CRM e ERP: a dupla perfeita para a gestão de uma incorporadora

Fábio Garcez

Fábio Garcez

Fábio Garcez é Administrador e empresário apaixonado por vendas digitais focadas no Mercado Imobiliário. Ele é CEO do Grupo Alfama. Uma das empresas do Grupo, o Construtor de Vendas vem revolucionando o mercado imobiliário brasileiro através de uma plataforma que acompanha a jornada completa do cliente, tema em que Fábio se especializou nos últimos anos.

3 de janeiro 2022

Compartilhe

Gestão: a atividade de gerir, administrar, gerenciar. A gestão é uma função basilar dentro de qualquer empresa do mercado imobiliário, contemplando as mais diferentes áreas do conhecimento. Sem ela, não existe hierarquia, organização e progresso, e é precisamente para impulsionar as boas práticas de gestão que surgem o CRM e o ERP

Não, CRM e ERP não são a mesma coisa. São conceitos muito diferentes, cada um com suas particularidades. Mas, quando unidos, podem representar uma inovação sem tamanho para a empresa onde são aplicados.

Modernidade, digitalização e produtividade: as bases do CRM e do ERP podem ser traduzidas em três palavras simples que, no entanto, são capazes de mudar os rumos do mercado imobiliário.

CRM e ERP

Hoje, vamos conhecer a dupla dinâmica da gestão imobiliária numa parceria entre CVCRM – Construtor de Vendas e Sienge. Está preparado? Vamos lá!

CRM – Customer Relationship Management

CRM é a abreviação comumente usada no mercado para se referir ao Customer Relationship Management. 

Popularizado no formato de plataforma, o CRM é uma solução comercial voltada para a gestão de relacionamento com o cliente. Ou seja, o grande foco do software é gerir os pontos de contato entre empresa e consumidor, do momento da prospecção até o pós-venda. 

Existe CRM para quaisquer negócios, mas também existem aqueles focados especificamente no setor onde se aplicam. Para o mercado imobiliário, portanto, existe o CRM Imobiliário. 

A grande diferença desse tipo de CRM é sua aplicação precisa às necessidades do segmento. Dessa forma, o CRM imobiliário geralmente compilará soluções mais amplas, como os demais CRMs. A saber:

  • Gestão de leads
  • Funil de Vendas
  • Workflow personalizado
  • Integração com ferramentas de automação
  • Histórico de leads
  • Gestão de atendimento

Mas também trará funcionalidades mais pontuais, como:

  • Mapa de disponibilidade
  • Gestão de visita e vistoria
  • Gestão de repasse 
  • Integração com portais imobiliários
  • Espaço para o corretor de imóveis

ERP – Enterprise Resource Planning

ERP, por sua vez, refere-se ao termo Enterprise Resource Planning, ou Planejamento de Recursos Empresariais. A plataforma tem expertise na integração de processos da área financeira de uma empresa, gerenciando fluxos e permitindo uma visão maximizada para gestores e diretores. 

Sendo assim, o ERP tem uma abordagem de gestão interna, procurando auxiliar a administração de todas as etapas gerenciais relacionadas às finanças. 

Também é vendido sob o formato de software, mas, diferente do CRM, o ERP não trabalha na manutenção de atividades comerciais, e sim econômicas. 

Algumas das principais funcionalidades do ERP são: 

  • Monitoramento de estoque
  • Acompanhamento de pedidos
  • Gestão de fluxo de caixa
  • Integração com bons CRMs
  • Controle de inadimplência
  • Emissão de boletos e 2ªs vias

CRM e ERP: diferentes abordagens, mesmo objetivo

Bom, nós já conseguimos entender que, de fato, CRM e ERP não são a mesma coisa. Mas, na prática, qual a diferença primordial entre eles? 

Fundamentalmente, o Customer Relationship Management e o Enterprise Resource Planning possuem histórias e evoluções completamente distintas

O CRM nasceu a partir do Rolodex, uma ferramenta de armazenar cartões com dados sobre o potencial cliente. Com o passar dos anos, a estrutura evoluiu e acompanhou a digitalização dos processos de venda até chegar, enfim, ao que conhecemos como CRM. 

Enquanto isso, o ERP surgiu com o sistema de produção em papel chamado EOQ. Ao adequar a solução, completamente manual, ao uso de um computador, o ERP começou a tomar forma e se moldar ao que vemos atualmente. 

A princípio, podemos ver as diferenças basilares entre essas duas plataformas. Uma delas, o CRM, cresce através da necessidade de aproximar-se do cliente. A outra, então, surge como uma forma de mensurar gastos e organizar caixa. Mas não são apenas diferenças que compõem esses dois gigantes do mercado imobiliário. 

Na verdade, CRM e ERP têm muito em comum: seus principais objetivos. Dentre eles, podemos destacar: 

  • Otimizar processos internos
  • Integrar diferentes soluções
  • Criar um ecossistema de tecnologia
  • Gerar escalabilidade 
  • Aumentar a produtividade
  • Reduzir gastos
  • Modernizar o mercado

Está vendo? Existem mais objetivos compartilhados que diferenças fundamentais. E isso acontece porque tanto o ERP quanto o CRM chegam ao mercado imobiliário para mexer com o status quo das empresas e impulsioná-las a ir sempre além. 

Unindo o útil ao agradável: fazendo CRM e ERP trabalharem juntos na sua incorporadora

Justamente por serem tão diferentes CRM e ERP se complementam tanto!

Ao aliar as duas plataformas na sua gestão imobiliária, você e suas equipes têm acesso a um controle completo e macro dos processos internos. Assim, é possível visualizar integralmente a sua empresa em duas telinhas de computador. 

Quando integrados, CRM e ERP realizam o compartilhamento automático de informações e dados, otimizando a rotina de diferentes times dentro da organização. 

Costumamos dizer, dessa maneira, que as plataformas, quando unidas, atuam da seguinte forma: o ERP gerencia tudo que acontece da empresa para dentro, ou seja, todos os processos internos, e o CRM gerencia tudo o que acontece da empresa para fora, ou seja, os processos relacionados à venda e contato com o cliente.

CVCRM + Sienge: a integração que te faz crescer

Falar é bom, mas provar é melhor ainda. 

Por isso, apresentamos para você um dos grandes cases de sucesso do mercado imobiliário: a integração entre CVCRM e Sienge. 

O CVCRM, também conhecido como Construtor de Vendas, é o primeiro e único CRM 5.0 do mercado imobiliário. Com cinco soluções completas, o CVCRM contempla toda a jornada de compra do cliente, de sua prospecção até o pós-venda. Sendo assim, o Construtor de Vendas é uma plataforma que te permite estruturar todo o processo comercial e acompanhar seu lead do começo ao fim. 

Já o Sienge é um dos grandes ERPs do país. Especialista em Construção Civil, o Sienge é uma plataforma voltada exclusivamente para a área, com anos de know-how e aprimoramento. Hoje, conta com mais de 4.000 clientes e busca se manter relevante através da inovação e da digitalização. 

Juntos, CVCRM e Sienge criaram um verdadeiro ecossistema de tecnologia para as empresas do setor. São dezenas de funcionalidades únicas compartilhadas entre duas das maiores plataformas de tecnologia para o mercado imobiliário do país. 

As duas potências vêm para mostrar que modernização pode ser fácil, divertida e extremamente produtiva para sua empresa. 

Quer conhecer mais? Descubra a integração CVCRM + Sienge!

Conclusão

Chegamos ao fim de mais um artigo. Desta vez, pudemos redescobrir os termos CRM e ERP e analisar, afinal, de que forma os conceitos podem contribuir para nossa gestão e produtividade interna. Se separados eles já são um sucesso, imagine juntos! 

Agora é sua vez: dê uma chance para a integração CRM+ERP e dê à sua empresa as melhores armas para ir além. 

O CRM mais completo do mercado imobiliário se juntou ao ERP apaixonado por construção civil. Contando com as soluções de prospecção, venda, relacionamento, gerenciamento e integração, o CV te permite ter um panorama completo da sua incorporadora na tela do computador. 

Da prospecção de leads ao pós-venda, você garante otimização e agilidade na gestão comercial. Quer conhecer mais? Descubra o site do Construtor de Vendas.

Pra saber sobre o mercado imobiliário, gestão de vendas e outros assuntos atuais, continue acompanhando o blog Sienge ou confira o Blog do CV e nos siga no Instagram!

Compartilhe