão muita diferença no controle de resíduos da obra. Apesar disso, ainda haverá materiais que a construtora deve descartar, e é fundamental fazer isso de forma apropriada.

o que é nbr 15575

Afinal de contas, um controle sem os devidos processos de qualidade pode resultar em contaminação do canteiro de obras e dos locais em volta. Com isso em mente, tenha um plano claro de ação para descarte de resíduos sólidos e líquidos, principalmente se tiverem substâncias tóxicas.

2 erros comuns na aplicação da NBR 15575 que você precisa evitar

Alguns erros podem atrasar o seu entendimento do que deve ser feito no dia a dia, enquanto outros podem atrapalhar todo o bom trabalho que a sua construtora já fez.

É desses dois tipos de erros que vamos falar agora. Eles são comuns, mas nem por isso você deve deixar de prestar atenção para não cair neles. Por isso, evite:

Confundir NBRs com NRs

Apesar de as siglas serem bastante parecidas, e de os assuntos terem relação, NBR e NR não são a mesma coisa. As NBRs, como a 15575, sobre a qual estamos falando neste artigo, são normas técnicas determinadas por especialistas do mercado e emitidas pela ABNT.

Já as NRs são normas reguladoras, emitidas pelo Ministério do Trabalho e, portanto, obrigatórias. Essas normas têm a ver com padrões de segurança para uma construção ou reforma, e não necessariamente com a qualidade final do projeto.

O problema de não saber a diferença é:

Ao achar que a NBR 15575 é mais uma NR, você poderia se confundir com outras já existentes e deixar de aplicá-la do jeito certo. Então, fique atento ao que compõe cada norma para não ficar devendo em nenhuma delas.

Deixar de detalhar o memorial descritivo

O memorial descritivo é um dos documentos mais importantes de uma obra, e desde a chegada da NBR 15575 foi modificado, ficou mais detalhado. Por isso, um grande erro seria fazer o esforço de implementar o padrão estabelecido, mas não documentar isso da maneira adequada no memorial descritivo.

Por exemplo, não basta escrever que os materiais usados estão de acordo com a norma. É preciso dimensionar e quantificar os elementos, para que isso fique bem claro.

O Sienge disponibiliza gratuitamente um modelo de memorial descritivo. Você pode baixá-lo facilmente clicando na imagem abaixo.

Modelo de Memorial Descritivo NBR 15575

Clique na imagem para baixar

Por fim, a NBR 15575 é um marco para o desenvolvimento do setor da construção civil no Brasil. Com maior pesquisa, inovação e qualificação, só os melhores restarão no mercado. Para isso, é fundamental aprimorar também os métodos de gestão da sua construtora.

Quer saber como você pode levar a sua construtora a um outro nível de produtividade e qualidade? Veja como um sistema ERP pode ser um divisor de águas!

Tomás Lima

  • Gestor de Conteúdo
  • Graduado em Administração pela UFMG
  • Apaixonado por Construção Civil
 

Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa