capa Ebook-Indústria da Construção 2020 cenário pós-COVID

Esse material é útil para

  • Medidas governamentais
  • Práticas comprovadas de gestão de caixa
  • Mudanças nas obrigações fiscais
  • Como estar pronto para a retomada da economia

Sobre o Material:

Indicado para:

  • Gestores de empresas do ramo de construção civil;
  • Empreendedores.

É útil porque: compila as principais medidas tomadas pelo o governo que podem ser aproveitadas pela Indústria da Construção além das melhores práticas de gestão para lidar com a crise.

O assunto:

Um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas foi o COVID-19 e os impactos que esta pandemia trará para a economia mundial e seus desdobramentos no Brasil.

Para a Indústria da Construção, a preocupação é ainda maior, pois nossa área passou por um longo período de desaceleração e sinalizava fôlego renovado no primeiro trimestre. Este otimismo, infelizmente, ficou no retrovisor.

Porém, se pandemia, COVID-19 e coronavírus dominaram as pautas nas últimas semanas, a partir de agora é hora de adaptar-se a um novo cenário, com algumas ameaças sim, porém com várias oportunidades.

Diversos especialistas dedicaram-se a compartilhar conteúdos nas últimas semanas, orientando construtoras e incorporadoras a agir a fim de remediar o desequilíbrio no fluxo de caixa e quebra na rotina de operações. 

Mas também foram apresentados inúmeros materiais apontando ações que fortalecerão as estrutura das empresas da Indústria da Construção, preparando-as para os próximos meses.

E não foi apenas a iniciativa privada que se movimentou.

Importantes órgãos e empresas públicas instituíram canais de comunicação com empresários e entidades de classe. Eles construíram a várias mãos estratégias para mitigar os impactos da pandemia e manter o mínimo nível de investimento possível neste novo cenário.

Assim, para que você possa se preparar para as próximas semanas, pautando suas decisões em informações confiáveis e relevantes, neste ebook traremos orientações apontadas por especialistas de diversas áreas, além das últimas medidas anunciadas por entidades públicas.

O conteúdo está dividido em três blocos principais:

Na primeira parte, apresentaremos as principais informações relacionadas à Despesas Financeiras e Obrigações Fiscais e Legais que construtoras e incorporadoras devem estar atentas.

Na segunda parte, traremos os pontos mais relevantes apresentados pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que poderão auxiliar na manutenção do capital de giro de sua empresa. 

Finalmente, na terceira parte, traremos algumas insights compartilhados por especialistas, de boas práticas garantir o equilíbrio de contratos de obras públicas e privadas e sobre possíveis mudanças no comportamento do mercado imobiliário.

Não pretendemos criar um guia definitivo de todas as ações que o governo e iniciativa privada adotaram. Estas ações estão sendo apresentadas diariamente, e serão ajustadas, de acordo com a duração da pandemia.

Porém, as informações aqui reunidas são um importante guia para observar quais aspectos financeiros e econômicos podem auxiliá-lo a preparar um bom plano de ação para sua construtora ou incorporadora.

Esperamos que este material o auxilie a traçar alternativas para amenizar os impactos das últimas semanas e manter a operação de sua empresa em um cenário positivo.

Basta preencher o formulário ao lado para fazer o download.

Produzido por:

sienge conteúdo

O Sienge é uma plataforma de gestão especializada no setor da construção com mais de 3000 clientes em todo o Brasil.

O sistema é desenvolvido pela Softplan, uma empresa de tecnologia de Florianópolis que atua no mercado há mais de 29 anos.

A plataforma é composta por vários módulos interligados, assim é possível optar por quais e quantos contratar. Cada um deles é focado em resolver os problemas e facilitar o cotidiano de empresas que trabalham com construção.

Giseli Barbosa Anversa

Giseli Barbosa Anversa

Engenheira Civil, é Product Manager do Sienge, atuando no desenvolvimento de ações para impulsionar o desempenho de empresas da Indústria da Construção. Possui mais de 12 anos de atuação na área de Engenharia de Custos de projetos de Construção Pesada e Mercado Imobiliário.

Sobre o Material:

Indicado para:

  • Gestores de empresas do ramo de construção civil;
  • Empreendedores.

É útil porque: compila as principais medidas tomadas pelo o governo que podem ser aproveitadas pela Indústria da Construção além das melhores práticas de gestão para lidar com a crise.

O assunto:

Um dos assuntos mais comentados nas últimas semanas foi o COVID-19 e os impactos que esta pandemia trará para a economia mundial e seus desdobramentos no Brasil.

Para a Indústria da Construção, a preocupação é ainda maior, pois nossa área passou por um longo período de desaceleração e sinalizava fôlego renovado no primeiro trimestre. Este otimismo, infelizmente, ficou no retrovisor.

Porém, se pandemia, COVID-19 e coronavírus dominaram as pautas nas últimas semanas, a partir de agora é hora de adaptar-se a um novo cenário, com algumas ameaças sim, porém com várias oportunidades.

Diversos especialistas dedicaram-se a compartilhar conteúdos nas últimas semanas, orientando construtoras e incorporadoras a agir a fim de remediar o desequilíbrio no fluxo de caixa e quebra na rotina de operações. 

Mas também foram apresentados inúmeros materiais apontando ações que fortalecerão as estrutura das empresas da Indústria da Construção, preparando-as para os próximos meses.

E não foi apenas a iniciativa privada que se movimentou.

Importantes órgãos e empresas públicas instituíram canais de comunicação com empresários e entidades de classe. Eles construíram a várias mãos estratégias para mitigar os impactos da pandemia e manter o mínimo nível de investimento possível neste novo cenário.

Assim, para que você possa se preparar para as próximas semanas, pautando suas decisões em informações confiáveis e relevantes, neste ebook traremos orientações apontadas por especialistas de diversas áreas, além das últimas medidas anunciadas por entidades públicas.

O conteúdo está dividido em três blocos principais:

Na primeira parte, apresentaremos as principais informações relacionadas à Despesas Financeiras e Obrigações Fiscais e Legais que construtoras e incorporadoras devem estar atentas.

Na segunda parte, traremos os pontos mais relevantes apresentados pela Caixa Econômica Federal (CEF) e pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que poderão auxiliar na manutenção do capital de giro de sua empresa. 

Finalmente, na terceira parte, traremos algumas insights compartilhados por especialistas, de boas práticas garantir o equilíbrio de contratos de obras públicas e privadas e sobre possíveis mudanças no comportamento do mercado imobiliário.

Não pretendemos criar um guia definitivo de todas as ações que o governo e iniciativa privada adotaram. Estas ações estão sendo apresentadas diariamente, e serão ajustadas, de acordo com a duração da pandemia.

Porém, as informações aqui reunidas são um importante guia para observar quais aspectos financeiros e econômicos podem auxiliá-lo a preparar um bom plano de ação para sua construtora ou incorporadora.

Esperamos que este material o auxilie a traçar alternativas para amenizar os impactos das últimas semanas e manter a operação de sua empresa em um cenário positivo.

Basta preencher o formulário ao lado para fazer o download.

Produzido por:

sienge conteúdo

O Sienge é uma plataforma de gestão especializada no setor da construção com mais de 3000 clientes em todo o Brasil.

O sistema é desenvolvido pela Softplan, uma empresa de tecnologia de Florianópolis que atua no mercado há mais de 29 anos.

A plataforma é composta por vários módulos interligados, assim é possível optar por quais e quantos contratar. Cada um deles é focado em resolver os problemas e facilitar o cotidiano de empresas que trabalham com construção.

Giseli Barbosa Anversa

Giseli Barbosa Anversa

Engenheira Civil, é Product Manager do Sienge, atuando no desenvolvimento de ações para impulsionar o desempenho de empresas da Indústria da Construção. Possui mais de 12 anos de atuação na área de Engenharia de Custos de projetos de Construção Pesada e Mercado Imobiliário.