Retrospectiva Sienge 2021

Bruno Loturco

Bruno Loturco

Apaixonado pela Indústria da Construção, atua no setor desde 2002. É especialista em comunicação e acredita que a adoção de tecnologia é o único caminho possível para a transformação da cadeia da construção. Atualmente, é Coordenador de Comunicação Estratégica do Sienge.

29 de dezembro 2021

Compartilhe

Um ano desafiador. Esta é, possivelmente, a percepção geral sobre 2021.

Pessoas e empresas de todo o mundo ainda tiveram de lidar com os efeitos negativos causados pela pandemia de Covid-19, mas o avanço da vacinação trouxe boas perspectivas nos mais diversos campos.

Assim, apesar de muitos setores da economia terem apresentado retração, houve avanços em outros. E este é, sem dúvidas, o caso da indústria da construção. Em especial no Brasil, o setor conseguiu um desempenho bastante interessante ao longo de 2021, com evolução expressiva nos indicadores de vendas e lançamentos.

Além disso, a alta no preço dos insumos começou a perder força, o que trouxe alguma previsibilidade para as empresas do setor e, consequentemente, contribuiu para o clima de otimismo.

Para vencer os desafios impostos por um cenário complexo como esse a tecnologia se torna a principal aliada das empresas da indústria da construção. Sabendo disso, o Sienge investiu ainda mais no desenvolvimento de soluções funcionalidades para aumentar a eficiência e a competitividade de seus clientes.

Automatização de processos

Certamente, um dos aprendizados que o isolamento social trouxe tem a ver com a importância da priorização. Com recursos e circulação reduzidas, tivemos que aprender a priorizar o que era essencial. Nas empresas isso não foi diferente, pois a preservação do aspecto humano dos negócios estava totalmente ligada à melhoria da eficiência de processos.

Nesse sentido, cabe destacar duas evoluções de produto que ajudaram os clientes Sienge a se tornarem ainda mais competitivos: integrações Pix e recepção de NFS-e.

Pix no Sienge

Com o Pix funcionando dentro do Sienge, as áreas financeiras dos clientes ganharam muita eficiência. Afinal, agora é possível fazer a gestão unificada das contas correntes vinculadas à empresa.

Assim, os fluxos financeiros foram simplificados, reduzindo complexidades e custos administrativos. Além, é claro, de aumentar a velocidade das transações financeiras, proporcionando uma melhor organização do fluxo de caixa.

Recepção de NFS-e

A funcionalidade de recepção de NFS-e no Sienge permite aos clientes gerar de forma automática as informações relacionadas a contas a pagar e a retenções. Dessa maneira, os lançamentos manuais deixam de ser necessários, o que economiza tempo e elimina a incidência de erros.

Além disso, todas as informações passam a ser consolidadas em um painel. O resultado é muito mais eficiência e controle para os responsáveis financeiros das empresas, com ganhos inclusive no processo de medição em obra.

Foco continuamente no cliente

Para dar ainda mais autonomia aos clientes, o Sienge reforçou a estratégia de CS (Customer Success). Assim, em 2021 foi lançado a Central de Ajuda do Cliente Sienge, disponível no endereço Suporte: Sienge Plataforma

O portal de suporte ao cliente Sienge está repleto de artigos e vídeos que orientam no uso do produto. São mais de 300 conteúdos organizados de acordo com a Jornada de Negócios e que abordam temas específicos. A finalidade é prestar uma ajuda pontual e rápida para as demandas mais comuns do dia a dia da operação.

Parcerias de integração

Ao longo de 2021, o Sienge desenvolveu sete novas parcerias de integração, proporcionando mais celeridade a processos em diversas frentes da operação de construtoras e incorporadoras.

Foram essas as integrações lançadas em 2021:

  • SCod: esta integração faz o monitoramento do IPTU dos imóveis cadastrados. Por meio dessa funcionalidade é possível consultar e emitir as guias de pagamento do IPTU, acompanhar a troca de titularidade e extrair relatórios com a situação fiscal e o valor dos débitos referentes a cada imóvel;
  • Construcompras: a integração à maior plataforma de compras da construção civil proporciona ao cliente Sienge acesso a uma rede com mais de 15 mil fornecedores. Além da facilidade de acesso, o Construcompras unifica o cadastro dos insumos, bem como as quantidades e marcas;
  • Docusign: a solução de assinatura eletrônica permite assinar e enviar acordos de forma online a partir de qualquer tipo de dispositivo, eliminando tarefas manuais e proporcionando economia de tempo e recursos;
  • Analize: solução para consolidação contábil automatizada que inclui painel com indicadores e gráficos para acompanhamento de performance financeira e que reduz em até 80% o tempo necessário para consolidação em planilhas;
  • CobMais: proporciona uma nova experiência na gestão financeira de cobranças, com envio de SMSs e e-mail para clientes inadimplentes e gestão automática da carteira;
  • ChecklistFacil: com mais de 150 funcionalidades, permite a construção de checklists personalizados de acordo com as necessidades de cada frente do negócio, otimizando em até 25% o tempo das equipes envolvidas na checagem de procedimentos;
  • PlugNotas: recurso que permite a emissão automática de documentos fiscais eletrônicos e que também realiza os cálculos referentes a alíquotas e tributos.

Além dessas parcerias que já estão disponíveis para os clientes do Sienge Plataforma, outras 14 estão em desenvolvimento para facilitar ainda mais a rotina das empresas da indústria da construção.

Relacionamento e conteúdo

O Sienge sabe que a evolução é mais rápida quando o mercado troca mais informações. Por isso, 2021 foi o ano da retomada dos eventos para o Sienge com a realização da terceira edição do Construsummit.

Construsummit 2021

De forma totalmente online, o evento teve mais de 3,5 mil participantes e gerou mais de 150 oportunidades de negócio em sua feira virtual. A experiência em 3D do Construsummit 2021 gerou impacto em mais de 1 milhão de pessoas.

Além disso, o Sienge promoveu, ao longo de 2021, dezenas de webinars sobre temas diversos relacionados ao ambiente de negócios da indústria da construção. Apenas nessas oportunidades mais de 4 mil pessoas receberam atualizações e insights relevantes para o setor.

Os desafios para 2022

Os desafios para a economia como um todo e para a indústria da construção, em específico, ainda são muito evidentes. Há alguns obstáculos a serem vencidos para que o potencial de crescimento seja definitivamente destravado. É de se esperar, portanto, que o ano de 2022 seja também bastante desafiador.

No entanto, conforme 2021 já mostrou, há oportunidades evidentes de retomar o crescimento. Em 2022, vão conseguir aproveitar o momento as empresas que investirem em ganho de eficiência. Para isso, a melhor alternativa – senão a única – é promover a transformação digital, incorporando tecnologia e inteligência de dados a processos.

O Sienge acredita na integração da cadeia produtiva por meio da tecnologia. É nisso que continuaremos trabalhando em 2022 e em todos os próximos anos. Sempre com foco em proporcionar mais eficiência e em transformar o investimento em tecnologia uma vantagem competitiva para os clientes.

Que os desafios nos encontrem preparados para fazer de 2022 mais um ano de transformação para a indústria da construção.

Compartilhe