5 Vantagens e Desvantagens das Casas Pré-fabricadas

Eng. Jonathan Degani

CTO da Brasil ao Cubo
Criando inovação na Construção Civil

9 de agosto

Quando você ouve falar em casas pré-fabricadas o que vem à sua mente? No Brasil este termo ficou estigmatizado por se referir às casas econômicas feitas para atender à demanda de habitação popular. No entanto, existem diversos tipos de construções pré-fabricadas que atendem a diferentes públicos e necessidades.

Para você entender melhor a diferença entre os tipos de pré-fabricação, as vantagens e desvantagens de cada tipo e onde melhor se aplica, escrevi este artigo. 

Apresentarei um comparativo de custos, qualidade, prazo, dentre outras variáveis, para que você possa conhecer o que há no nosso mercado e onde aplicar estas tecnologias construtivas.

Você verá as novas tecnologias de casas pré-fabricadas em:

  • Woodframe
  • PVC; 
  • Estrutura metálica;
  • Concreto pré-moldado. 

Além disso, trarei exemplos de empreendimentos e empresas que estão buscando novas tecnologias de pré-fabricação não só para baratear e acelerar, mas também para aumentar a qualidade das edificações.

 Para que Pré-Fabricar?

casa pre fabricada pré-fabricada

O primeiro entendimento que se deve ter é de que se pré-fabrica partes de uma construção. Com exceção das casas de pau a pique e os iglus feitos de blocos de gelo feitos no local, toda construção tem elementos pré-fabricados.

Posso dar como exemplo de elementos pré-fabricados uma abertura que já vem com os vidros nos perfis, um cano, a cerâmica do piso, as telhas, o balcão da pia, a calha, etc. No entanto, o que se costuma chamar de casa pré-fabricada são edificações com elementos maiores que são trazidos prontos para o canteiro de obras.

Como exemplos de elementos prontos podemos citar painéis de concreto, painéis de woodframe, pods de banheiros, estruturas de cobertura, lajes prontas e módulos. Cada um destes elementos faz parte de um método construtivo e atende de maneira particular a sua necessidade.

Os principais motivos para se pré-fabricar elementos da construção é para se ganhar tempo, diminuir desperdícios em obra e, em muitos casos, reduzir custos. Por isso, ao longo do tempo, construtoras vêm desenvolvendo métodos de pré-fabricação que otimizam os processos construtivos.

Pré-fabricados mais Comuns

No Brasil há muita tecnologia e uma cultura muito forte do uso de alvenaria e concreto. Por este motivo, edificações feitas destes materiais são bem aceitas em residências. Para acelerar o processo construtivo, construtoras utilizam placas de concreto pré-fabricadas, elementos estruturais, muitas vezes combinados com alvenaria estrutural.

Esta receita de bolo tem se mostrado prática, rápida e principalmente econômica devido à utilização de matéria prima comum que é o concreto. Além disso, a mão de obra para execução de alvenaria estrutural ou para junção de placas pré-fabricadas ainda é barata por necessitar de pouca qualificação.

A combinação destas características torna econômica a construção em concreto e alvenaria estrutural em um contexto geral. No entanto, no Brasil há diversas outras tecnologias que possibilitam desempenhos ainda melhores.

Você conhece estas tecnologias?

Novas Tecnologias de Pré-Fabricação no Brasil

Apesar de haver um público ainda conservador que acredita que tijolo e concreto é sinônimo de solidez e qualidade, existem novas tecnologias crescendo e ganhando força no Brasil. Alguns exemplos destas novas tecnologias são as casas de woodframe como as da Tecverde, casas de PVC e as construções modulares como da Brasil ao Cubo.

Grandes construtoras como a MRV estão utilizando cada vez mais soluções de pré-fabricação em seus empreendimentos. Uma destas soluções é a dos painéis de woodframe produzidos em uma linha automatizada da Tecverde.

casa pré-fabricada pre fabricada

Por que você acha que a MRV está utilizando esta tecnologia em suas habitações?

Com esta tecnologia, é possível reduzir o prazo de entrega pela metade e aumentar a qualidade e o desempenho das edificações. A padronização das estruturas em empreendimentos como os de habitação popular torna possível uma industrialização e uma produção em linha dos elementos pré-fabricados.

A Ambar, um construtech brasileira, se desenvolveu fabricando chicotes elétricos para residências. Ao invés de ter que passar a fiação por dentro da mangueira elétrica em obra, as mangueiras já vêm com a fiação passada, pronta para ser instalada dentro das paredes. Isso economiza tempo no processo de fabricação e com isso se reduz custos.

Existem também as casas feitas de PVC. Este material permite a construção de casas em um tempo reduzido, com baixo resíduo e com certa facilidade. Isso se deve ao material ser de fácil manuseio pela sua leveza.

Em alguns tipos de construção de PVC os perfis são colocados na horizontal, como é o caso da CasaClick. Em outros casos, a orientação destes perfis é a vertical. Esta orientação possibilita o enchimento dos perfis com concreto, dando ao conjunto uma solidez ainda maior. A baixa manutenção é uma de suas características.

E se a minha casa tiver um projeto único?

Existem obras residenciais que fogem um pouco da padronização e por isso não se enquadram bem em linhas de produção e seus padrões de medidas. Para estas obras existem tecnologias construtivas pré-moldadas que atendem melhor. Um exemplo de tecnologia que é mais flexível é a construção modular personalizada.

A construção modular é a que pode entregar os elementos pré-fabricados mais prontos possível. Dependendo do tamanho da edificação e do modal de transporte, é possível entregar uma residência inteira pronta no terreno, deixando de ser pré-fabricada para ser fabricada. Cada módulo já pode vir com todos os sistemas e acabamentos prontos.

casa pré-fabricada pre fabricada

A construção modular, diferente das edificações que utilizam container, é fabricada do zero a partir de estruturas metálicas que podem ser confeccionadas sob medida. Isso permite adequações volumétricas muito mais exatas, resultando em vãos livres de até 12m, pé-direito interno de 3m livre, por exemplo.

Além disso, a construção modular, por ser fabricada em fatias, permite uma fácil realocação. Da mesma forma com que os módulos são instalados sobre a fundação, eles podem ser removidos e levados para outro local. Temos um exemplo de uma de nossas casas BR3 que foi instalada em Tubarão SC, depois Criciúma e agora está em Lajeado-RS.

Mas afinal, quais as vantagens e desvantagens?

Como apresentei a você, existem diversas opções de casas pré-fabricadas e cada tipo atende melhor algumas necessidades. Mas existem características em comum entre as construções pré-fabricadas que podem ser comparadas a uma casa de alvenaria convencional.

Desvantagens

1.      Limitação em relação ao formato

Para se construir um projeto extremamente arrojado com formatos elípticos, por exemplo, a construção pré-fabricada pode não ser a melhor solução. Isso se deve à dificuldade em encontrar materiais industrializados ou formas nestas geometrias. No entanto, são raras as casas inclusive de alvenaria que tem estes formatos.

2.      Limitação geográfica e de acesso

A limitação geográfica ou de acesso pode ser determinante pois nem toda localidade é atendida por empresas de pré-fabricados. No caso da construção modular, apesar de ter limitação em relação ao acesso viário, por outro lado possibilita a instalação de obras prontas em ilhas ou locais remotos.

3.      Necessidade de mão de obra treinada e qualificada

A mão de obra para a construção civil convencional necessita menos qualificação e treinamento do que em uma construção pré-fabricada. Isso se deve às técnicas de construção serem mais específicas para garantir o funcionamento adequado do sistema construtivo.

4.      Necessidade de um projeto bem detalhado

Um projeto rico em detalhes se faz necessário, pois possui menos margem para o improviso. 

5.      Necessidade de volume mínimo

E, por fim, muitas vezes é necessária a compra de um volume mínimo para viabilizar financeiramente a obra em determinados métodos construtivos. Isso pode ser tanto pela fabricação quanto pela logística.

Vantagens

1.      Rapidez

Como foi mencionado antes, a rapidez é uma das grandes vantagens dos sistemas pré-fabricados. Para ilustrar a você, estes métodos permitem que, enquanto a fundação está sendo feita, a obra já esteja sendo adiantada em uma fábrica.

casa pré-fabricada pre fabricada

2.      Precisão

Enquanto na construção artesanal a precisão depende das medidas tiradas na obra, a pré-fabricação tem mais facilidade na utilização de gabaritos. Além disso, há menos perdas em um ambiente fabril do que em um canteiro de obras. Isso resulta na precisão também no consumo de materiais.

3.      Custo/Benefício

A padronização de processos e materiais na pré-fabricação resulta em um aumento na eficiência. Por conta dessa maior eficiência é possível reduzir o tempo e o custo. Isso possibilita a utilização de materiais com desempenho melhor sem onerar o valor final do imóvel, resultando em um melhor custo benefício do produto final.

4.      Canteiro limpo

Quanto mais pré-fabricada for a obra, menos necessidade de canteiro de obras. A redução do canteiro de obras facilita a sua organização e diminui o seu impacto tanto visual quanto físico no terreno. Portanto, casas pré-fabricadas se tornam mais eficientes e sustentáveis que as obras convencionais.

5.      Sustentável

Devido à redução dos desperdícios, aumento da eficiência na produção e maior segurança aos trabalhadores, os processos de construções pré-fabricadas é mais sustentável que o convencional. Na fabricação dos módulos na Brasil ao Cubo, por exemplo, muitos materiais são entregues pelos nossos fornecedores já sob medida.

Outro fator importantíssimo é a facilidade do reaproveitamento dos elementos pré-fabricados. Ao contrário de uma alvenaria convencional onde é necessário demolir para se desconstruir, os elementos pré-fabricados são removidos inteiros muitas vezes. Um módulo pode ser realocado interio sem a perda de esquadrias, acabamentos, etc.

E, por fim, você pode embutir na casa pré-fabricada sistemas como placas solares, captação de água da chuva e outros elementos que tornam a casa mais sustentável. Tudo isso faz os sistemas pré-fabricados mais sustentáveis do que a construção convencional de alvenaria.

Cabe avaliar de acordo com a sua necessidade ou do seu cliente, levando em consideração as tecnologias de pré-fabricação disponíveis, qual atende melhor ao seu projeto. 

Gostou do artigo? Ficou alguma dúvida? Não deixe de falar sua opinião e curtir e compartilhar com seus colegas!