11 novos temas para DDS em sua obra

Gustavo Prata

Gustavo Prata

Engenheiro Civil com mais de 12 anos de experiência atuando com gerenciamento de obras, planejamentos, controle de cronograma físico-financeiro, orçamentos e organização de obras.
Atualmente Product Manager na Softplan/Sienge

12 de abril 2021

Compartilhe

Já faz um tempo que nós publicamos aqui no blog um artigo com 11 temas para DDS que você poderia usar no dia a dia. Se você seguiu a sugestão, deve ter visto os bons resultados que o DDS (Diálogo Diário de Segurança) pode trazer para o canteiro.

Mas agora, em tempos de pandemia e mudanças no trabalho de muitas construtoras, é preciso continuar se adaptando. Por isso, trago agora mais 11 temas novos que você pode usar nos diálogos diários de segurança.

Neste artigo, você vai encontrar uma lista de temas que servem não apenas para o canteiro de obras, mas também para o escritório (ou home-office) em que muitos trabalham.

11 novos temas de DDS para usar nas obras e no escritório

Um engano de quem trabalha na construção civil é atribuir risco de segurança apenas aos colaboradores que trabalham na ponta final, o canteiro de obras. Mas não é bem assim: todos na empresa correm riscos, quer físicos, quer emocionais, e a pandemia do Covid-19 não melhorou as coisas.

profissionais trabalhando com um trator

Assim, veja abaixo uma lista prática com 11 novos temas para DDS que você pode usar na obra, no escritório ou com quem está trabalhando de casa:

1. Mapa de risco

O mapa de risco é uma ferramenta muito importante para evitar problemas de segurança na construção civil, mas pode ser fácil esquecer e ignorar a sua existência.

Por isso, é uma boa ideia falar dos mapas de risco em um DDS, e explicar por que eles são importantes, como seguir o mapa da maneira adequada e os benefícios disso.

Também é sempre bom relembrar as consequências possíveis caso alguém deixe o mapa de lado e decida seguir as próprias regras de segurança.

2. Manuseio correto de ferramentas

Além de manter as ferramentas bem organizadas no espaço disponível, como já citamos no outro artigo, é importante usar bem os equipamentos durante o trabalho em si. Isso inclui a forma de segurar, operar e até onde deixar o equipamento durante os períodos de descanso.

profissional com equipamentos de segurança

 

Assim, usar o DDS para explicar os cuidados necessários no manuseio de ferramentas vai garantir que todos tenham um conceito equilibrado sobre o assunto e evitem riscos. Como dica extra, vale a pena até mostrar exemplos do que seriam consideradas boas práticas e erros comuns a evitar.

3. Economia de água

A economia de água não é apenas uma questão de sustentabilidade ou mesmo de controle de custos, mas também um item de segurança. Qualquer desperdício representa um desequilíbrio no canteiro de obras.

Ou seja:

Desperdiçar água toma espaço, tempo, deixa locais úmidos e escorregadios por mais tempo e altera parte do fluxo de trabalho dos profissionais. Nessa alteração, qualquer detalhe pode contribuir para um acidente de trabalho.

Ilustrar bem o quanto o desperdício de água pode comprometer a segurança é muito melhor para o DDS do que apelar para a questão de consumo.

4. Importância do descanso

Outro ponto importante que você pode abordar nos DDS é a necessidade de cada colaborador descansar bem entre um dia de trabalho e outro. Afinal, a construção civil, em todas as suas funções, lidar com vidas.

Por isso, qualquer erro pode custar muito caro, e todos precisam trabalhar no nível máximo de concentração para não enfrentar surpresas ruins.

Assim, mostre o que os colaboradores podem fazer para descansar caso tenham dificuldades. Quanto mais práticos os DDS, mais fácil os temas serem aceitos.

Banner Ebook Os 10 erros mais comuns em orçamento de obras. Baixe Agora!

5. Produtividade

A produtividade sempre foi e sempre será um tema relevante para qualquer empresa, e na construção civil isso por vezes representa um grande problema que todos querem resolver. Por isso, nada melhor que falar da produtividade em um DDS.

Aliás, vale a pena abordar o assunto de todos os ângulos, e aplicar as dicas apresentadas para:

  • os profissionais no canteiro de obras;
  • quem trabalha no escritório;
  • todos os que estiverem trabalhando home-office.

Sobre o último grupo, talvez seja melhor até dedicar um DDS exclusivo a eles, uma vez que muita gente precisou se adaptar ao novo cenário e improvisar escritórios em casa.

6. Saúde mental

Os efeitos da pandemia de Covid-19 vão muito além do vírus em si. Além da questão sanitária, é preciso pensar também do ponto de vista emocional.

Muitos trabalhadores estavam acostumados a tirar o estresse fazendo passeios, happy hours e outras atividades fora de casa.

Agora, além de trabalhar em casa, em muitos pontos, eles não têm para onde ir depois do expediente. Além disso, as demandas do trabalho podem ganhar força com os mercados voláteis. Diante de tudo isso, um DDS voltado à saúde mental é necessário.

7. Boa comunicação

A boa comunicação sempre será essencial para o sucesso de qualquer empreendimento. Pensando nisso, inclua esse tema em uma de suas reuniões de DDS para alinhar todos na mesma sintonia.

Quanto melhor a comunicação entre todos na empresa, tanto dentro das equipes quanto de um setor para outro, mais forte o negócio fica. Assim, coloque metas e boas práticas que todos podem seguir de maneira simples e ajude quem tiver dificuldade com isso.

8. Ambiente colaborativo

Se todos aplicarem a dica do tema anterior, o ambiente já será mais propenso à colaboração. Mas por que falar nisso de novo?

Porque comunicação e colaboração são coisas diferentes, apesar de terem certa ligação. Uma equipe pode se comunicar bem enquanto todos os membros competem o tempo todo entre si. Porém, quanto mais unido for o time, e um setor com outro, melhor para o negócio de forma geral.

canteiro de obras seguro

Use um DDS só para mostrar como o trabalho de um depende do outro e como é melhor para todos trabalhar juntos em vez de competir.

9. Proteção da cabeça

Agora vamos falar de um DDS muito importante para quem está todos os dias na obra: a cabeça. Uma pancada na cabeça pode desacordar na hora e deixar o trabalhador expostos a riscos ainda maiores.

Então, use a reunião para dar dicas além do tradicional uso do capacete, que já é obrigatório. Dicas como prestar atenção ao entorno são sempre úteis e servem para lembrar a todos o quanto é importante cuidar da cabeça.

10. Cuidados no trabalho em altura

O trabalho em altura é outra fonte de grande risco, e muitas vezes é necessário para vários trabalhos e atividades importantes de uma obra. Nesse caso, é muito útil reforçar o que dizem as normas de segurança, como a NR-35, sobre o assunto.

Além disso, reforçar o lembrete com um breve checklist de medidas de segurança a tomar antes de subir pode ser de grande ajuda.

11. Ergonomia

Por fim, mas não menos importante, é sempre bom lembrar o papel da boa ergonomia para quem trabalha no escritório. Afinal, muitas pessoas sofrem com lesões, não apenas nas costas, mas também nos braços, mãos e dedos por conta de baixa ergonomia.

Além do DDS, pode ser preciso garantir equipamentos de qualidade ou sessões de ginástica laboral, mas o lembrete já será um alerta bem-vindo aos colaboradores.

Assim, você agora tem uma lista nova e atualizada com ótimos temas para explorar no seu DDS. E uma coisa é certa: nunca faltarão assuntos para falar quando se trata de segurança. Além disso, considere falar de cada tema mais de uma vez, para que fique bem gravado na mente de todos e tenha o efeito mais poderoso e preventivo possível.

Além dos temas do DDS, a pandemia de Covid-19 mudou muito mais coisas na construção civil. Veja como agir diante desse cenário desafiador!

Compartilhe