Inovações na engenharia civil: benefícios do uso dados na operação

Paula Lunardelli

Paula Lunardelli

Paula Lunardelli é engenheira civil, especialista em gestão de negócios imobiliários e trabalha há 15 anos com planejamento e gestão de obras.
É CEO da Prevision, empresa especializada no desenvolvimento de tecnologias para gestão eficiente de obras. Tem o propósito claro de impactar o país através do desenvolvimento sustentável e dessa forma também dirige a Vertical Construtech da ACATE.

1 de abril 2021

Compartilhe

Estamos vivendo a era dos dados, onde as tomadas de decisão das empresas estão sendo cada vez mais amparadas por informações concretas. Quanto mais dados tivermos, maiores serão as possibilidades de avaliar o cenário e tomar decisões assertivas. E no setor da construção civil isso não é diferente: as inovações na engenharia civil proporcionam o uso de dados também nestes casos.

Com a chegada de novas ferramentas e recursos, ter dados sobre os processos, execução de tarefas, clientes e fornecedores tornou-se mais fácil e rápido. Existem diversas soluções que entregam essas informações em poucos segundos, sem a necessidade de buscar em diferentes fontes e compilar tudo em planilhas. 

Embora hoje em dia seja mais fácil, muitas empresas ainda não estão aproveitando os benefícios dessas inovações na engenharia civil. Então, se esse é o caso da sua empresa, continue lendo este artigo, pois vou mostrar quais são os maiores benefícios do uso de dados para o seu negócio e trazer dicas de como implementar na sua construtora. Confira!

5 benefícios do uso de dados para orientar a construção civil

1. Visão completa de projeto

Um dos maiores desafios que enfrentamos no setor no passado foi o de não conseguir ter uma visão real de como seria o projeto finalizado. Tínhamos apenas alguns recursos que proporcionavam uma visão limitada. 

O BIM (Building Information Modeling) é uma metodologia consolidada em outros países e que tem começado a ganhar força no Brasil. Com essa tecnologia, é possível compatibilizar os projetos e usar os dados obtidos para minimizar o retrabalho e diminuir os custos da obra. O BIM serve para diversas frentes do projeto, por esse motivo é uma tecnologia que proporciona uma visão completa.

2. Gestão otimizada do canteiro de obras

Promover a conexão entre o canteiro de obras e o escritório não é uma tarefa fácil. A começar pela distância física, que impede o relacionamento entre os profissionais e o acompanhamento diário do que está acontecendo. Esse distanciamento faz com que os profissionais tenham uma visão diferente sobre o trabalho exercido em cada setor.

Com o uso de dados é possível ter uma gestão otimizada do canteiro de obras

O uso de algumas inovações na engenharia civil, como a análise e inteligência de dados, permite mudar esse cenário otimizando a gestão no canteiro de obras. Os profissionais do escritório, que estão envolvidos no projeto, conseguem saber exatamente o que está acontecendo no canteiro de obras. Dessa forma, têm acesso a informações importantes que vão auxiliar na tomada de decisões.

3. Ajuda na redução de custos da obra

A gestão amparada por dados revela onde estão os gargalos da obra, em quais tarefas o tempo está sendo gasto de forma desnecessária e os materiais que estão sendo desperdiçados. Então, com base nessas informações, o gestor ou engenheiro responsável consegue aplicar medidas para conter esses custos.

Além disso, também é possível organizar os prazos, as demandas e as entregas para coincidirem com outras tarefas do cronograma. Assim, o gestor evita que a equipe fique parada no canteiro à espera de materiais, equipamentos ou pela finalização de alguma atividade.

4. Aumenta a eficiência dos processos

A baixa adesão ao uso de inovações na engenharia civil impede que os processos sejam totalmente controlados. Isso porque não é possível estar simultaneamente em todos os lugares acompanhando tudo que está sendo feito, como está sendo feito e os recursos que estão sendo usados. A partir da adoção de sistemas tecnológicos essa realidade pode mudar.

Adoção de sistemas tecnológicos aumenta a eficiência de processos

Um software de gestão, por exemplo, é capaz de capturar informações de diferentes frentes, desde o projeto até a execução no canteiro de obras. Assim, esses dados são levantados e os relatórios fazem apontamentos sobre as etapas da construção.

Dessa forma, o gestor consegue otimizar os processos, aumentando a produtividade e ganhando maior eficiência.

5. Insere a empresa no cenário da transformação digital

Você já deve ter ouvido falar que a construção civil está entre os setores menos tecnológicos da indústria, certo?

Por muitos anos essa afirmação foi uma grande verdade. Hoje em dia esse cenário está mudando. Pois as empresas já entenderam que precisam da tecnologia para melhorar seus processos, ter mais eficiência, ganhar competitividade e se destacar no mercado.

Por isso, muitas instituições estão utilizando diversas soluções tecnológicas em diferentes etapas da construção. Além dos benefícios que oferece, o uso de dados ajuda na construção da imagem de uma empresa mais tecnológica e inovadora e totalmente distante do conceito de arcaico e ultrapassado.

Inovações na engenharia civil: como ter mais processos orientados a dados

Ter processos orientados a dados é um ciclo de maturidade pelo qual a empresa precisa passar. Isso vai desde o conhecimento dos principais recursos, até o começo de sua aplicação. Além disso, é algo recorrente, que deve ser sempre aprimorado. Agora, vou mostrar quais passos seguir para começar a usar dados na sua empresa.

Defina os objetivos de uso dos dados

Um erro bastante comum que as empresas cometem quando começam a coletar dados é não ter um objetivo claro para o uso daquelas informações. Com isso, não sabem o que fazer com os dados obtidos e uma série de informações são descartadas ou subaproveitadas.

Dessa forma, começar a usar os dados sem estratégia também vai influenciar nas ferramentas contratadas. Então, sabendo o que você quer analisar, você terá mais clareza do tipo de solução que precisa. Por isso, antes de fazer qualquer contratação, defina pelo menos seus objetivos iniciais.

Planeje e organize as informações

Depois de definir os objetivos e escolher qual ferramenta utilizar, desenvolva um planejamento. Nessa etapa, você deve reunir as informações e validar as hipóteses levantadas.  Defina quais dados serão usados para medir seu objetivo e acompanhe durante todo o processo.

Comece analisando os dados que já tem

Mesmo que a sua empresa nunca tenha usado um sistema de gestão de obras, deve ter compilado alguns dados ao longo dos anos. Faça a análise dessas informações para identificar tendências ou demandas do negócio. Em seguida, comece a reunir os dados de outras fontes. Levante o máximo que puder. 

Inovações na engenharia civil: comece analisando os dados que você já possui

Tenha cuidado na hora de analisar essas informações. Lembre-se do objetivo inicial e avalie se as informações estão de acordo com ele. Pois os dados que não entregarem informações relevantes para o seu objetivo não devem ser descartados. Em outro momento eles podem ser úteis.

Tomada de decisão

Os dados coletados e analisados vão amparar a tomada de decisão da empresa. Então, se o gestor identificar que determinada tarefa está exigindo mais tempo do que o necessário, por exemplo, ele poderá adotar medidas para mudar esse cenário.

Assim, a análise de dados pode entregar informações importantes para todas as áreas da empresa. Nesse primeiro momento, tente priorizar as áreas mais críticas do projeto ou de uma forma geral. 

Meça os resultados

O objetivo de usar os dados para amparar a tomada de decisão é conseguir obter melhorias nos processos. Então, para isso, além de definir uma estratégia, é preciso mensurar os resultados dessas ações. Assim, novos dados serão coletados e comparados com as informações obtidas no passado. Com isso, o gestor consegue identificar se as melhorias ou se é preciso seguir um novo caminho.

Portanto, como falei no início, ser orientado a dados é uma mentalidade constante. A empresa precisa adotar essa cultura e se desenvolver continuamente, sempre avaliando os dados atuais e coletando mais dados para análises futuras. Seguindo esse modelo, sua empresa certamente terá resultados significativos e promoverá grandes mudanças.

Compartilhe