Tipos de tijolos: escolha a partir das características

9 de janeiro de 2019

Como você sabe, existe no mercado uma grande variedade de tipos de tijolos.

Esses materiais elementares para a construção variam em relação não apenas em relação à sua forma. Os diferentes tipos de tijolos variam também quanto ao material do qual são compostos.

Como você deve imaginar, tais diferenças não são meramente estéticas. Os tipos de tijolos disponíveis no mercado destinam-se a finalidades variadas. Afinal, apresentam resistências e demais propriedades específicas.

Ao longo deste texto vamos te mostrar quais são os tipos existentes. Mais do que isso, vamos apresentar suas características e finalidades.

Você vai descobrir, por exemplo, que as ranhuras existentes na lateral do bloco cerâmico ajudar na aderência da argamassa.

Além disso, vai ver que há tipos de tijolos feitos dos mais diferentes materiais, inclusive de resíduos.

Continue comigo pra entender mais sobre os tijolos existentes no Brasil.

Vamos começar diferenciando as matérias-primas!

Cerâmica

tipos de tijolos cerâmica

Certamente, o tijolo cerâmico está dentre os materiais mais tradicionais da construção civil brasileira. Afinal, trata-se de um material com um custo relativamente baixo. Além disso, é muito fácil de encontrar e apresenta bom desempenho térmico. Logo, o fato de o Brasil ser um país com grandes amplitudes térmicas ajudou em sua popularização.

Outro fator que contribui com sua disseminação é a abundância da matéria-prima. Ou seja, basicamente barro.

Em regiões mais afastadas dos grandes centros não é raro encontrar estabelecimentos de produção absolutamente artesanal desse tipo de tijolo.

É claro que há consequências negativas decorrentes da popularização do tijolo cerâmico. É muito comum, por exemplo, detectar falta de padronização entre as peças. O resultado do uso de peças não normatizadas é percebido no canteiro de obras, com paredes desalinhadas e alto índice de quebra. Logo, com elevados custos com desperdício e geração de entulho.

Concreto

tipos de tijolos concreto

Embora proporcionalmente mais pesado que seu equivalente em cerâmica, o que pode vir a dificultar o transporte, o tijolo de concreto apresenta muitos benefícios. Um deles tem a ver justamente com sua massa. Ou seja, com o fato de pesar mais.

Tijolos de concreto tendem a apresentar bom desempenho acústico no isolamento entre ambientes.

Devido às características do material, o acabamento superficial dos blocos de concreto proporcionam economia de argamassa. Além disso, a depender do projeto arquitetônico, podem vir a ficar aparentes, dispensando revestimento superficial.

Dentre as vantagens está a padronização e resistência mecânica. Ambas as propriedades são decorrentes das características de produção dos tijolos de concreto. Afinal, exigem algum tipo de maquinário. Assim, é pouco provável haver uma produção completamente artesanal.

Vidro

tipos de tijolos vidro

Com apelo estético, blocos de vidro não conseguem competir financeiramente com os demais tipos de tijolos. Isso porque têm custo elevado.

Esse é um dos motivos pelos quais estes tipos de tijolos são utilizados de forma bastante pontual.

Servem para o fechamento de ambientes e permitem a passagem de aproximadamente 75% da luminosidade.. Ou seja, é possível ver através deles, mas sem nitidez, o que os torna adequados para preservar a iluminação natural de ambientes.

Variações dos tipos de tijolos

Como dissemos, a matéria prima é apenas uma das nuances que determinam os tipos de tijolos. Estes materiais também variam em função de formato e acabamento.

Vamos conhecer alguns dos tipos de tijolos existentes?

Tijolo baiano

tipos de tijolos tijolo baiano

Com seis ou oito furos, é cerâmico e conta com ranhuras em suas paredes. A finalidade é melhorar a aderência da argamassa de assentamento ou revestimento. São usados apenas para fechamento, pois não tem resistência estrutural. Logo, não suporta cargas e – a depender da organização do canteiro de obras – pode apresentar alta incidência de quebra por impacto.

Em geral, apresentam as seguintes medidas:

  • 6 furos 9x14x19
  • 8 furos 9x19x19
  • 9 furos 11,5x14x24

Tijolo maciço cerâmico

tipos de tijolos tijolo maciço cerâmico

Também composta por argila, a diferença dessa peça para o tijolo baiano é a ausência de orifícios. Ou seja, é uma peça maciça, tendo como vantagem o bom isolamento térmico e acústico proporcionado.

Como desvantagem podemos citar o elevado consumo de argamassa e, consequentemente, o tempo demandado para assentamento. Assim, o mais usual é que seja usado pontualmente, como elemento de decoração.

Apresentam, em geral, padronização em suas dimensões. Isso facilita o cálculo de consumo de materiais na obra. Inclusive de impermeabilizando para proteção contra umidade.

Vazado

tipos de tijolos vazado

Também chamado de cobogó, é um recurso para melhorar a ventilação e a iluminação dos ambientes. Também é um recurso para divisão de ambientes.

Pode ser feito de argila, cimento ou cerâmica, com desenhos variados.

Solo-cimento ou Ecológico

tipos de tijolos solo-cimento ou ecológico

Este é um dos  tipos de tijolos que dispensa a queima do bairro. Por isso e pelo uso de solo local – além de água e cimento – em sua composição é chamado de tijolo ecológico.

Dentre as vantagens de se uso está o baixo consumo de argamassa com bons índices de isolamento térmico e acústico. Além disso, a depender do projeto arquitetônico, pode ser deixado aparente.

Em contrapartida, pode demandar mão de obra específica para a sua fabricação.

O tijolo de solo-cimento tem dois furos internos que auxiliam na passagem de instalações elétricas e hidráulicas. Modular, proporciona a construção de paredes mais precisas, o que leva a menor consumo de argamassa. Podem ser estruturais. Ou seja, atuar não apenas no fechamento de ambientes, mas dispensar a construção de vigas e pilares.

Placa de tijolo

tipos de tijolos placa de tijolo

Sem função estrutural e nem mesmo de fechamento. É, como o nome indica, apenas uma placa com função decorativa. Trata-se de um revestimento com finalidade estética feito de barro.

Adobe

tipos de tijolos adobe

Com produção extremamente simples, é o precursor de outros tipos de tijolos, como o cozido ou o de solo-cimento. Afinal, não é queimado e nem conta com cimento em sua composição.

É composto basicamente de barro, água e fibras naturais. Não é indicado para regiões chuvosas, pois não é impermeabilizado.

Suas vantagens são o custo extremamente baixo e o ótimo isolamento térmico.

Laminado

tipos de tijolos laminado

Também conhecido como tijolo de 21 furos, é feito de barro. Seu uso tem funções estéticas ou práticas. É muito comumente utilizado na construção de churrasqueiras.

Refratário

tipos de tijolos refratário

 

Outro personagem da construção de churrasqueiras e fornos, este tipo de tijolo apresenta ótimo isolamento termoacústico. Isso porque sofrem menos retração mecânica quando exposto ao calor.

Concreto celular

tipos de tijolos concreto celular

Leve e com uma textura específica, o tijolo de concreto celular é utilizado nos casos em que não se pode sobrecarregar a estrutura. Não tem função estrutural e não é um bom isolante acústico.

Alvenaria estrutural

tipos de tijolos alvenaria estrutural

Quando a alvenaria não tem a função apenas de fazer o fechamento de ambientes, mas é a própria estrutura, é chamada de alvenaria estrutural.

Pode usar diferentes tipos de tijolos, como blocos cerâmicos ou de concreto. Dentre as vantagens está a produtividade, já que estrutura e fechamento são executados simultaneamente.

Em contrapartida, apresenta pouca flexibilidade, pois as paredes não podem ser removidas.

Conclusão

Há diferentes tipos de tijolos disponíveis no mercado. Cada um deles têm funções específicas ou proporcionam diferentes efeitos às construções.

Assim, a escolha pelo tipo de tijolo a ser usado depende de fatores relacionados aos projetos estruturais, de fechamento e arquitetônico. O uso inadequado de materiais pode resultar em patologias diversas.

Agora você tem informações sobre cada um dos tipos de tijolos existentes para fazer as melhores escolhas.

Não deixe de conferir o e-book do Sienge sobre materiais de acabamento.

Se esse conteúdo foi útil para você não deixe de curtir, comentar e compartilhar.

Tomás Lima

  • Gestor de Conteúdo
  • Graduado em Administração pela UFMG
  • Apaixonado por Construção Civil
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa