Covid 19 e a Construção Civil – Como Agir em Meio à Pandemia

Martha Ramos

Martha Ramos

Jornalista, Especialista em Marketing
Redatora do Sienge

19 de março 2020

O Brasil e o mundo estão sofrendo com a pandemia causada pelo Coronavírus – Covid 19 e, infelizmente, não teria como a construção civil e a economia não serem afetadas com esta realidade. Afinal, muitos países e, atualmente, até o mesmo o Brasil já está cumprindo a quarentena. 

Algumas cidades brasileiras decretaram situação de emergência. Neste cenário os cidadãos devem ficar em casa e, somente se deslocar em casos de extrema necessidade.

Se, na sua cidade a vida continua normal, as obras estão sendo tocadas, seguem algumas ações a serem tomadas:

Checklist de combate ao Covid-19

Protocolo para evitar a propagação do Coronavírus nas empresas da construção civil

A pandemia do Covid-19 (Coronavírus) exige ação imediata por parte de toda a sociedade. Isso significa que haverá impactos em nossos escritórios e canteiros de obras.

No entanto, uma paralisação total das atividades seria extremamente prejudicial.

Por isso, elaboramos um checklist de ações a serem tomadas para mitigar a propagação do vírus sem a paralisação completa das atividades de obras e gestão.

Esperamos contribuir para a preservação da saúde com o mínimo impacto na geração de empregos e de valor para a sociedade.

Ações a serem tomadas na sua empresa:

# Definir responsáveis na empresa

  •         Criar uma Política de Crise 
  •       Conscientizar todos os gestores da obra e escritório
  •       Dar autonomia para o(s) Profissional(is) técnico de segurança

o   É recomendável centralizar na equipe técnica de Segurança e Saúde do Trabalho a responsabilidade pela implementação e fiscalização das ações de prevenção. 

# Limpar a cada uma (1) hora com cloro ativo as seguintes áreas de vivência 

o   Maçanetas

o   Torneiras

o   Locais de manuseio frequente

# Limpar a cada duas (2) horas com cloro ativo as seguintes áreas de vivência 

o   Banheiros físicos ou químicos

Pias

Sanitários

o   Bebedouros

o   Refeitório

o   Vestiário

o   Relógio de ponto

o   Catraca

o   Equipamentos de trabalho

#  Incentivar a Higiene pessoal

o   Disponibilizar álcool gel 70% em vários locais da obra e escritório

o   A cada duas horas verificar se há sabonete nos banheiros e tanques

o   Por meio dos DDS (Diálogos Diários de Saúde), orientar os trabalhadores para que:

  • Lavar as mãos com frequência
  • Higienizar periodicamente os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual)

obrasemcovid-19

# Reforço no controle da saúde

o   Adquirir e disponibilizar/instalar no acesso à obra equipamento para medição da temperatura dos colaboradores para identificar o mais rapidamente possível qualquer suspeita da doença e impedir sua entrada no canteiro

o   Observar diariamente os colaboradores para identificar possíveis sintomas causados pelo Coronavírus:

o   Tosse

o   Febre

o   Coriza

o   Dor de garganta

o   Dificuldade de respirar

o    Oriente os funcionários a, diante da presença desses sintomas:

o   ficar em casa sem que haja nenhum prejuízo econômico para eles

o  comunicar os superiores

o    É preciso tomar especial atenção, inclusive liberando o isolamento em casa, ao grupo de risco composto por pessoas que tenham:

o   Mais de 60 anos de idade

o   Pressão alta

o   Problemas cardíacos ou respiratórios

o   Diabetes

o   Imunodeprimidos, como transplantados ou portadores de doenças autoimunes

o    Pessoas retornando de viagem devem ficar 7 dias em isolamento na sua residência

# Restringir a aglomeração de pessoas

  •         Almoço

o   Deverá funcionar em turnos alternados para que a quantidade de pessoas nos refeitórios seja substancialmente reduzida

o   O alimento deve ser servido pelos responsáveis pela cozinha e não pelos próprios trabalhadores de canteiro. É essencial que quem esteja servindo o almoço use luvas e máscaras para evitar contaminação cruzada

  •       Reduzir a quantidade de pessoas nos ambientes

o  Elevadores

o Cremalheiras

o Ambientes de escritório e de treinamento

  •       Criar uma validação online ou via telefone para chamados de assistência técnica e só atender aqueles estritamente necessários
  •       Suspender todas as visitas à obra que não sejam absolutamente imprescindíveis
  •       Suspender eventos de vendas presenciais  
  •       Cancelar viagens ou deslocamentos para locais com grande concentração de pessoas
  •       Home office: liberar o máximo de funcionários para trabalhar remotamente

o Priorizar aqueles que fazem parte ou que convivem diretamente com pessoas pertencentes aos grupos de risco

# Divulgar ações de responsabilidade de todos

  •         Atenção para os cartazes e comunicados da empresa
  •         Cumprimentos somente à distância (sem aperto de mãos, abraços, beijos)
  •         Não compartilhar objetos de uso pessoal, como celulares
  •         Em caso de reunião inadiável, realizar em ambientes arejados e manter a maior distância possível de quem está ao lado e dispensar pessoas que estejam tossindo ou espirrando
  •         Adotar todas as medidas de higiene básica

o   Lavar as mãos regularmente

o   Usar álcool gel com concentração 70% para higienizar as mãos

o   Usar soro fisiológico para limpeza nasal e colírio para os olhos

o   Evitar levar a mão aos olhos, nariz e boca

  •       Buscar resolver virtualmente o maior número possível de questões. Isso significa fazer reuniões online com todos os diferentes stakeholders, como projetistas, fornecedores e empreiteiros, além de reuniões internas
  •         Em caso de gripe ou resfriado simples, informar condição, não sair de casa e utilizar máscara. Utilizar máscara também ao visitar alguém com suspeita da doença ou que esteja cuidando de um paciente
  •         Informe-se sempre em fontes seguras, como os sites oficiais do Ministério da Saúde, Governos, Municípios e suas Secretarias de Saúde ou com seu médico. Desconfie de pessoas que dão palpites ou receitas pelas redes sociais.
Cartaz com título em destaque escrito Coronavírus, embaixo do título duas frases com a hashtag juntos contra coronavírus e eu transformo a construção. No subtítulo do cartaz a frase é: como prevenir e sintomas, abaixo do subtítulo a ilustração de mãos sendo lavadas com a frase: Como lavar as mãos de forma eficaz contra o vírus? utilize água e sabão; lave  punhos, palma, dorso, entre os dedos, unhas e antebraços; uma lavagem completa leva pelo menos 20 segundo; o sabão comum destrói a estrutura viral! em seguida uma caixa com o título sintomas com a seguinte frase: quais são os sintomas do coronavírus? cinco ilustrações de uma pessoa mostra cada sintoma, as quais são: tosse, dor de garganta, fadiga, dificuldade de respirar e frebre. Por último a frase: Em caso de sintomas, baixe o aplicativo do SUS e siga as instruções, ao lado da frase tem uma imagem de um QR code que leva para a página do download do App.
Covid 19 e a construção civil

Soluções em meio à crise – Covid 19 e a construção civil

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) lançou, no dia 18 de março de 2020, o canal direto para atendimento às demandas das entidades e empresas da construção civil e do mercado imobiliário de todo o país. O canal chama-se: “Como a CBIC pode te ajudar hoje?”.

Trata-se de um espaço para o recebimento de depoimentos de problemas que os trabalhadores do setor da construção civil estão enfrentando neste período de crise devido ao Coronavírus.

“É muito importante a sobrevivência de todo um segmento que emprega diretamente mais de 2 milhões de trabalhadores e envolve em torno de 4 milhões de forma indireta”, aponta o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

O presidente defende a importância desse novo mecanismo que visa auxiliar a construção nacional e tem alto poder de capilarizar empregos, por impactar outros 62 segmentos, e poder irrigar a economia nacional.

A ideia é reunir as demandas e buscar soluções para atenuar os efeitos sociais e econômicos do coronavírus no setor. O trabalho está sendo conduzido pelo Comitê de Crise da CBIC, formado pelos membros do seu Núcleo Estratégico.

A proposta é que o encaminhamento necessário seja feito imediatamento por este Núcleo, que também balizará as ações da Câmara Brasileira da Indústria da Construção junto ao governo, e às entidades envolvidas tanto de cunho federal, quanto estadual e municipal.

Para acessar o checklist completo preparado pelo Sienge, basta clicar na imagem abaixo.

No Kit de Prevenção ao Coronavírus [Covid- 19], você encontra também: cartazes de divulgação e conscientização, artes para redes sociais e um modelo de Política de Gestão de Crise.

Baixe aqui o Kit de Prevenção ao Coronavírus!