Como oferecer a melhor experiência na entrega das chaves

Fábio Garcez

Fábio Garcez

Fábio Garcez é Administrador e empresário apaixonado por vendas digitais focadas no Mercado Imobiliário. Ele é CEO do Grupo Alfama. Uma das empresas do Grupo, o Construtor de Vendas vem revolucionando o mercado imobiliário brasileiro através de uma plataforma que acompanha a jornada completa do cliente, tema em que Fábio se especializou nos últimos anos.

2 de outubro 2020

Nasceu de um sonho, você acreditou, acompanhou a construção do empreendimento e finalmente o tão esperado dia chegou: a entrega das chaves.

Já está pronto para a mudança? Espere um momento! Se já chegou até aqui, não custa nada prestar atenção em alguns detalhes essenciais antes de poder morar no seu novo imóvel. 

Segundo Vinícius Costa, presidente da Associação Brasileira dos Mutuários da Habitação (ABMH), você deve ter cuidado. Pois, em caso de financiamento, deve portar em mãos toda a documentação que possa comprovar o pagamento. Dessa forma, você evita o impedimento da entrega das chaves, caso haja alguma inadimplência de qualquer parcela intermediária. 

Além disso, a compra do imóvel não acaba no aperto de mão entre o comprador e a empresa que construiu. Pelo contrário, esse é o momento que se inicia uma série de tarefas para quem adquiriu o empreendimento. No entanto, se você conhece todos os processos que deverão ser executados e planejados, a realização dessas tarefas será mais fácil. 

Pensando em todo os processos da entrega das chaves, criamos este post para os gestores de incorporadoras e seus clientes. Aproveite o conteúdo e tenha uma boa leitura! 

Contrato de compra de imóvel 

Vários são os documentos legais pedidos durante o processo de aquisição de um empreendimento. O contrato de imóveis é um dos mais importantes, porque ele que oficializa o negócio entre a empresa e o cliente. 

Para fazer este contrato, o comprador precisa ter em mãos a cópia de alguns documentos para a incorporadora, como: 

  • RG;
  • CPF;
  • Certidão de nascimento ou de casamento;
  • Comprovante de residência;
  • Carteira de trabalho e extrato do FGTS (se for necessário para a compra).

Contrato de compra de imóvel exige atenção e documentos importantes

Se o comprador for autônomo ou microempresário, a comprovação de renda ocorre através da declaração de Imposto de Renda e de extratos bancários referente aos três últimos meses. Em alguns casos, outros documentos são necessários. 

Em até 90 dias após a assinatura, o proprietário recebe o contrato, logo depois de uma minuciosa análise de dados e documentação. Esse processo credibiliza o comprador, determinando sua compatibilidade de renda, inexistência de restrições jurídicas etc. Isso ocorre porque assinam o contrato: comprador, banco financiador e incorporadora. 

Quando o assunto são as despesas com certidões negativas, geralmente é o vendedor quem as quita. Mas há a possibilidade de as partes se ajustarem de outra forma, ainda que não exista uma legislação adequada para esse momento. 

Memorial descritivo e de incorporação 

Se chegamos até aqui é porque o comprador já conseguiu comprovar, através de uma série de documentos, a sua capacidade para adquirir o imóvel, além de poder arcar com os custos do financiamento. 

Neste momento, a incorporadora deve apresentar os documentos necessários para comprovar que o imóvel será entregue no dia acordado contratualmente. Assim, tanto a empresa quanto o comprador terão uma maior segurança financeira e jurídica. 

E é nesta etapa que entra o memorial de incorporação, que é o documento mais importante a ser entregue pela incorporadora. De forma explicativa, esse memorial é o conjunto da documentação prévia, devidamente registrada em cartório de imóveis da região em que o empreendimento está sendo construído. 

Com esse registro, todos os compradores do empreendimento do imóvel pode ficar seguros com relação à entrega da obra, pois assim até a prefeitura já tomou ciência dos detalhes da obra.

Além disso, é comum o comprador receber o memorial descritivo em mãos, pois ele traz mais detalhes sobre a construção, tal qual o conceito usado, a descrição das áreas, matérias utilizados, entre outros. Tudo está exposto neste memorial. 

Afinal, como o comprador deve proceder na entrega das chaves? 

Após o recebimento das chaves, o responsável pela aquisição do imóvel assina o Termo de Entrega das Chaves. Toda a transferência de obrigação do pagamento de impostos da incorporadora para o morador, além do início do pagamento das taxas do imóvel, são marcadas neste documento. 

É válido ressaltar que até, neste momento, a taxa do condomínio fica sob responsabilidade da incorporadora, que agora pode direcionar esses custos para os novos moradores do empreendimento.

Então, com as chaves, é entregue o Manual do Proprietário, documento elaborado pela incorporadora com toda as orientações de órgãos estaduais de contração civil. Este manual traz informações como:

  • Orientações sobre o uso;
  • Operação e manutenção do imóvel;
  • Termo de garantia. 

Após assinar o termo de entrega, ocorre a quitação do valor devido à incorporadora. Assim, a empresa recebe do banco o valor total do imóvel e o comprador passa a dever o financiamento ao banco conveniado à obra. Então, o novo proprietário assume que está tudo correto com o imóvel, em plenas condições de uso e aprovado na última vistoria. 

Mas você tem certeza sobre todos os procedimentos que devem ser tomados para estar apto a receber o novo imóvel?

Agora, vamos falar um pouco mais sobre quais medidas devem ser tomadas para verificar se o seu mais novo imóvel está nas condições adequadas após a entrega das chaves. Vamos lá! 

Vistoriando o imóvel novo: como proceder e o que analisar? 

Para os clientes que estão adquirindo um empreendimento na planta, algumas incorporadoras estão disponibilizando a possibilidade do comprador poder vistoriar o seu imóvel comprado. Geralmente, isso está garantido até mesmo no contrato, como uma das condições para a entrega das chaves. 

Com o intuito de garantir a qualidade do seu mais novo empreendimento e de evitar dores de cabeça no futuro, é recomendável que você faça esse procedimento e preste bastante atenção no imóvel. Esse é um ponto essencial, pois é o momento para solicitar alterações caso necessárias. 

Para te auxiliar na vistoria e consequentemente facilitar o procedimento, garantindo que o imóvel tenha sido observado da maneira mais completa, você pode utilizar aplicativos de notas ou até mesmo um bloquinho de papel para fazer sua lista de checagem. 

Tendo o apoio do memorial descritivo em mãos, você pode adicionar algumas checagens. Embora imóveis tenham características comuns entre si, existe a possibilidade de deixar espaço para anotações e fazer uma marcação em qualquer falha que você queira captar na inspeção. 

Por que é crucial fazer vistoria de apartamento? 

Para quem busca comprar um imóvel na planta, a vistoria é essencial para garantir que o empreendimento tem as condições combinadas pela incorporadora, seja com o especificado no contrato, no memorial descritivo ou nas peças publicitárias. 

A vistoria do imóvel é um importante instrumento de defesa para quem está comprando e até mesmo vendendo o seu imóvel. Segurança jurídica para as partes envolvidas e a diminuição das chances de alguns defeitos aparentes são alguns dos benefícios da vistoria. 

Você já sabe o que deve avaliar no momento que recebe o imóvel? Não? Separamos uma lista com alguns pontos que valem a pena executar uma boa vistoria. São eles: 

  • Esquadrias, portas e janelas;
  • Piso e contrapiso;
  • Elétrica e gás;
  • Hidráulica;
  • Paredes e teto;
  • Áreas externas; 
  • Documentação do imóvel.

Entrega das chaves: é essencial realizar vistorias no imóvel

Entrega das chaves: boas práticas para as incorporadoras

Se você, gestor de incorporadora, busca um bom relacionamento entre a empresa e o cliente, então o momento da entrega das chaves é crucial. Nesta fase, o comprador espera com muita ansiedade, pois adquirir um imóvel é o sonho de muitas pessoas, seja a aquisição de uma casa, apartamento ou até mesmo sala comercial. 

Assim, a construção de um relacionamento a longo prazo com o comprador é uma consequência das boas experiências oferecidas pela incorporadora. Aliás, quando se fala em boas experiências ofertadas, é um ponto muito importante para firmar a confiança entre consumidor e empresa, ou seja, as chances de um novo negócio ou até mesmo indicação, são maiores. 

Visando auxiliar sua incorporadora nesta etapa fundamental, separamos algumas práticas eficientes que te ajudarão a satisfazer o seu cliente na hora da entrega das chaves. Confira nos tópicos a seguir: 

Na hora da vistoria

Embora já obrigatório, esse procedimento tem capacidade de adotar as melhores práticas para que assim o cliente se sinta seguro e a incorporadora também. É muito importante executar uma vistoria antes mesmo da entrega do imóvel na companhia de um técnico, pois é o profissional capacitado para garantir a conformidade do imóvel. 

Outra sugestão é medir os cômodos do imóvel. Assim como a disposição dos cômodos, a posição dos móveis, a iluminação e até a decoração. Porque esses aspectos podem influenciar na opinião do cliente sobre a dimensão dos espaços e isso pode acarretar em dúvidas e, consequentemente, abertura de chamados. 

Portanto, a primeira das boas práticas é fazer a medição de todos os locais e mostrar a metragem para cada cliente. Dessa forma, evita dores de cabeça com reclamações futuras. 

As não-conformidades encontradas

Neste momento, o mais adequado a se esperar é não encontrar não-conformidades, pelos motivos subentendidos de que o imóvel já foi inspecionado durante o processo produtivo. 

Porém, há casos em que mesmo com todo esse preparo ocorrem algumas não-conformidades. Caso isso aconteça, é fundamental negociar com o cliente a melhor forma de reparar o erro para que não haja maiores transtornos para o futuro morador. Atitudes como essa demonstram ao cliente o cuidado por parte da incorporadora.

Além de demonstrar que a sua empresa tem um compromisso com a qualidade, possibilita a fidelização do cliente. Portanto, executar as boas práticas traz benefícios para os seus clientes e vantagens para a sua incorporadora. 

Mostrar materiais ilustrativos para comparação com o resultado 

Já falamos sobre isso na visão do cliente, mas agora queremos nos aprofundar mais e discutir acerca da visão da incorporadora sobre os materiais ilustrativos oferecidos.

Depois da compra de um empreendimento, as pessoas buscam por referências, ou seja, materiais ilustrativos que possam ajudá-la a imaginar e planejar o seu tão sonhado imóvel. 

O imóvel precisa ser semelhante ao prometido no material ilustrativo no ato da venda

Mas, antes de tudo, lembre-se que você precisa ser muito sincero no momento de exibir o material ao cliente, pois os ambientes precisam estar em sintonia com o que foi prometido. Portanto, a última dica é: seja sincero e forneça um material ilustrativo de confiança e qualidade. 

Conclusão 

Ao fim deste post, podemos entender as duas frentes em relação à entrega das chaves: a visão do cliente e o da incorporadora. Se você é uma pessoa que possui o sonho do imóvel próprio, atente-se bem a todas as dicas, pois elas te direcionarão para a melhor maneira de adquirir um empreendimento sem dores de cabeça futuras. 

Para as incorporadoras, mostramos o melhor caminho possível para estabelecer o bom relacionamento com seus clientes e adicionar valor à marca. As boas práticas são essenciais quando se trata do momento de entrega das chaves.

Os sonhos dos seus clientes estão ali e ele escolheu a sua incorporadora para realizá-los. Então, procure trabalhar com sinceridade e transparência. Dessa forma, você evita problemas e perdas, além de poder fidelizar seus clientes e outras várias vantagens.

Você sabia que a entrega das chaves é uma etapa do pós-venda? Não sabe o que é pós-venda e a jornada do cliente? Então preparamos um post recheado de informações para você que quer potencializar as vendas da sua incorporadora, diminuindo o investimento de captação de novos clientes. Clica aqui e saiba mais! 

Falando em jornada do cliente, já conhece o Construtor de Vendas? O único CRM imobiliário com a jornada do cliente mais completa do mercado? Acesse o site e confira algumas das vantagens que o CV pode oferecer para a sua incorporadora sair na frente. 

Gostou do conteúdo e quer conhecer um pouco mais sobre o mercado imobiliário? Continue aqui no blog do Sienge ou acesso o blog do CV. Essa é a sua chance de ficar por dentro de tudo o que se passa no mercado imobiliário!