Gestão de suprimentos: a importância do auxílio da tecnologia

Daniel Moraes

Engenharia Civil / Construção

6 de dezembro 2021

Compartilhe

A gestão de suprimentos é uma das áreas que desempenham papel chave no sucesso de qualquer construtora ou incorporadora. Mas ainda há uma questão que muitas dessas empresas deixam de levar em conta: como a tecnologia impacta de forma positiva o trabalho de gestão.

Apesar de o setor avançar a passos largos para usar cada vez mais soluções digitais e integrar soluções tecnológicas, muitas empresas deixam de dar a atenção devida a isso.

Então, neste artigo eu vou te mostrar como a tecnologia impacta de forma profunda a gestão de suprimentos, além de mostrar benefícios e soluções da tecnologia para o setor.

Como a tecnologia afeta a gestão de suprimentos

Pense um pouco em quantos elementos estão envolvidos na gestão de suprimentos de uma obra, mesmo que seja de pequeno porte. Estamos falando de muitas variáveis e detalhes de máxima importância para o sucesso da obra, como:

  • contratação de mão de obra;
  • aluguel de máquinas e equipamentos;
  • compra de materiais;
  • operação logística de entregas, pagamentos e execução de tarefas;
  • e muito mais.

Além de tudo isso, precisamos levar em conta que toda obra tem um risco inerente do efeito dominó, ou seja, se um elemento sai do lugar, todo o resto desmorona. Então, a gestão de suprimentos precisa ter máxima eficiência para que tudo saia de acordo com o que foi planejado.

E a tecnologia está no centro disso:

Quando a equipe responsável faz um bom trabalho, a tecnologia elimina muitas incertezas e torna todo o processo de gestão mais ágil, seguro, rastreavel e replicável. Em outras palavras, todo mundo trabalha com mais certeza do que fazer e se torna mais fácil encontrar os erros e repetir os processos que funcionam bem.

Além disso, é possível até mesmo antecipar problemas e garantir que a obra rode sem imprevistos. Por outro lado, o trabalho com ferramentas de gestão manual tem muitos pontos cegos e até encontrar o problema ele já se tornou uma grande bola de neve.

Veja 5 dos principais benefícios de usar a tecnologia na gestão de suprimentos

Quando pensamos em como era a construção civil há poucos anos, chega a ser impressionante o fato de que podemos alcançar tanta coisa com alguns cliques. Aliás, além da velocidade e do volume de tarefas que é possível executar, o nível de qualidade também é muito maior.

A lista abaixo, com 5 dos principais benefícios que a sua empresa pode ter por usar a tecnologia na gestão de suprimentos, apenas reforça isso.

1. Automação de processos

Por que se preocupar com tarefas manuais quando você pode automatizar várias dessas tarefas de forma simples e prática?

Além de abrir tempo na agenda para que os profissionais da equipe de gestão trabalhem em tarefas mais importantes, esse tipo de automação traz outro benefício. Qual?

Evitar erros desnecessários. Quem nunca digitou um número errado numa planilha e comprometeu todo o resultado do documento? Isso acontece com grande frequência por se tratar de uma tarefa tão repetitiva. Mas, com a automação, tudo fica mais preciso e prático.

2. Velocidade nas decisões

Outra grande vantagem que a tecnologia traz, ainda mais numa área como a gestão de suprimentos, que contém tantas variáveis, é a inteligência de dados imediata.

Ou seja, em vez de precisar navegar pelas informações e achar o que precisa sozinho, você encontra recomendações do que fazer baseado nos históricos de informações.

Assim, você ganha muita velocidade na tomada de decisões, além de conseguir se adaptar mais rápido a qualquer alteração de percurso durante a obra.

3. Segurança nos processos

Informação em papel ou planilhas que ficam salvas no computador não são soluções seguras. A qualquer momento você corre o risco de perder todos os dados.

Além disso, essas soluções criam uma divisão de informações onde fica mais difícil encontrar defeitos nos processos internos.

Por outro lado, a tecnologia torna a informação disponível para mais pessoas, a qualquer hora e lugar, por meio da nuvem. Além de proteger as informações, isso dá aos processos uma transparência maior que torna possível saber o que realmente funciona ou não.

4. Adaptação rápida à inovação

Outra grande vantagem de trabalhar com a tecnologia é que ela se adapta de forma muito rápida a todo tipo de solução inovadora que aparece no mercado.

Assim, podemos dizer que usar o que existe de melhor no mercado serve como uma proteção, pois impede a empresa de ficar ultrapassada.

 

Pelo contrário, a tendência é que a empresa se mantenha sempre à frente nos movimentos de mercado, o que representa uma grande vantagem competitiva em qualquer nicho de mercado.

5. Aumento de lucratividade das obras

Por último, mas de forma alguma menos importante, está o aumento da lucratividade nas obras. Afinal de contas, uma boa gestão de suprimentos tem impacto direto no orçamento e no tempo de obra.

Assim, o resultado final de usar a tecnologia na gestão de suprimentos é que a obra termina dentro do prazo e sem estourar o orçamento. E mais do que isso: a obra corre menos riscos durante todo o processo de trabalho.

Com isso, há menos acidentes, paralisações, multas e outros problemas comuns de organização que afetam a lucratividade.

Como adotar a tecnologia na gestão de suprimentos: veja o que a solução ideal precisa ter

Uma coisa é saber que você pode mudar o nível da sua gestão de suprimentos com o uso da tecnologia, e outra bem diferente é encontrar a solução certa para atender sua demanda. Então, como encontrar a solução ideal?

Essa escolha é bem particular de cada empresa, mas há 3 requisitos que considero essenciais quando se trata de buscar uma solução confiável em nível logístico. Eles são:

1. Integração dos suprimentos com outras áreas da empresa

Um dos piores erros que uma empresa pode cometer ao contratar qualquer ferramenta de gestão para a construção é pensar de forma isolada, apenas em um setor. Afinal, se as demandas são sempre integradas, por que as soluções deveriam ser separadas?

Pense no dia a dia da sua empresa:

Um setor sempre depende do outro para tomar boas decisões e cumprir bem com suas tarefas. Então, nada melhor que usar um sistema de gestão de suprimentos que se conecta com outras áreas da empresa, desde a engenharia até o financeiro.

2. Suporte à tomada rápida de decisões

Como já vimos, a inteligência de dados que um bom sistema oferece para a tomada rápida de decisões importantes é essencial para o sucesso da gestão de suprimentos. Então, não se contente com uma solução que simula uma planilha de Excel na internet.

Em vez disso, busque um sistema robusto, que ofereça relatórios precisos e faça recomendações de acordo com seu histórico de dados.

3. Estrutura confiável e segura

O terceiro item inegociável é a estrutura confiável e segura, capaz de garantir a privacidade dos dados e o sigilo das informações estratégicas dos processos.

Ao mesmo tempo, essa segurança nunca pode interferir na facilidade de uso do sistema, que precisa estar sempre disponível para acesso.

Por fim, não há como negar que a tecnologia tem um papel-chave na qualidade da gestão de suprimentos das empresas de construção modernas. Em outras palavras, que deseja seguir vivo no mercado precisa usar soluções à altura do padrão que o mercado exige, e isso passa diretamente pela tecnologia.

Quer ver como o Sienge pode ser a ferramenta que você precisa para realizar sua gestão de suprimentos de forma integrada, ágil e segura? Veja agora tudo o que você precisa saber sobre o sistema!

Compartilhe