banner sienge

Lina Bo Bardi – Quem foi, qual seu estilo e suas obras

10 de outubro de 2017

Se você chegou neste artigo, certamente gosta de arquitetura assim como eu e aprecia bons projetos. Veja por que Lina Bo Bardi é considerada uma das arquitetas mais influentes e importantes que o Brasil já teve.

Se você é arquiteto, pode utilizá-la como uma fonte de inspiração para seus projetos e desenhar belas obras.

Neste artigo você terá um resumo de como foi a vida de Lina, um pouco de seu estilo e quais foram as suas principais obras.

Quem foi Lina Bo Bardi?

Foto de Lina Bo BardiUma arquiteta Italiana. Lina Bo Bardi, nasceu em Roma em 1914, teve seu escritório de arquitetura bombardeado durante a segunda guerra mundial, fundou uma revista chamada A Cultura della vita, foi casada com Pietro Maria Bardi. Em 1946 veio para o Brasil fugindo das mazelas da segunda guerra mundial.

A vida na Itália

Lina Bo Bardi era uma pessoa brilhante que se formou na Universidade de Roma e começou a trabalhar em Milão. Porém, todos os pensamentos, planos e projetos para o futuro tiveram que ser adiados ou até mesmo esquecidos por causa do estouro da segunda grande guerra.

Na Itália, Lina Bo Bardi, além de arquiteta, tinha grande atuação política, entrou para a resistência contra os alemães e filiou-se ao partido comunista clandestino. Como a própria Lina diz, “passei anos debaixo da terra, sob bombas e metralhadoras”.

Cansada das ruínas e pouca perspectiva na Europa, Lina viaja com seu marido para o Brasil.

E no Brasil?

Ao chegar no Brasil, Lina Bo Bardi ficou encantada com o país e a cordialidade do povo que a acolheu. Em 1951 naturalizou-se brasileira.

Após instalar-se por aqui, ela vê a oportunidade de expor todo o seu talento e começa a viajar país a fora fazendo projetos, muitos deles memoráveis e marcos importantes na história do Brasil.

Principais obras de Lina Bo Bardi

Casa de Vidro

lina bo bardi casa de vidro

A casa de vidro foi o primeiro projeto de Lina Bo Bardi no Brasil. Recebe esse nome por ser uma construção suspensa, imponente com todas as paredes externas são de vidro suportadas por alguns pilares.

Serviu de residência para Lina Bo Bardi e seu marido Pietro Maria Bardi por mais de 40 anos.

A casa de vidro foi a primeira casa do bairro Morumbi em São Paulo. Lina teve extremo respeito com a natureza intacta do lugar e desenhou o projeto respeitando o terreno inclinado e a vasta vegetação que predominava na área.

Hoje a casa é aberta para visitação. Para saber mais sobre como visitar a casa, acesse clicando aqui.

MASP


lina bo bardi masp

O Museu de Arte de São Paulo, mais conhecido como MASP, sem dúvidas é a obra mais conhecida de Lina Bo Bardi. O museu foi um projeto ousado que tornou-se uma das referências de arquitetura do século 20.

Como a própria Lina diz, o museu foi todo projetado pensando em liberdade, com amplas salas. Pode abrigar exposições de arte com grandes variações de artefatos e tamanhos.

Um fato curioso:

Foi imposto para Lina Bo Bardi pela prefeitura que a Avenida 9 de Julho continuasse com a vista para o centro da cidade. Essa restrição foi responsável pelo belíssimo vão de concreto característico do MASP. Um vão de 74 metros de comprimento a 8 metros do chão.

O MASP é uma entidade privada sem fins lucrativos, apresenta as exposições mais importantes do país e é um dos maiores precursores de cultura no Brasil.

O museu funciona de terça a domingo e os valores de ingressos são em torno de R$30,00

Saiba mais clicando aqui.

SESC Pompéia

lina bo bardi sesc pompeia

O SESC Pompéia fica localizado na zona oeste da cidade de São Paulo. Funciona na antiga sede de uma fábrica de tambores e tornou-se num dos principais pontos culturais da cidade de São Paulo e do Brasil

O SESC Pompéia é uma área de convívio e lazer. Ela possui alguns detalhes interessantes, como mesas coletivas inspiradas em antigas choperias europeias que estimulam a interação entre as pessoas.

Hoje o SESC Pompéia oferece diversos serviços para a comunidade de São Paulo. Esse são só alguns:

  • Conjunto aquático;
  • Bar e café;
  • Biblioteca;
  • Restaurante;
  • Ginásio e quadra;
  • Ginástica multifuncional.

Para saber maiores informações sobre os serviços do SESC Pompéia, visite o site clicando aqui.

Teatro Oficina

Após um grande incêndio ocorrido em 1966, Lina Bo Bardi assumiu o projeto para revitalizar o lugar. Antes, o Teatro Oficina possuía um palco chamado de sanduíche, com platéia de 2 lados.

Lina mudou totalmente a concepção do teatro, criando um espaço onde o público não apenas assiste um espetáculo, mas, faz parte dele interagindo com os artistas.

Algumas características marcantes do Teatro Oficina são:

  • Janelão de vidro na fachada oeste;
  • Teto parcialmente retrátil;
  • Galerias e passarelas metálicas;
  • Teatro de estádio.

Ladeira da Misericórdia

No centro histórico de Salvador, a Ladeira da Misericórdia liga a Cidade Baixa com a Cidade Alta. Construída no século XVI, a ladeira sofreu bastante com o crescimento urbano da cidade e ficou muito degradada.

Lina Bo Bardi com  sua característica de sempre prezar pela convivência entre as pessoas, propôs uma revitalização da ladeira de forma que não modificasse o convívio das pessoas que já frequentavam e moravam no lugar.

Mesmo transformando o lugar e dando um ar mais agradável e leve, as pessoas que ali moravam foram obrigadas a sair e morar na periferia da cidade. O motivo foi dar lugar para um espaço turístico e sem acesso para a comunidade local.

Infelizmente atualmente a Ladeira está interditada e com os prédios em ruínas,

O Estilo de Lina Bo Bardi

Lina Bo Bardi foi uma arquiteta modernista que sempre prezou pela simplicidade e valorizou o convívio entre as pessoas. Essas características são notáveis principalmente nas obras do MASP, SESC Pompéia e no Teatro Oficina.

Lina sempre se preocupou com a integração do ambiente interno e externo da obra. Isso fica retratado no grande uso de vidro e concreto onde o ambiente interno espelha o ambiente externo e vice-versa.

Me arrisco dizer que Lina Bo Bardi era uma arquiteta à frente de seu tempo. Enquanto a arquitetura tradicional era pesada, cheia de detalhes, Lina prezava por traços simples que davam clareza e leveza para a obra, característica muito presente atualmente no século 21.

Trabalhos fora da arquitetura

Lina Bo Bardi foi muito além da arquitetura, era apaixonada por teatro e design. Lina era uma mulher multifacetada, ainda na Itália chegou a ser dona da revista A Cultura della vita, desenhou objetos mobiliários, foi cenógrafa e artes plásticas.

Conclusão

Lina Bo Bardi é uma grande referência de arquitetura tanto no Brasil quanto no mundo, suas obras já ganharam diversos prêmios mundo a fora e continuam sendo referência e fonte de inspiração para arquitetos do mundo inteiro.

Lina nasceu em um período bastante conturbado da história passando pela segunda guerra mundial no auge de sua vida profissional, mesmo assim, conseguiu superar a guerra e refazer sua vida no Brasil e contribuindo bastante para a nossa história.

Se ainda não conhece, crie uma oportunidade para conhecer de perto as obras de Lina Bo Bardi e confira a leveza e clareza de suas obras.

Se você gostou deste post, deixe seu comentário e compartilhe.

Marcelo Pinheiro de Araujo

  • Formado em Sistemas de Informação
  • Product Owner da Nota Fiscal Eletrônica do Sienge
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa