Produtividade na construção: como fazer uma gestão de obras mais eficiente

Gustavo Prata

Gustavo Prata

Engenheiro Civil com mais de 12 anos de experiência em gerenciamento de obras, planejamentos, controle de cronograma físico-financeiro, orçamentos e organização de obras. Atualmente, é Product Manager no Sienge.

12 de agosto 2021

Compartilhe

Quem trabalha com gestão de obras precisa ter uma palavra sempre fresca na mente: produtividade. Não tem como um projeto sair do papel dentro do prazo e do orçamento sem trabalho produtivo todos os dias, dentro e fora do canteiro.

Por isso, você precisa conhecer as melhores formas de tornar sua gestão de obras mais eficiente e produtiva, e é isso que você vai encontrar neste post. Eu vou te explicar a melhor forma de deixar sua gestão de obras mais produtiva e vários benefícios de adotar essa metodologia de trabalho.

Mas antes de fazer isso, você precisa saber em qual dos dois cenários da gestão de obras a sua empresa está hoje.

Os 2 cenários da gestão de obras

Existem dois cenários quando se trata de gestão de obras. Parar e pensar em qual deles a sua empresa está hoje vai fazer muita diferença em dois pontos essenciais:

  • alinhar expectativas: saber de onde você está partindo vai ajudar a manter as expectativas realistas no que diz respeito ao tipo de progresso que você pode esperar;
  • dimensionar as ações: de acordo com sua situação atual, fica mais fácil saber se você tem mais ou menos trabalho pela frente, e dar a dimensão correta das tarefas à frente.

em que pé está sua gestão de obras?

Assim, veja os dois cenários e pense em qual deles a sua empresa mais se encaixa:

1. Não é eficiente

O primeiro cenário é o mais óbvio, e no qual a maioria das construtoras e incorporadoras ainda está: nele, a empresa não é eficiente, tem retrabalho a todo momento, perde dinheiro por falta de eficiência (e nem sabe disso).

A boa notícia para quem está nessa situação é que qualquer melhora já representa um grande ganho. Mas é necessário começar de forma urgente, pois cada minuto perdido é dinheiro que escorre pelo ralo.

2. Já é eficiente, mas pode melhorar

O segundo cenário é para quem já se mobilizou de alguma forma para tornar os processos de gestão mais produtivos e eficientes. Essas empresas são as mais avançadas, mas ainda precisam de uma solução definitiva e ainda têm gargalos em pontos vitais da operação.

A boa notícia para quem está nesse cenário é que o alicerce já foi lançado, ou seja, a partir de agora as ações podem ser mais avançadas e os resultados são maiores e mais visíveis. Porém, sem uma ação imediata, o risco de estagnar e voltar ao estado anterior é grande.

Ou seja:

Seja qual for o caso da sua empresa hoje, é preciso começar agora. Além disso, em ambos os casos você verá resultados rapidamente, apenas em escalas diferentes.

A melhor forma de tornar sua gestão de obras mais eficiente

Eu poderia apontar várias ações pontuais que você poderia tomar para melhorar sua gestão de obras. Mas qualquer dica que eu desse aqui cairia no mesmo lugar, no fim das contas: a necessidade de uma estratégia integrada. Como assim?

Vou te dar um exemplo:

Não adianta eu sugerir que você revise os processos internos da empresa se você não tem uma estrutura de comunicação e colaboração entre setores. No máximo, você trocaria um processo ruim por outro que também não funciona.

Em vez disso, a melhor solução que você pode adotar para tornar sua gestão de obras mais eficiente e produtiva é uma plataforma de gestão integrada voltada para a construção civil.

Com um sistema completo de gestão você vai ter tudo o que precisa para aumentar a produtividade na gestão, não importa se precisa de mudanças radicais ou pontuais.

Mas qual a grande vantagem de uma plataforma desse tipo? É o que eu vou te mostrar a partir de agora.

5 benefícios de usar uma plataforma integrada na gestão de obras

A lista de benefícios e vantagens de contar com uma plataforma integrada de gestão é enorme. Pensando na produtividade das obras no dia a dia do canteiro, vale a pena destacar os seguintes pontos:

1. Organização de processos

O primeiro benefício é um dos maiores: a oportunidade de organizar e revisar processos importantes de trabalho. Sem processos claros, ou seja, métodos que podem ser replicados sempre do mesmo jeito sem erros, é muito difícil manter a produtividade de forma constante.

plataforma de gestão melhora os processos de trabalho

Por outro lado, com uma gestão integrada, fica mais fácil encontrar os problemas com os processos que já existem ou criar processos do zero com eficácia. Isso tudo acontece porque a visão que a gestão integrada oferece é muito mais ampla, o que torna os processos mais eficazes.

2. Ambiente de trabalho melhor

Outro grande benefício de ter uma plataforma de gestão integrada é que isso promove um ambiente de trabalho melhor, tanto do ponto de vista da produtividade quanto do moral.

E o motivo é simples:

Com a gestão integrada as equipes cometem menos erros, sofrem menos com problemas de organização e comunicação e alinham melhor as expectativas em cada processo. Ou seja, o sistema reduz ou elimina todos os maiores pontos de conflito que surgem no dia a dia do trabalho e afetam tanto o ânimo dos colaboradores quanto seu rendimento.

3. Eficácia na comunicação

A comunicação é um dos pilares para a gestão de obras produtiva e eficiente. Não tem como fazer um bom trabalho sem receber informações exatas e, de preferência, em tempo real, ainda mais no canteiro de obras, onde tudo é muito dinâmico. Mas como a gestão integrada resolve isso?

De uma forma simples:

Como toda a informação fica centralizada numa única plataforma, que funciona na nuvem, tudo o que cada equipe precisa saber está disponível o tempo todo. Além disso, com a atualização das informações em tempo real, não há desencontros que exigem retrabalho.

4. Qualidade na tomada de decisões

Um dos papéis de um bom gestor é tomar decisões inteligentes que ajudem a cumprir o objetivo definido da melhor forma possível. No caso de uma obra, isso envolve terminar dentro do prazo, do orçamento, com o nível de qualidade planejado e segurança dos colaboradores.

Agora, pense em todos esses pontos que citei:

Cada um deles exige uma série de processos, técnicas, pessoas e competências diferentes. Organizar tudo isso ao mesmo tempo, às vezes com mais de uma obra para gerenciar ao mesmo tempo, é complicado.

Por isso, uma ferramenta como a plataforma integrada de gestão, que automatiza tarefas manuais repetitivas, oferece precisão, transparência, segurança e agilidade é essencial. Com isso, sua tomada de decisões fica muito mais clara e assertiva.

5. Agilidade para resolver problemas

Por fim, não podemos esquecer de que não importa quanto você trabalhe com bons processos, profissionais preparados e materiais de qualidade, você terá problemas.

Mas, novamente, a gestão integrada pode ajudar:

Com um sistema eficiente de gestão, fica mais fácil encontrar o problema, definir a melhor solução e executar imediatamente. Assim, você não deixa o problema se espalhar ou crescer.

Por fim, não tem como ignorar o valor de ter uma gestão de obras produtiva e eficiente. Afinal, quanto mais eficiência, mais lucro e menos problemas para resolver. E, como eu te mostrei aqui, a “cola”     que une todas as melhores práticas para ter a gestão de obras mais eficiente possível é a plataforma integrada de gestão.

O Sienge Plataforma faz esse papel de maneira completa. Quer saber como ele pode te ajudar a transformar a gestão de obras da sua empresa? Leia este artigo que explica tudo o que você pode alcançar com a ajuda do Sienge Plataforma!

Compartilhe