banner sienge

Benefícios da sustentabilidade: coberturas ecológicas

4 de dezembro de 2017

Você conhece os benefícios da sustentabilidade em relação ao conforto térmico e à economia de energia? As coberturas ecológicas são um bom exemplo do alto desempenho que as “soluções verdes” podem oferecer.

A importância de investir em bons produtos para a cobertura das edificações muitas vezes é subestimada. Entre outras funções, o telhado impede a infiltração de umidade e previne a propagação de microorganismos causadores de doenças. Também protege a construção de corrosão e fissuras. 

Além disso, é a parte do empreendimento mais exposta ao sol e ao vento. Dessa forma, influencia diretamente o conforto térmico dos usuários e o consumo de energia.

Na Europa, Estados Unidos e Ásia, a utilização de coberturas ecológicas não é novidade. No Brasil, esse mercado está começando a se expandir. Isso é excelente tanto para os consumidores quanto para o meio ambiente. 

Esses produtos ajudam equilibrar a temperatura das edificações e, assim, diminuem os gastos energéticos com sistemas de refrigeração. Ainda melhoram o microclima urbano e combatem a poluição.

Neste post, apresentaremos algumas das opções de cobertura ecológica utilizadas no Brasil. Antes, falaremos brevemente sobre as regras estabelecidas para Associação Brasileira de Normas Técnicas para a instalação de sistemas de cobertura.

Acompanhe!

Critérios para a instalação de coberturas

A NBR 15575:2013 –  Edificações habitacionais — Desempenho, Parte 5, estabelece os Requisitos para os sistemas de cobertura.

Essa norma apresenta todos os procedimentos a serem aplicados para atingir a performance mínima exigida. Ele incluem: método de avaliação, cálculo estrutural, ensaios, premissas do projeto e nível de desempenho.

Confira a seguir algumas das condições exigidas para a instalação de coberturas:

  • não oferecer risco de remoção ou danos pela ação do vento;
  • ter capacidade para suportar cargas;
  • oferecer acessibilidade aos usuários;
  • possibilitar a fixação de luminárias e outras cargas;
  • possuir resistência à ação do granizo e outras cargas acidentais;
  • oferece segurança contra incêndio, dificultando a propagação das chamas e não criando impedimento visual que dificulte a fuga dos ocupantes;
  • não apresentar partes soltas ou destacáveis sob a ação do próprio peso e sobrecarga de uso.
  • propiciar condições seguras para montagem e manutenção;
  • não permitir infiltrações de água ou gotejamentos;
  • ter capacidade para drenar a máxima precipitação passível de ocorrer, não permitindo empoçamentos ou extravasamentos para o interior da edificação, para os áticos ou quaisquer outros locais não previstos no projeto da cobertura.
  • apresentar transmitância térmica e absortância à radiação solar que proporcionem um desempenho térmico apropriado para cada zona bioclimática.
  • possuir isolamento acústico em relação a sons aéreos e ruídos de caminhamento e queda de objetos naquelas edificações com acesso coletivo à cobertura.

Agora que você já conhece alguns dos requisitos para o desempenho de coberturas em edificações habitacionais, confira os modelos de telhados ecológicos mais utilizados. 

Telhados vivos

Os telhados vegetados, isto é, cobertos com vegetação, são os mais conhecidos. Eles favorecem não somente o conforto térmico das edificações. Também melhoram o microclima urbano, amenizam a emissão de CO2 e combatem alagamentos.

 

 

 

 

Telhados solares

As telhas fotovoltaicas geram energia limpa e sustentável por meio da luz solar, diminuindo ou substituindo o uso da rede elétrica. Além das coberturas nas quais são instalados os painéis solares (vide foto abaixo), está crescendo o uso de telhas com os módulos fotovoltaicos já embutidos em seus interior.

benefícios da sustentabilidade

 

 

 

 

 

Coberturas brancas

As telhas de cor clara refletem até 90% do calor do Sol. Isso diminui em até 6ºC a temperatura das construções e reduz de 20% a 70% o consumo de energia elétrica utilizada com ar-condicionados e ventiladores  (fonte: Laboratório Lawrence Berkeley). Além disso, conforme o gerente técnico do Greenbuilding Council Brasil, Marcos Casado, um telhado branco de 100 m² compensa aproximadamente 10 toneladas de CO2 por ano. 

Outro benefícios dos telhados brancos é aumentar o tempo de vida útil da cobertura.

benefícios da sustentabilidade
(Créditos: Construcasa Bordignon – Divulgação)
Desde abril de 2010, a ONG Green Building Council criou a campanha “One Degree Less – White Roofs Initiatives for 100 Cities” (traduzindo do inglês, Um Grau a Menos – Iniciativa de telhados Brancos para 100 cidades). O propósito foi incentivar a pintura dos telhados das grandes cidades como forma de conter o aquecimento global. 

Assista ao vídeo promocional lançado na época da campanha:

E então, o que você acha de começar a incluir modelos de telhas brancas em seus projetos de engenharia civil? Ou mesmo pintar com tinta branca telhas escuras?

Se você optar por esta última opção, utilize uma tinta inorgânica autolimpante, que evita a colonização microbiana. Isso porque as tintas comuns, à base de água, são suscetíveis à formação de mofo, bolor, algas e algumas bactérias. Dessa forma, podem não apresentar o desempenho desejado ao serem aplicadas nos telhados.

Telhas PET

As telhas PET (fabricadas com reciclagem de garrafas PET) são oito vezes mais leves do que as telhas de cerâmica. Ademais, enquanto as telhas de cerâmica suportam temperaturas máximas de  50ºC, as PET resistem a temperaturas de até 85ºC. Outra vantagem do produto é que, por ser feito com plástico sintético, não é poroso. Portanto, não acumula água ou desenvolve mofo. 

Além dos benefícios ao meio ambiente, as características das telhas PET as tornam uma opção econômica. Esse material possui mais resistência, assim como facilidades para instalação e limpeza, em comparação às opções tradicionais.

benefícios da sustentabilidade

 

 

 

 

Telhas de fibra vegetal

Uma forma de integrar a construção à natureza é utilizar telhados de fibra vegetal. Os materiais mais utilizados são coco, sapê, santa fé, paiçava, sisal, folhas de bananeira e palmeira e, por fim, madeiras de eucalipto e pinho. 

benefícios da sustentabilidade

 

 

 

 

 

Telhas de tetra pak

As telhas feitas com a reciclagem de embalagens tetra pak são mais leves e resistentes do que as telhas convencionais e podem reduzir de 50% a 90% a temperatura do ambiente. Compostas de alumínio, pet, polietileno e polinylon, também são impermeáveis e resistente a produtos químicos.

Esse tipo de cobertura ecológica é uma alternativa para reciclar parte das mais de 12 bilhões de embalagens longa-vida produzidas por ano no Brasil.

Veja esta matéria do programa Momento Ambiental, produzido pelo Centro de Produção da Justiça Federal, sobre a produção de telhas tetra pak:

Benefícios da sustentabilidade – conclusão

No mercado de coberturas ecológicas, os benefícios da sustentabilidade podem ser traduzidos, principalmente, como conforto térmico, economia de energia elétrica, reciclagem e redução das emissões de CO2. Por isso, os telhados verdes contam pontos para a obtenção das mais importantes certificações ecológicas.

Vamos torcer para que o setor da construção civil, seguindo a tendência mundial, passe a adotar mais telhados verdes em seus empreendimentos. Entre os modelos apresentados, qual você preferiu?

Helena Dutra

  • Jornalista
  • Redatora e revisora
  • Especialista em Produção de Conteúdo para Web
 

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa