Tipos de escada

Marília Gaspar

Marília Gaspar

Arquiteta e urbanista com especialização em gestão de projetos e arquitetura e cidade. Professora e mestranda.

8 de dezembro 2021

Compartilhe

Temos relatos que vários tipos de escada já estavam presentes de alguma forma nas primeiras edificações, nem que seja como um amontoado de pedras que ajudavam a vencer desníveis. Com o tempo, tornarem-se mais confortáveis e acessíveis e ganharam outros elementos como os corrimões e os guarda corpos.

Atualmente, além da função de circulação, também são elementos importantes na composição estética de um projeto. Nessa cena clássica do filme “As patricinhas de Beverly Hills”, quase nem percebo que existe um casal, só consigo olhar para essa escada maravilhosa que com certeza é o principal elemento dessa sala.

Fonte (Pinterest)

 

Você já tinha reparado no protagonismo que a escada pode ter? Nesse post vamos falar sobre os tipos de escada em suas diversas formas, seus elementos e como elas podem integrar um projeto arquitetônico e otimizar o espaço, seus materiais e elementos.

Tipos de escada: elementos que compõem 

O principal elemento da escada são os degraus, compostos pelo espelho, a parte que possui a altura e pelo piso no qual colocamos o pé para subir. A dimensão de ambos, além da largura da escada, estão previstos nas NBR-9050 – Acessibilidade e na 9077 – Saída de emergência de edificações.

Outros elementos importantes e que muitas vezes são confundidos são o corrimão, que é a barra lateral que serve de apoio para as mãos, para proporcionar mais segurança ao subir a escada. E o guarda corpo que protege as pessoas, principalmente crianças, de atravessarem a escada e caírem no piso inferior. Ambos são elementos que ajudam na composição estética da escada.

Os patamares também merecem destaque. São espaços nos quais o piso é bem mais longo e permite um descanso para que sobe ou desce. Os lances de escada ficam entre eles. No caso da cena de “As Patricinhas de Beverly Hills” o patamar foi utilizado pelo casal com outra finalidade, como podemos ver na foto.

Classificação dos tipos de escadas quanto à forma

As escadas podem ser classificadas quanto à forma que foi prevista no projeto arquitetônico. Ela deve ser pensada para atender de forma mais adequada a necessidade daquele espaço.

Escada reta

Possui uma única direção, vence uma altura por meio de uma linha reta entre dois pontos, pode ter ou não ter patamares. Ela possui o desenho mais simples e ajuda a otimizar o espaço por ocupar apenas um lado do ambiente.

Um exemplo dessa escada é a do filme Harry Potter, que podemos ver na imagem abaixo. A escada reta cria um espaço triangular em baixo dela, com criatividade, pode ser utilizado para múltiplas funções. A do filme, por exemplo, ficou famosa porque o espaço em baixo dela foi utilizado para fazer um ”quarto”, cujas dimensões são mais próximas de um armário, no qual o bruxo dormia na casa dos tios.

Podemos observar que essa escada possui também guarda-corpo e corrimão apenas do lado vazado, o que é muito utilizado em residências.

Escada em L

Também no filme Harry Potter, mas dentro do castelo de Hogwarts, escadas retas se movem (só no mundo mágico mesmo), e, com isso, criavam diferentes formatos, como a escada em L. A escada, muda de direção no patamar formando um ângulo de 90º, o que faz com que tenha um desenho igual o da letra L, como pode ser visto na foto abaixo.

(Fonte: Pinterest)

A escada em L é uma ótima opção para ambientes com pé direito mais alto, ou quando a dimensão não é suficiente para vencer a distância em um único lance reto. Ela também ajuda a otimizar o espaço pois pode estar sempre encostada na parede.

As escadas que possuem mudanças de direção, como a em L, podem ter patamares de dois tipos. As com lanços perpendiculares, quando um patamar reto as divide, ou em leque quando ao invés do patamar temos degraus na diagonal, o que permite vencer uma altura maior ocupando o mesmo espaço. Essa diferença pode ser vista na figura abaixo.

 

Escada em U

Assim como a escada em L, a escada em U tem o formato da letra de sua nomenclatura. Ela possui duas mudanças de direção e pode ser nomeada também como escada de três lanços retos. Ela é muito utilizada, juntamente com a de quatro lanços, em prédios pois são confortáveis e otimizam o espaço que a caixa de escada ocupa.

Em um episódio do seriado “Friends”, os personagens tentam subir um sofá por uma escada em U, como vemos na imagem abaixo, o que é difícil justamente pelos dois ângulos retos entre os lanços.

 

Escada circular

São as que os degraus que mudam suavemente de direção e formam em planta um formato de curva. É um tipo de escada que ocupa bastante espaço, por isso precisa de ambientes mais amplos e ela fica esteticamente mais adequada em ambientes de pé direito alto. Como o da série infantil “Castelo -Rá-Tim-Bum”, sucesso na década de 1990 que pode ser vista na imagem abaixo.

Fonte: Midiorama

Detalhe para o guarda-corpo todo trabalhado com arabesco que faz com que a composição seja ainda mais bela a imponente.

Escada caracol, espiral ou helicoidal

Muitos a confundem a com a escada circular, mas a diferença é que ela possui um eixo central, em torno da qual dá voltas, o que faz com que seja extremamente compacta, o oposto da circular.

Por ser a opção que ocupa menos espaço é muito comum vê-las em apartamentos duplex. Outra vantagem é que ela é comumente produzida em estrutura pré-moldada metálica ou de concreto armado, o que faz com que necessite apenas ser instalada na obra. A desvantagem é que algumas pessoas a consideram desconfortável para subir.

Um exemplo é essa bela escada, símbolo do estilo Art Noveau.

Escada a céu aberto

As escadas são elementos de circulação importante não apenas internamente nas construções, mas são também muito usadas para vencer desníveis nas cidades e acessar edificações. Por isso, normalmente, elas possuem vários patamares e associam diferentes direções. Como podemos ver a escadaria “Selarón”, um símbolo da cidade do Rio de Janeiro.

 

Escada Santos Dumont

A escada Santos Dumont, criada pelo mesmo inventor que o avião, é um tipo bem peculiar. Uma escada reta, mas que possui uma superstição, pois só é possível começar a subi-la utilizando o pé direito, uma vez que os degraus possuem um lugar para colocar o pé de forma alternada, bem peculiar não é mesmo? Maio detalhes sobre a sua história podem ser vistos aqui.

 

 

Você já conhecia todos esses tipos de escada? Conhece-las aumenta as possibilidades de arranjos em ambientes de múltiplos andares. O que faz delas importantes aliadas para a funcionalidade e a estética dos seus projetos.

Conta para a gente qual seu tipo seguir nosso Instagram.

 

 

Compartilhe