banner sienge

Quais as diferenças entre a ISO 9001 e o PBQP-h?

Blog > normas
5 de maio de 2017

iso 9001, pbqp-h

O que significa qualidade? O uso de materiais de primeira linha na Construção Civil? Um bom atendimento ao cliente? O cuidado na execução do projeto? Um canteiro de obras organizado?

Entre o céu e a terra, existem infinitas possibilidades para que a sua construtora ou incorporadora coloque em prática a tão almejada qualidade. Justamente para distinguir e padronizar esse conceito, iniciativas como a ISO 9001 e o PBQP-h existem, tanto fora quanto dentro do território brasileiro.

Desde 1946, a ISO (International Organization for Standardization) padroniza e promove a qualidade no mundo inteiro. São mais de 11 países adeptos da organização e que seguem as regras estipuladas por ela. Mas se você está questionando a legitimidade de adotar as normas de um órgão que nasceu em Genebra, na Suíça — cultural e estruturalmente tão diferente do Brasil —, saiba que a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) representa as questões nacionais na organização internacional.

A família de normas da ISO tem uma série denominada 9000, de onde parte o padrão da ISO 9001, voltada aos sistemas de gestão da qualidade. Dentro desses sistemas, que também abrangem uma infinidade de ações, as da Construção Civil merecem ser diretamente contempladas. Foi desse pensamento que surgiu o PBQP-h (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat).

Mas para que serve cada um desses programas? Quais semelhanças e diferenças apresentam? São vantajosos para as construtoras e incorporadoras? Como administrar mais dois compromissos tão importantes quanto estes? Continue a leitura e saiba mais sobre essas questões.

Para que serve a ISO 9001

O objetivo principal da ISO 9001 é manter a melhoria constante das práticas para suprir as necessidades do cliente. Sim, ela serve para alcançar o nível máximo de satisfação na ponta da cadeia de consumo. O que significa ajustar o início de todos os processos de produção. A implantação de um sistema de gestão de qualidade leva a isso.

A ISO 9001 tem também alguns objetivos específicos, além da satisfação do cliente:

  • Usar a abordagem de processos para alcançar a visão global da organização;·  
  • Melhorar continuamente os processos internos e externos;
  • Verificar e analisar se os processos estão sendo eficazes;
  • Estar atento à satisfação do consumidor, monitorando relações.

Observando todos esses pontos é possível perceber que a ISO 9001 fomenta o estabelecimento de um relacionamento com o cliente, pautado na qualidade de todos os processos. Mas não é preciso ter o certificado na mão para a começar a mudar de atitude. Seguir as normas de qualidade só traz benefícios.

Para que serve o PBQP-h

O Brasil assinou em 1996 a Carta de Istambul, durante a Conferência do Habitat. Desde então criou a PBQP-h como instrumento para cumprir com a sua palavra: organizar o setor da Construção Civil cultivando boas práticas em dois aspectos principais.

  1. A qualidade do habitat;
  2. A modernização produtiva.

É por meio deste programa que o Governo Federal qualifica construtoras, incorporadoras, mão de obra, fornecedores e outros envolvidos nos processos da Construção Civil no Brasil. Além da qualidade, as construtoras e incorporadoras devem aderir ao PBQP-h.

Por que? Sem o programa, a liberação de crédito das maiores instituições brasileiras fica praticamente impossível. Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil não liberam financiamentos para a empresa da Construção Civil não apresentar o PBQP-h.

Os requisitos normativos da ISO 9001 estão contemplados no PBQP-h. O certificado internacional é a base para o nacional. Por isso, quem tem o selo no Brasil, está com meio caminho andado para solicitar a certificação da organização localizada no exterior.

Quais são as semelhanças entre essas certificações

Se ter o PBQP-h facilita a certificação ISO 9001, você deve ter percebido que as semelhanças não são meras coincidências.

A inspiração no modelo internacional demarca algumas similaridades entre as certificações, que se estendem do método de atuação ao de gestão dos sistemas de qualidade. Veja a seguir algumas semelhanças entre a ISO 9001 e o PBQP-h:

  • Fomentam a cultura da qualidade;·  
  • Têm como método a normatividade;
  • Padronizam, principalmente, os processos por meio de SGPs (Sistema de Gestão de Projeto);
  • Visam a satisfação do consumidor final;
  • Estabelecem melhorias com redução de cursos;
  • Fomentam o desenvolvimento sustentável;
  • A ISO 9001 está contemplada no PBQP-h, pois é a base dele;
  • Estipulam o que deve ser monitorado;
  • A sua empresa escolhe como executar o padrão de qualidade.

Esses sistemas tão fundamentalmente semelhantes apresentam também algumas particularidades. Ter a certificação de um não anula a necessidade de buscar a qualidade através do outro. Veja o porquê a seguir!

O que diferencia a ISO 9001 e o PBQP-h?

A busca pela qualidade une a ISO 9001 e o PBQP-h. Mas as normas apresentam diferenças substanciais em quatro categorias principais.

Primeiramente o órgão responsável pela emissão dos certificados é totalmente diferente para cada uma delas. Isso porque, na própria essência, a ISO 9001 é uma norma internacional, enquanto o PBQP-h é um programa do Governo Federal. Entenda essas diferenças na tabela a seguir.

tabela

tabela

Assim como em categorias fundamentais, ISO 9001 e PBQP-h têm vantagens específicas, porém, baseadas em uma prática que reestrutura a qualidade dentro da empresa. Você pode, por exemplo, ter uma equipe voltada somente a manter o padrão de qualidade na sua construtora ou incorporadora, cuidando dos procedimentos de gestão de estoque de materiais, de uso dos EPI (Equipamentos de Proteção Individual), do reaproveitamento de matérias-primas, do uso consciente de recursos como energia elétrica e água. Afinal, são as boas práticas de gestão que trarão resultados positivos para a empresa da Construção Civil.

Cada certificação tem suas vantagens

As vantagens de cada uma das certificações estão atreladas a um direcionamento: entender o que é qualidade na Construção Civil. Não é de hoje que muitos canteiros de obras improvisam soluções mirabolantes para processos que seriam resolvidos com procedimentos adequados, regidos por um já estabelecido padrão de qualidade.

Exemplo disso é que, para emboçar apropriadamente a fachada de um prédio de dez andares será necessário usar elevadores adequados e sistemas de rapel, com travamento e toda a segurança necessários. Tudo muito diferente de trampolins de madeira e outros absurdos que, volta e meia, circulam em imagens virais pela internet.

Tanto a ISO 9001 quanto o PBQP-h trazem duas vantagens instantâneas: diferencial competitivo e reconhecimento de qualidade. Mas cada um tem benefícios específicos.

Vantagens ISO 9001

  • Melhor desempenho;
  • Planejamento e controle de rotinas, eliminando retrabalho;
  • Redução de custos;
  • Melhora na comunicação;
  • Mais oportunidades de mercado, com abrangência a empresas de alto padrão e grande porte;
  • Benefícios à imagem da empresa
  • Redução de riscos e atração de mais investidores.

CONTEÚDO ESCOLHIDO A DEDO PARA VOCÊ:

       » Ebook Controle de Qualidade e a Sustentabilidade na Construção Civil

Vantagens do PBQP-H

Pode parecer, a princípio, que você não está preparado para tantas vantagens. Se o sentimento é de que faltam braços para fazer a gestão e a operação dessas certificações na sua empresa de Construção Civil não perca o foco e conte com a tecnologia para facilitar o caminho rumo à qualidade.

Você sabia que um software de gestão auxilia na certificação e manutenção das certificações?

Um software de gestão da Construção Civil, integrado aos demais sistemas da sua empresa pode representar, inclusive, um quesito no cumprimento das normas e no estabelecimento do Sistema de Gestão da Qualidade da sua empresa. O Sienge, por exemplo, tem um módulo de gestão de qualidade, que possibilita a implementação e controle do Programa de Qualidade. Com esse módulo, a sua construtora ou incorporadora pode:

  • Aprovar procedimentos;
  • Criar e armazenar registros de qualidade;
  • Tabular indicadores referentes à qualidade;
  • Criar, divulgar e acompanhar auditorias internas;
  • Cadastrar acompanhamento de inconformidades;
  • Implantar e controlar a qualidade;
  • Definir índices efetivos de qualidade para cada serviço.

Ambas as certificações, ISO 9001 e PBQP-h, trazem ganhos de qualidade para as empresas da Construção Civil. A busca por seguir essas normas e alcançá-las agrega valor aos empreendimentos e projetos. E tudo isso pode ficar mais simples com o software da Construção Civil!

Edson Poyer Sant'Ana

  • Coordenador de Marketing Digital - Unic
  • Especialista em Administração e Negócios pela UNISOCIESC
  • Publicitário formado pela UNISUL
  • Focado na indústria da construção desde 2012
 

Deixe um Comentário

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa