banner sienge

10 Construções Sustentáveis que você precisa conhecer

25 de fevereiro de 2019

Não dá para negar que quando eficiência e beleza caminham juntas em um projeto de construção, o resultado é sempre melhor.

Felizmente, esse alinhamento está cada vez mais comum, tanto em obras residenciais quanto comerciais. Afinal, há muito mais por trás de uma construção sustentável que apenas usar materiais amigáveis ao meio ambiente.

Estamos falando de eficiência energética, conforto maior, economia de recursos, durabilidade do edifício e uma série de outros benefícios.

É por isso que eu vou te mostrar neste artigo alguns princípios de sustentabilidade na construção civil, certificações que você precisa conhecer.

Além disso, vamos ver juntos nada menos que 10 exemplos incríveis e inspiradores de construção sustentável.

O que torna uma construção sustentável? Entenda os critérios

Você sabia que a construção é o setor de atividades humanas que mais consome recursos naturais e causa impacto ambiental? Quem diz isso é o próprio Conselho Internacional de Construção.

É por isso que a sustentabilidade tem se tornado uma preocupação cada vez maior em construções de todos os tipos.

Mas você talvez se pergunte:

O que torna uma construção sustentável, afinal de contas? De forma geral, podemos citar alguns critérios que são importantes:

Arquitetura inteligente

A arquitetura sustentável leva em conta fatores como a relação da edificação com o entorno, principalmente se a construção for feita ao redor de áreas ambientais.

Além disso, é preciso dar atenção a possíveis mudanças futuras de uso dos ambientes. Ou seja, dar flexibilidade aos locais e evitar futuras demolições.

Eficiência energética

O consumo de energia desempenha um papel importante nos custos financeiros e, principalmente, ambientais, de uma construção.

Prezar pela eficiência energética significa garantir que a energia para manter o local seja de fontes limpas e com baixo impacto sobre o meio ambiente. Isso inclui painéis fotovoltaicos, aquecedores solares e soluções similares.

Gestão da água

A água é outro ponto de importância crítica para que uma obra seja realmente sustentável. A gestão desse recurso vital deve ser observada desde a construção, e também depois, para a manutenção do prédio.

Muitas soluções construtivas consideradas secas têm ganhado espaço no mercado, sem contar os sistemas de racionamento e reaproveitamento de água da chuva.

Uso de materiais

Os materiais usados numa obra fazem total diferença em como será o seu impacto ambiental pelas próximas décadas ou até centenas de anos.

O mercado já se movimenta de forma cada vez mais ativa para apresentar soluções mais eficazes, rápidas e sustentáveis. Um exemplo disso é o Steel Frame, um substituto mais ecológico para a construção de alvenaria.

Controle de resíduos

A gestão de resíduos também desempenha um papel-chave na construção sustentável, até porque os restos de materiais usados nas obras causam grande impacto ao meio ambiente.

Por conta disso que surgiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), que conta com diretrizes claras quanto ao manuseio desse tipo de material para diminuir seus prejuízos.

O Sienge disponibiliza gratuitamente o ebook Gerenciamento de Resíduos na Construção Civil. Ele é muito útil para se aprofundar melhor no assunto e trazer uma gestão de resíduos mais assertiva. Baixe agora clicando na imagem abaixo.

Gerenciamento de Resíduos Construções Sustentáveis

Clique na imagem para baixar

5 certificações de sustentabilidade internacionais que você precisa conhecer

Deu para perceber que a sustentabilidade é assunto sério na Construção Civil, e que existem políticas e indicadores práticos voltados para a aplicação correta das melhores práticas.

Mas é só isso?

Claro que não! Há várias certificações de sustentabilidade, no Brasil e no mundo, que ajudam a medir o quanto uma edificação preza pela preservação natural.

Veja algumas das principais certificações internacionais que são usadas para determinar quais são as construções sustentáveis:

  • Green Globes: certificação dada pelo Green Building Initiative (GBI) a prédios que prezam pelos mais altos padrões de sustentabilidade;
  • LEED (Leadership in Energy and Environmental Design): similar ao Green Globes, o LEED é a certificação de sustentabilidade mais usada no mundo;
  • Aqua/HQE: iniciativa da fundação Vanzolini, a certificação foi aplicada no Brasil depois de ser adaptada do selo francês Démarche HQE (Haute Qualité Environmentale);
  • Procel Edifica: selo da Procel, que existe desde 2003, para construções que usam melhor os recursos naturais para reduzir o consumo de energia nas edificações;
  • BREEAM: o BREEAM fez muito sucesso na Europa desde 1992, antes de chegar no Brasil em 2011. O nível de exigência é bem alto, o que colabora para a enorme credibilidade da certificação.

Veja 10 obras sustentáveis (e o que torna cada uma delas especial)

Depois de tantas informações relevantes sobre o que é preciso para tornar uma construção sustentável, nada mais justo que ver exemplos práticos.

E sim, você imaginou certo:

Agora é a hora de descobrir várias obras inspiradoras que mostram, de forma plena, o que significa criar uma edificação que se preocupa com o meio ambiente.

Isso vai ser possível em qualquer obra?

Ainda não, até porque separamos casos fora da curva, que prezam pelo mais alto nível de sustentabilidade. Ainda assim, dá para ter ideia do que já é possível fazer.

Veja quantos exemplos legais e escolha o seu favorito:

1. Seed, Brasil

O edifício Seed, que fica na Vila Olímpia, em São Paulo, é inspirado em iniciativas internacionais, como o Bosco Verticale, na Itália. O prédio conta com, pelo menos, 8 tipos de plantas nativas da Mata Atlântica.

2. Aeroporto de Oslo, Noruega

O aeroporto de Oslo é o único do mundo com a avaliação máxima do BREEAM, o que o credencia como o terminal aéreo mais sustentável do mundo.

O local conta com um reservatório de neve coletada no frio para resfriar o local no verão.

3. One Angel Square, Inglaterra

One Angel Square 10 Construções Sustentáveis

Fonte: Flickr

Situado em Manchester, na Inglaterra, é considerado um dos maiores edifícios do mundo e recebeu avaliação de 95% no índice do BREEAM. A emissão de CO2 foi reduzida em 80% com relação a antiga sede.

4. Sociedade Torre de Vigia, EUA

Os 7 prédios da Sociedade Torre de Vigia, em Wallkill, Nova York, receberam 4 Green Globes, a maior nota da certificação do GBI. Apenas 87 prédios (em mais de 1 mil já certificados pela organização) já receberam a nota máxima.

Um dos prédios do complexo possui um telhado ecológico com flora nativa plantada num meio de cultura, sobre uma membrana a prova dʹágua. Além disso há um tratamento no local da água da chuva para reduzir o consumo da água do sistema público.

5. Bellagio Hotel & Cassino, EUA

Bellagio Las Vegas 10 Construções Sustentáveis

Fonte: Wikipedia

O Bellágio, que fica em Las Vegas, Nevada, também recebeu 4 Green Globes pelo GBI. O hotel conta com inúmeras medidas sustentáveis, desde usar toalhas de papel recicladas nos banheiros até combater o desperdício de água.

6. Hospital Geral NG Teng Fong, Singapura

Vários fatores sustentáveis, como coleta de água da chuva, ventilação natural e aquecimento solar fazem deste hospital em Singapura merecedor do prêmio Better Healtcare Award em 2017.

7. Bank Of America Tower, EUA

Bank of America Tower 10 Construções Sustentáveis

Fonte: Wikipedia

Localizado em One Bryant Park, Nova York, o prédio de um dos maiores bancos do mundo foi o primeiro a atingir o nível platina do LEED.

Além disso, foi feito com materiais ecológicos, conta com sistema de reaproveitamento de água e preza pela eficiência energética.

8. Shanghai Tower, China

Shanghai Tower 10 Construções Sustentáveis

Fonte: ArchDaily

A torre mais alta da China, e segunda mais alta do mundo, recebeu a certificação do LEED e conta com um design sustentável que garante economia superior a 20% com relação a outros edifícios do mesmo porte.

9. Bairro das Perdizes, Brasil

Bairro das Perdizes São Paulo 10 construções sustentáveis

Fonte: Wikipedia

É o primeiro bairro da América Latina a receber a certificação da Aqua/HQE, o que mostra o quanto o bairro das Perdizes é sustentável desde o projeto e segue as melhores práticas ambientais.

10. Apple Park, EUA

A nova sede da Apple, em Cupertino, Califórnia, conta com um sistema de ventilação natural tão poderoso que não precisa de aquecedor ou ar condicionado por 9 meses do ano.

Realizar uma construção sustentável vai muito além de usar alguns materiais ecologicamente corretos. É preciso levar o meio ambiente em conta em cada detalhe do projeto, e pensar até no futuro.

As certificações servem para garantir que essas normas sejam mesmo cumpridas, e tantos exemplos mostram que é mais do que possível alinhar o máximo de beleza e eficiência sem prejudicar o meio ambiente.

E aí, de qual dessas obras você mais gostou? Conhece alguma outra que não incluímos na lista? Deixe seu comentário abaixo!

Tomás Lima

  • Gestor de Conteúdo
  • Graduado em Administração pela UFMG
  • Apaixonado por Construção Civil
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa