Como elaborar um bom planejamento estratégico para sua empresa

Vagner Cunha

Vagner Cunha

Co-fundador Engenharia de Alta Performance

27 de dezembro 2021

Compartilhe

Você tem utilizado as ferramentas corretas para elaboração de um bom planejamento estratégico para sua empresa? Não sabe por onde começar? Hoje vamos discutir um pouco sobre esse tema que é extremamente importante na sua gestão empresarial

Você, como empresário, deve aprimorar o seu setor estratégico. Ou seja, o conjunto de estratégias utilizadas para o desenvolvimento de atividades realizadas na sua empresa, para que tais estratégias não fiquem apenas no âmbito técnico, mas que sejam aplicadas na prática, objetivando resultados concretos e satisfatórios. 

Para você que acredita que uma gestão é resumida apenas em fazer obras e estar no canteiro, é aí que você se engana! 

A importância do planejamento estratégico

Você precisa saber quais os objetivos da sua empresa, em curto, médio e longo prazo, para que dessa forma, estabeleça estratégias e planos de ação que te permitam concretizar esses objetivos. A forma como sua empresa se posiciona no mercado e como você se comunica com o cliente, por exemplo, são fatores importantes que dependem de uma boa estratégia.

Planejar estrategicamente a sua empresa depende de algumas informações como saber qual o nicho você vai atuar, quais os tipos de cliente, como organizar a operação para atender esse cliente em específico.

Planejar estrategicamente a sua empresa depende de algumas informações como saber qual o nicho você vai atuar, quais os tipos de cliente, como organizar a operação para atender esse cliente em específico.

E quem define isso? É você, empresário, sócio, dono da empresa, o capitão da equipe! A forma como você conduz o barco é essencial.

Para que isso saia do papel e seja aplicado através de ações, o seu planejamento estratégico deve ser composto, basicamente, pelas seguintes ações de alavancagem. 

a) Cultura de aprendizagem 

As práticas e ações realizadas dentro da sua empresa ou grupo, são primordiais, afinal, tratando-se da construção civil, ninguém consegue fazer tudo sozinho, não é mesmo? Sendo assim, é preciso que você invista em uma cultura de aprendizagem

O aprendizado dentro da sua empresa pode ser exercido através de treinamentos desenvolvidos por agentes externos, cursos em parcerias com consultores, palestras de fornecedores, com o objetivo de desenvolver habilidades técnicas e comportamentais para liderar e gerenciar, além de lidar com os diferentes setores e particularidades de cada colaborador.

Mas não só isso. A aprendizagem desenvolvida no dia a dia também é importante e ela pode ser desenvolvida através de reuniões semanais com o objetivo de troca de experiências e práticas com todos os envolvidos na sua equipe e cabe a você, gestor, estimular essa cultura dentro da sua empresa.

b) Tecnologia e inovação 

Imagine se um engenheiro dos anos 70 entrasse em um canteiro de obras nos dias atuais? Certamente, ele ficaria perdido, não é? 

Então, isso vale para você que acha que não é possível implementar tecnologia e inovação na engenharia civil. Melhores condições dentro da obra, como sustentabilidade, economia de tempo e material, reaproveitamento de água no canteiro, por exemplo, ocorrem graças à inovação. Fatores como esse garantem uma maior agilidade, produtividade e resultados mais efetivos dentro do seu projeto.

A tecnologia também é outro fator que permitiu um salto de evolução na engenharia. Graças a ela, é possível otimizar tempo e alcançar resultados eficientes através de técnicas, métodos, plataformas e ferramentas tecnológicas. 

A tecnologia e inovação permite o uso mais racional de tempo, material e mão de obra. Afinal, agiliza e auxilia na gestão, tanto nas fases de projeto e planejamento quanto na de fase execução.

c) Plano de ação 

Após olhar para dentro da sua empresa, diagnosticar o que precisa ser feito e quais os objetivos a serem seguidos é hora de investir em cultura de aprendizagem, inovação e tecnologia no seu planejamento estratégico, traçando, dessa forma, um plano de ação para que tudo isso saia do papel. 

O plano de ação é o que torna viável a conquista das metas e objetivos definidos!

Defina quais as prioridades no momento, elenque quais as ações essenciais para que essas prioridades sejam tratadas, colocando em ordem de urgência.

Afinal, o plano de ação é o que torna viável a conquista das metas e objetivos definidos!

É preciso que você organize o seu planejamento estratégico, para que você possa estabelecer o caminho que precisa ser percorrido, para que o seu plano de ação esteja voltado para isso, organizando dessa forma também o seu planejamento operacional e o seu tático, potencializando-os. 

Conclusão

É possível a gente concluir que, para uma boa gestão empresarial você deve estruturar e delimitar as estratégias que serão utilizadas. O treinamento da sua equipe, através de cultura de aprendizagem e implantação de inovação e tecnologia são fatores que te trarão muitos resultados.

Sabe qual é o erro de muitos gestores? Vou te contar:

Acreditar que o planejamento estratégico deve ser apenas a longo prazo, quando na verdade essas estratégias devem ser implementadas e analisadas dia após dia. Sendo assim, o planejamento estratégico deve ser composto de ações rotineiras, com foco nessas ações de alavancagem.

Ou seja, você não pode organizar primeiro a sua obra para só depois focar na organização da sua empresa. Você precisa fazer justamente o contrário: reunir a sua empresa para saber quais as necessidades e estratégias que devem ser implementadas nos outros níveis, para que, dessa forma, esse planejamento estratégico se torne uma AÇÃO.

Já assistiu ao nosso podcast sobre “A tecnologia conectando Obras, Estratégias e Negócios” ? Tá esperando o que? Vem crescer com a gente! Não esqueça de mandar para o seu amigo da construção civil!

Compartilhe