Inovação tecnológica na construção: como escolher software para planejamento

Yan Bedin

Yan Bedin

Founder & COO na Prevision.

8 de dezembro 2020

Compartilhe

A construção civil ainda é um dos setores menos produtivos da indústria e isso não é novidade para ninguém. No entanto, há uma movimentação das empresas para mudar esse cenário, fazendo com que os processos sejam mais eficientes, menos custosos e mais tecnológicos. O maior desafio da inovação tecnológica na construção civil é a mudança na cultura das empresas.

Existem vários recursos, sistemas e soluções à disposição do setor, o que é um movimento positivo. No entanto, saber exatamente qual solução utilizar requer compreensão, mudança de mentalidade e confiança, e isso não acontece da noite para o dia.

No texto de hoje, vou falar sobre a inovação tecnológica na construção civil, trazer alguns exemplos e sugerir formas de estimular essa cultura dentro das empresas. 

Por que é tão difícil aderir à inovação tecnológica na construção civil?

A construção civil é um setor que envolve pessoas das mais diversas camadas da sociedade, tanto os profissionais, quanto os clientes. Uma construtora pode desenvolver projetos que atendem o público A ou D, e os métodos construtivos podem ser exatamente iguais, ou não.

No entanto, as preocupações e a atenção a alguns detalhes são diferentes para cada tipologia, tipo de financiamento, consumidor final e assim por diante. 

Em relação aos profissionais, podemos ter desde diretores, que entendem a necessidade de inovar, até empresas e profissionais que, por mais que tenham acesso, não pretendem inovar e mudar.

Em geral, empresas temem os desafios que mudanças podem trazer e a inovação tecnológica, no setor da construção civil não fica de fora desse cenário.  

Benefícios da inovação tecnológica na construção

A implementação de qualquer solução vai exigir informação, conhecimento e treinamento, além de, claro, adaptação. E tudo isso precisa de tempo. Embora possa parecer um desperdício de tempo, fazer uso da inovação é, na realidade, um grande investimento. Por isso é preciso aproveitar os benefícios que as inovações podem fazer e acabam não construindo empresas e projetos conectados com as mudanças que a sociedade apresenta. 

O primeiro passo para mudar essa cultura é envolver todas pessoas do time que usarão a ferramenta. Eles precisam entender os processos e etapas necessárias para integrar essa nova solução no dia a dia. Assim, todos podem perceber os ganhos que virão no médio e longo prazo, para que possam entender a importância de investir nela e compreender que os resultados têm um tempo para acontecerem.

A mudança de cultura começa pelo entendimento da importância da inovação para a construção

Alguns benefícios do uso de inovação tecnológica na construção civil são:

  • menos burocracia nas atividades e processos diários;
  • maior eficiência na realização das tarefas;
  • diminuição de custos e desperdícios;
  • informações mais seguras e acessíveis o tempo todo etc.

Há outros benefícios que enxergamos quando direcionamos o olhar para diferentes áreas da empresa, como as mais estratégicas, que acabam perdendo muito com os processos mais manuais.  

A seguir, vou mostrar alguns pontos importantes para você considerar na hora de contratar um software de planejamento. 

4 dicas para escolher um software de gestão de planejamento

A empresa que está disposta a investir em inovação e tecnologia na construção civil precisa ter acesso a todos os benefícios que ela oferece. Isso vai gerar valor aos usuários, mostrando que o processo de adequação às novas ferramentas foi vantajoso, e vai facilitar a rotina de trabalho. 

Por isso, alguns pontos são inegociáveis na hora de escolher um software de gestão de planejamento. Anote aí:

Disponibilidade total de informações

Entenda como “disponibilidade total” os recursos que podem ser acessados em qualquer momento, até mesmo quando o profissional não está na obra.

As informações da obra podem ser acessadas a qualquer momento e lugar

Um engenheiro responsável por mais de uma obra, por exemplo, perde muito tempo de deslocamento entre um local e outro. Enquanto isso, pode acompanhar as informações do projeto por meio da solução escolhida, se elas estiverem disponíveis. 

Assim, não precisaria esperar chegar ao escritório para acessar o projeto, fazer atualizações, pegar dados etc. A inovação tecnológica na construção civil, na forma de um sistema, por exemplo, pode ser acessado por qualquer dispositivo, e ainda apresentando informações em tempo real, se estiver conectado à internet.

Envolvimento de todas as equipes 

Foi-se o tempo em que o planejamento era desenvolvido por uma única pessoa. Em um universo marcado pelos conceitos de Lean Construction e metodologias ágeis, empresas mais inovadoras são aquelas que conseguem implementar esses processos.

A tecnologia ajuda a envolver toda a equipe de obra

Seguindo essas filosofias, o mais indicado é que o planejamento seja construído com todos os envolvidos no projeto. Assim, cada profissional pode contribuir com a sua visão e experiência, permitindo que as informações sejam incluídas de forma mais alinhada com a realidade. O software precisa prever ou possibilitar essa construção colaborativa.

Integração com outras ferramentas e soluções

Um dos grandes desafios no desenvolvimento de planejamento de obra é que muitas ferramentas usadas pelas empresas não permitem a integração com outras soluções. A falta de integração faz com que seja necessário transferir manualmente a informação de um lugar para o outro, pois não há sincronização de dados, ou então ficar sem a conexão.

A interação não é importante só porque vai ajudar na transferência de dados no dia a dia, mas principalmente para ajudar no período de transição, quando os funcionários ainda estão se adaptando às novas rotinas. 

Por isso o software de planejamento deve permitir integração com as principais ferramentas utilizadas pelo setor, e o Sienge é uma grande referência neste quesito, pois sendo um ERP central permite integração com diferentes soluções, como a Prevision. 

Acompanhamento da obra e qualidade dos processos

A linha de balanço é uma metodologia que permite ter uma visão ampla e completa do projeto. Com essa visualização, é possível saber a execução e o andamento de todas etapas. Muito utilizada em projetos com repetição de tarefas, é uma forma de acompanhamento muito eficiente.

Pensando nos usos da linha de balanço na construção civil, no entanto, entende-se que é necessária a conexão com um planejamento bem estruturado para que a metodologia possa funcionar em seu máximo potencial.   

Além desses aspectos que uma ferramenta de planejamento deve oferecer, é preciso considerar o nível de complexidade de uma solução como essa. 

Empresas que estão no processo inicial de inovação, treinando e capacitando suas equipes, devem investir em recursos mais simples de serem utilizados e mais intuitivos. Além de tornar a adaptação mais fácil, os profissionais conseguirão aprender com maior facilidade e não vão enfrentar grandes obstáculos no dia a dia para aderir plenamente às soluções. Sem dúvidas, isso será fundamental para que todos tenham uma experiência enriquecedora.

A inovação tecnológica na construção civil está no DNA da Prevision e também do Sienge. Para mais informações sobre possíveis soluções para a sua empresa se tornar mais eficiente nos processos internos e também nas obras, entre em contato!

Compartilhe