Entenda o conceito de Connected Jobsites ou “Canteiro de Obra Conectado”

Gustavo Prata

Gustavo Prata

Engenheiro Civil com mais de 12 anos de experiência em gerenciamento de obras, planejamentos, controle de cronograma físico-financeiro, orçamentos e organização de obras. Atualmente, é Product Manager no Sienge.

21 de janeiro 2021

Compartilhe

Imagine reduzir erros e problemas de comunicação e ter todo o canteiro de obras conectado de forma digital. Pois saiba que isso já existe e está ligado ao conceito Connected Jobsites ou “canteiro de obras conectado”, na tradução para o português.

Na construção civil, é cada vez mais importante garantir que as pessoas certas acessem as informações necessárias em tempo real. Por isso que o termo connected jobsites é tão importante e atual. 

Pensando nisso, preparamos este post para explicar o que é um canteiro conectado, qual a sua importância e as aplicações. 

O que significa os connected jobsites

Simplificando: connected jobsites conectam, de forma digital, recursos (pessoas, informações, ferramentas, materiais, máquinas, equipamentos etc.) em toda a cadeia do projeto, independentemente de onde eles estejam localizados. 

Dessa forma, locais de trabalho conectados contam com um central de controle, idealmente baseado em nuvem, que permite um único fluxo de informações em tempo real. Além de permitir acesso via dispositivos móveis.

Assim, um local de trabalho conectado deve ser capaz de coletar, computar e retransmitir informações para uma central que seja acessível por todos os envolvidos na obra. Na maioria das vezes, um connected jobsite envolve diferentes partes interessadas, conectando arquitetos, construtoras, empreiteiras, operários etc. 

Além disso, permite que as mais diversas funções no canteiro acessem as informações e percepções imediatamente.

Connected jobsites: como funciona na prática 

Para muitos especialistas, o canteiro de obras conectado é uma realidade que veio para ficar. Afinal, são várias as vantagens. Para entender melhor o termo e como ele funciona na prática, listamos a seguir algumas aplicações possíveis.

Monitoramento de funcionários

Saber onde um operário está no local de trabalho é crucial, não apenas do ponto de vista da segurança, mas também da produtividade. A visibilidade do trabalhador em tempo real significa menos tempo gasto rastreando informações e melhora a gestão de pessoas.

Connected jobsites ajuda no monitoramento de funcionários no canteiro de obra

E se você sabe onde estão seus recursos – e os trabalhadores são os recursos mais valiosos de um projeto -, os projetos podem ser gerenciados com muito mais eficiência.

Connected jobsites: mais produtividade

O item anterior nos leva a um aspecto muito importante na construção e visado por todas as empresas: ganho de produtividade. A tecnologia também ajuda a avaliar a eficiência de cada etapa, criando uma espécie de “desempenho conectado”.

Isso significa, por exemplo, medir a quantidade de material que um equipamento transporta e, assim, ter informações mais precisas. Dessa forma, as construtoras podem estimar o custo dos trabalhos com muito mais eficiência.

Essa forma de medir o desempenho das máquinas também permite práticas de trabalho mais inteligentes e seguras. Os operadores da máquina poderão ver os obstáculos subterrâneos ao vivo em uma tela enquanto trabalham. A máquina também, após programação, evitar automaticamente qualquer perigo. 

Assim, elimina danos dispendiosos e acelera o processo de construção em qualquer local, pois os operadores saberão exatamente onde estão os perigos. Isso evitará danos ao equipamento e à infraestrutura.

Documentação digital

Em um canteiro de obras conectado, as informações circulam em tempo real por meio da nuvem, o que facilita a integração de dados e elimina viagens entre vários andares ou canteiros para obter assinaturas, licenças, relatórios e muito mais.

Isso também vale para as alterações nos projetos, que podem ser comunicadas mais rapidamente e em tempo real para todos os envolvidos na obra. 

Comunicação aprimorada 

Se, por exemplo, eletricistas encontram um problema que atrasa o lançamento do concreto, é essencial que os gerentes de projeto saibam o mais rápido possível para ajustar a programação e outros prazos. Sem essa informação, o misturador de concreto pode chegar ao local antes de ser necessário, custando tempo e dinheiro à empresa.

Aplicativos integrados em tempo real em locais de trabalho tornam mais simples para o pessoal arquivar e analisar planilhas de horas, registros de atividades, relatórios de lesões, programações, projetos e muito mais. 

Quando as informações mais recentes estão disponíveis para mais pessoas e a colaboração e a comunicação são ativadas, é possível terminar os trabalhos com segurança e no prazo.

Equipamentos

Com os connected jobsites, é possível rastrear o que está acontecendo em cada local e também o equipamento que está sendo usado ali. Esta conexão do local de trabalho deixa a construtora ciente das estatísticas atuais da máquina e dos componentes, que eles poderão ver diretamente de seu smartphone ou de outra tela de computador. 

As informações coletadas incluirão dados como localização, integridade e desempenho da máquina, níveis de combustível e desempenho do operador.

Este sistema de gerenciamento também será capaz de notificar os fornecedores de equipamentos sobre quaisquer problemas. Não será mais necessário que um técnico venha com antecedência para avaliar o equipamento, pois ele pode diagnosticar o equipamento remotamente. 

Isso economiza tempo e garante que todas as máquinas estejam em ordem, já que os técnicos estão constantemente monitorando e garantindo que sejam mantidas dentro do prazo.

Por causa dos connected jobsites, as construtoras podem ter as estatísticas de desempenho das máquinas e equipamentps.

Esta é uma boa notícia para as construtoras por alguns motivos:

  • são necessários menos mecânicos no local, pois todos os diagnósticos do equipamento ocorrem remotamente;
  • o aluguel de equipamentos, em vez de possuí-los, torna-se uma opção mais econômica, pois fornece certeza de custos e a manutenção total pode ser garantida.

Por causa dos connected jobsites, as construtoras podem ter as estatísticas de desempenho da máquina e do operador disponíveis ao pressionar um botão, o que significa economizar tempo e dinheiro significativos em relação ao gerenciamento de equipamentos, logística e mão de obra. 

Mais controle

Outro aspecto dessa evolução em tecnologia é permitir que as construtoras entendam exatamente em que tipo de serviço são melhores. Assim que perceberem no que são bons, a empresa pode terceirizar e trazer especialistas para as funções em que são menos eficientes. 

O “controle conectado” também envolve o uso de equipamentos sem operador sempre que possível. Por exemplo: para concluir tarefas redundantes e repetitivas, como preparação do local. Os fabricantes de equipamentos de construção estão projetando e construindo máquinas que maximizam a produtividade porque não precisam incluir aspectos de segurança ou conforto do operador.

O “controle conectado” também envolve o uso de equipamentos sem operador sempre que possível.

No entanto, alguns trabalhos continuarão a demandar um operador, que também se beneficiará do controle conectado. Afinal, nos connected jobsites todos saem ganhando.

Conclusão: por um futuro com mais canteiros conectados

Podemos dizer que o futuro da construção civil passa pelo uso de mais tecnologias, inclusive o surgimento das construtechs vem para provar isso. Os avanços tecnológicos transformarão os canteiros de obras e a maneira como as pessoas fazem negócios.

Por exemplo: as construtoras podem estimar custos de obras com muito mais precisão, aumentando a eficiência de custos. 

Por causa da tecnologia disponível, a especialização na indústria da construção também aumentará. Dessa forma, as empresas podem melhorar sua eficiência em certas áreas, ao mesmo tempo em que terceirizam trabalhos em que sabem que não são tão bons.

Em resumo, o canteiro de obras conectado significa que as empresas podem juntar os pontos para garantir o máximo de sucesso em qualquer projeto. Se as empresas souberem mais, podem fazer mais e, consequentemente, melhor.

E não tem como falar de tecnologia na construção sem lembrar do Sienge Plataforma, que vem ajudando a transformação a construção.

Veja agora 6 motivos para utilizar as conexões do Sienge Plataforma e acelerar a transformação digital na sua empresa! Até a próxima!

Compartilhe