O que é topografia e qual a sua importância na construção civil?

Gustavo Prata

Gustavo Prata

Engenheiro Civil com mais de 12 anos de experiência em gerenciamento de obras, planejamentos, controle de cronograma físico-financeiro, orçamentos e organização de obras. Atualmente, é Product Manager no Sienge.

23 de agosto 2021

Compartilhe

Você sabe o que é topografia? E mais do que isso, sabe qual é a importância da topografia na construção civil?

Se a sua resposta é não para uma das duas perguntas, lembre-se do seguinte:

Uma obra envolve tantos elementos e tantas variáveis importantes que errar em apenas um deles pode causar grandes prejuízos. E uma das maneiras mais fáceis de errar é não conhecer a importância de certo elemento para o sucesso da obra em questão.

Por isso, apenas o fato de você desconhecer o que é topografia e qual o seu valor pode colocar a obra toda em risco. Se parece exagero, você já vai entender por que eu digo isso.

Neste artigo, eu vou te mostrar o que é topografia, por que ela é tão importante para a construção civil e quais informações técnicas são mais relevantes para você agora.

O que é topografia

Vamos começar com uma definição mais técnica e, logo em seguida, ver o quanto isso é relevante na prática. A palavra topografia vem do grego: “topos” significa lugar e “graphen” quer dizer descrição.

levantamento topográficoo

Ou seja:

A topografia é a ciência de descrever lugares, no sentido de que o levantamento da topografia faz um mapeamento de um terreno e o descreve em detalhes. E para que serve essa descrição?

Para revelar muitas informações que são importantes para quem vai construir naquele terreno, como:

  • cálculo de área;
  • norte magnético;
  • metragem;
  • coordenadas geográficas;
  • mudanças de relevo;
  • entre outras.

Sendo assim, a topografia é uma avaliação do terreno que revela informações relevantes para o sucesso da obra. Mas como essas informações são usadas no canteiro de obras? É o que eu vou te mostrar agora.

Por que a topografia é importante na construção civil

Quem não sabe bem o que é topografia pode ficar surpreso ao descobrir que ela é importante em todas as etapas da construção civil.

Ou seja:

Antes, durante e depois da obra o levantamento topográfico é importante. Em cada fase do empreendimento ele tem um papel diferente, e é importante conhecer esses papéis. Por isso, eu vou explicar agora para você como a topografia entra em ação em cada momento específico, o que vai te ajudar a entender a importância dessa avaliação do terreno.

Antes da obra

Quando eu digo antes da obra, quero dizer até antes da compra do terreno. Afinal, o levantamento topográfico é um dos itens que vai ajudar o responsável pelo projeto a saber se o local é apropriado para o tipo de construção que a empresa vai realizar.

Além disso, é preciso realizar o projeto final levando em conta a topografia do terreno. Por fim, sempre vale lembrar que a topografia do terreno é relevante para processos burocráticos que envolvem permissões, licenças e registros junto a órgãos de fiscalização. Afinal, a topografia também ajuda a identificar e preservar nascentes de água.

Durante a obra

Conforme a obra avança, os dados encontrados na topografia também são muito importantes em várias tarefas importantes. Algumas delas são:

  • demarcar os limites do terreno;
  • demarcar o esquadro da obra;
  • realizar o as-built da obra;
  • fazer locação de estacas e pilares;
  • nivelar o terreno, os pisos e lajes;
  • marcar as áreas de lazer e o jardim;
  • entre outros.

terreno faz diferença na obra

Assim, a topografia garante uma obra exata, segura e que aproveita do melhor modo possível todas as características do terreno, como a localização, inclinação e o tipo de solo.

Depois da obra

Por último, mas não menos importante, está o papel do levantamento topográfico no pós-obra. Nessa etapa, a relevância da topografia é voltada para a manutenção, pois é possível usar as informações levantadas para avaliar se houve problemas na estrutura depois da construção terminar.

E como isso pode levar anos para acontecer, é possível perceber que a topografia é útil e importante durante um longo período de tempo.

Conheça os 2 tipos mais comuns de levantamento topográfico

Depois de saber o que é topografia e quanto ela é importante, uma das perguntas mais comuns passa a ser: como fazer o levantamento topográfico? A resposta é que não existe um jeito só.

E, já para adiantar sua próxima dúvida, o melhor tipo depende de uma série de fatores. Mas o que faz mais sentido destacar para você agora neste artigo é que há dois tipos mais comuns de levantamento topográfico: o planimétrico e o altimétrico.

Os nomes parecem complicados, mas é bem simples entender como cada um deles funciona e quais as diferenças entre os dois.

Levantamento planimétrico

Esse é o tipo de topografia considerado mais simples, pois não faz uma avaliação completa de todos os pontos que é possível analisar no levantamento topográfico. Por exemplo, aqui fica de fora a dimensão da altura do local.

Aliás, a avaliação pelo tipo planimétrico é bem direta:

O topógrafo dimensiona apenas as medidas do comprimento e altura do terreno. Mas quando vale a pena usar uma avaliação como esta? Em geral, como apoio para a compra de um terreno, pois ele oferece o nível de detalhamento necessário para isso.

Levantamento altimétrico

Já o levantamento altimétrico é a avaliação completa, com itens como elevação, altura, nível do terreno, entre outros pontos. Ou seja, se você pretende construir no terreno, precisa desse tipo de leitura do local, pois algumas informações mais detalhadas que ele oferece fazem diferença para a obra.

Sendo assim, não se trata de qual dos dois levantamentos topográficos é melhor. Antes, a pergunta certa seria: quando usar cada um dos levantamentos? Como eles são complementares, é provável que você precise dos dois, em momentos diferentes do empreendimento.

Apesar disso, os dois tipos de levantamento são feitos antes de elaborar o projeto de construção. Assim, é possível projetar tudo com base nas informações da topografia e garantir uma obra de sucesso.

A importância de boas ferramentas de suporte à decisão

Como ficou claro, a topografia é, no fim das contas, uma importante ferramenta de suporte a vários tipos de decisão que os responsáveis por uma obra precisam tomar. O custo de ignorar esse tipo de ferramenta é muito alto, uma vez que pode comprometer todo o trabalho ou inviabilizar projetos inteiros.

Por outro lado, boas ferramentas de suporte causam um efeito contrário:

Elas facilitam o trabalho, o tornam mais seguro e eficiente, além de ajudar a aumentar a margem de lucro nas obras. Além de tarefas como o levantamento topográfico, é importante incorporar rotinas que dão suporte às decisões regularmente.

Uma dessas ferramentas é um sistema de gestão, que quando bem usado tem o poder de mudar a forma de uma empresa trabalhar e elevar o desempenho dentro e fora do canteiro.

Agora que você aprendeu o que é topografia e sua grande relevância em todas as etapas de um empreendimento imobiliário, terá chances muito maiores de sucesso em suas obras. Apesar disso, não deixe de contratar profissionais de confiança para fazer o serviço e se certifique de usar da melhor forma possível as informações que coletou sobre o terreno.

Quer saber como melhorar a gestão da sua empresa e garantir o sucesso das suas obras de maneira sistemática? Veja como isso é possível com a gestão integrada!

Compartilhe