Saiba tudo sobre os bairros mais caros de Belo Horizonte

Lucio Woytovicz Jr

Escrito por Lucio Woytovicz Jr

1 de dezembro 2023| 9 min. de leitura

Compartilhe
Saiba tudo sobre os bairros mais caros de Belo Horizonte

Você já deve ter visto aqui em nosso blog que já fizemos uma série de outros artigos elencando os bairros mais nobres de cidades como Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo… Agora chegou a hora de conhecermos os bairros mais caros de Belo Horizonte.

BH, como é carinhosamente chamada, é a capital do estado de Minas Gerais. Uma metrópole que não apenas encanta pela sua rica história e cultura, mas também se destaca como um dos centros urbanos mais promissores do país. Oferece uma variedade de atrativos, e por isso chama a atenção tanto de moradores locais quanto investidores em busca de qualidade de vida e oportunidades.

A capital mineira, aninhada entre montanhas, é conhecida por sua arquitetura marcante, parques exuberantes e uma cena cultural diversificada. A combinação entre tradição e modernidade confere a Belo Horizonte um charme singular, influenciando diretamente no dinamismo do seu mercado imobiliário.

Neste artigo, conheça quais são os bairros mais caros de Belo Horizonte e quais as nuances que conferem a essas regiões um status de prestígio no cenário imobiliário local. Se você está interessado em descobrir onde a elite da cidade escolhe residir, as características que valorizam essas áreas e outros detalhes intrigantes, embarque conosco nessa jornada de conhecimento sobre a face luxuosa da capital mineira.

Quais os bairros mais caros de Belo Horizonte

Ao explorarmos o panorama imobiliário de Belo Horizonte, destacam-se alguns bairros que se tornaram verdadeiros ícones de luxo e sofisticação. Na liderança dessa lista, temos a elegante Savassi, que se destaca como um dos bairros mais desejados da capital mineira. Com uma média de preço por metro quadrado atingindo impressionantes R$ 8.667, a Savassi não apenas oferece uma localização privilegiada, mas também uma gama de serviços, restaurantes de alta gastronomia e uma vida noturna pulsante.

Logo atrás, temos o bairro Sion, que não fica atrás em termos de exclusividade. Com um valor médio de R$ 7.380 por metro quadrado, o Sion conquista seus moradores pela sua atmosfera residencial tranquila, ruas arborizadas e proximidade com importantes centros comerciais. Essa combinação faz com que o Sion seja um dos destinos mais cobiçados para quem busca um estilo de vida sofisticado em Belo Horizonte.

O terceiro lugar na lista dos bairros mais caros é ocupado pelo Anchieta, com um valor médio de R$ 6.063 por metro quadrado. Assim como seus vizinhos no pódio, o Anchieta beneficia-se de uma localização estratégica na região centro-sul da cidade. Esse bairro se destaca pela presença de áreas verdes, opções de lazer refinadas e uma arquitetura que mescla tradição e modernidade.

Em comum, esses três distritos não apenas compartilham o prestígio de figurar entre os mais caros de Belo Horizonte, mas também aproveitam os benefícios de estarem situados em uma região central, proporcionando acesso facilitado a diversos serviços e atrações culturais.

Valor do metro quadrado em Belo Horizonte

O mercado imobiliário de Belo Horizonte tem vivenciado uma notável dinâmica, registrando uma alta de 5,56% nos preços durante o segundo trimestre deste ano, segundo dados do Relatório de Compra e Venda do Quinto Andar. Atualmente, o metro quadrado na cidade está avaliado em R$ 4.750, enquanto o valor médio anunciado atinge R$ 4.994. 

Esses números refletem não apenas a demanda aquecida, mas também a forte influência de bairros específicos, como os que vimos no tópico anterior, que impulsionam o preço para patamares mais elevados. Veja abaixo a lista completa dos bairros mais nobres de Belo Horizonte e seus respectivos valores médios por metro quadrado:

  1. Savassi: R$ 8.667
  2. Sion: R$ 7.380
  3. Anchieta: R$ 6.093
  4. Santa Efigênia: R$ 5.764
  5. Prado: R$ 5.667
  6. Santo Antônio: R$ 5.650
  7. Buritis: R$ 5.500
  8. Serra: R$ 5.403
  9. Gutierrez: R$ 5.200
  10. Sagrada Família: R$ 5.000

Esses valores, variando entre R$ 5.000 e R$ 8.667 por metro quadrado, proporcionam uma visão abrangente da diversidade imobiliária em Belo Horizonte, atendendo às diferentes demandas e preferências de quem busca investir em um pedaço exclusivo da capital mineira. 

Valor do metro quadrado para aluguel em BH

Assim como no mercado de compra, o setor de aluguel de imóveis em Belo Horizonte apresenta uma dinâmica única, refletida nos valores por metro quadrado. O segundo trimestre deste ano registrou um cenário dinâmico, com o metro quadrado para aluguel atingindo valores notáveis.

Segundo informações de empresas do setor imobiliário, fatores como tamanho, número de vagas de garagem, acessibilidade e outros elementos impactam diretamente nesses valores. Bairros com maior densidade de apartamentos menores, por exemplo, tendem a apresentar um valor mais elevado por metro quadrado.

Confira abaixo o ranking dos bairros mais caros para aluguel, levando em consideração o valor médio por metro quadrado:

  1. Lourdes: R$ 56,8
  2. Savassi: R$ 51,0
  3. Barro Preto: R$ 44,9
  4. Carlos Prates: R$ 43,9
  5. Funcionários: R$ 43,4
  6. Anchieta: R$ 42,5
  7. São Pedro: R$ 42,4
  8. Luxemburgo: R$ 40,5
  9. Santo Agostinho: R$ 40,2
  10. Buritis: R$ 39,7

Estes valores destacam não apenas a variação entre os bairros, mas também indicam as preferências e demandas específicas do mercado de aluguel em Belo Horizonte. Nos próximos tópicos, vamos explorar as características distintas que tornam esses bairros atrativos para aqueles que buscam alugar imóveis na capital mineira, indo além dos números e adentrando no contexto que influencia esses valores.

Construir casa em BH 

Construir a casa dos sonhos em Belo Horizonte é um empreendimento que envolve cuidado, planejamento e, claro, um entendimento aprofundado dos custos envolvidos. O preço médio para um trabalho de construção de casas na cidade é estimado em R$ 232.721, sendo crucial compreender os fatores que contribuem para essa cifra e como as construtoras costumam calcular seus serviços.

O investimento médio por metro quadrado na construção de uma casa em Belo Horizonte varia entre R$ 800 e R$ 1.200, dependendo das características do projeto. Essa variação significa que o valor total da construção estará diretamente ligado às escolhas feitas durante o processo, como o tipo de material a ser utilizado, o nível de personalização desejado e as especificidades do design arquitetônico.

Como as Construtoras cobram pelo serviço?

As construtoras geralmente adotam uma abordagem simplificada ao calcular o custo de construção, cobrando um valor fixo por metro quadrado da obra. Este método simplifica o processo de orçamento, permitindo que os clientes tenham uma estimativa mais clara do investimento total. O cálculo é direto: o valor do metro quadrado é multiplicado pela área total da casa.

O valor fornecido pela construtora inclui todos os custos relacionados à obra, abrangendo desde o material até a mão-de-obra, além de prever possíveis perdas que a construtora terá que repor. Essa transparência no orçamento proporciona aos clientes uma compreensão abrangente dos gastos associados à construção de sua casa, permitindo um planejamento financeiro mais eficaz.

Ao embarcar na jornada da construção de uma casa em Belo Horizonte, é fundamental realizar uma análise detalhada das suas necessidades e desejos, garantindo que o projeto se alinhe ao seu orçamento e expectativas.