Posts Tagged / Software Construção civil

Levando conhecimento para a Indústria da Construção




gestão de qualidade na construção civil
Como atua a Gestão de Qualidade na Construção Civil
Postado dia 5 de agosto de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão, Indústria da Construção, Sienge, Software

A tomada de decisão pode ser fortemente sustentada pela Gestão de Qualidade na construção civil. Saiba como utilizar as informações a favor da sua empresa:

Carla trabalha em uma construtora e é responsável pela área de Gestão de Qualidade. Toda segunda-feira pela manhã ela reserva alguns minutos da sua rotina para extrair informações estratégicas que serão utilizadas na reunião gerencial, que acontece sempre na parte da tarde do mesmo dia. Hoje esse processo é bem simples e tranquilo, mas nem sempre foi assim.

No passado Carla só conseguia entregar os relatórios a cada quinze dias, e para isso passava quase uma semana fazendo contato com cada área e envolvidos no processo para coletar as informações. Para piorar, as informações chegavam com erros. Até a hora da reunião, Carla tinha informações defasadas, que se tornavam inúteis!

Cansada dessa maratona e das divergências dos dados, Carla pesquisou as melhores opções de software para automatizar esse processo. Feita a análise aprofundada das alternativas, faltava convencer Marcos, o proprietário da construtora e Leonardo, o engenheiro responsável pelas obras. Convencê-los foi o mais fácil, afinal, eles já tinham percebido que essa era uma necessidade da empresa.

Hoje Carla extrai as informações de forma simples e rápida. Entre os dados estão:

  • Percentual de entrega dos serviços de empreiteiros e terceirizados em geral
  • Produtividade diária
  • Consumo de materiais x serviços executados
  • Compras previstas x realizadas
  • Fluxo de desembolso
  • Apontamento de horas dos fornecedores
  • Relatório de medição
  • Locação x utilização de máquinas e equipamentos
banner sobre o quiz insumos da construção civil

É muito comum encontrar empresas com dificuldades em extrair as informações em tempo real sobre o desempenho das obras.
Na sua empresa estas informações são acessíveis a qualquer momento e com exatidão?

Os benefícios de ter estas informações você já sabe, hoje a Carla e seus superiores também sabem. Atualmente ela percebe que esse trabalho suporta as decisões que são tomadas para o futuro da empresa! Confira os principais benefícios:

  • Ter informações precisas e em tempo real para tomada de decisões gerenciais
  • Ganhar tempo (muito tempo) no levantamento das informações
  • Menor margem de erro, porque quando anotadas nos formulários, uma letra ilegível pode ser interpretada de forma errada
  • Facilitar a localização das informações que estão organizadas na web, e não em uma pilha de papéis
  • Fazer a conexão do escritório com o canteiro de obras
  • Corrigir erros imediatamente quando são verificados desvios
  • Evitar desperdícios
  • Minimizar atrasos de cronograma
  • Associar as compras por contrato e/ou por obra
  • Reduzir do índice de compras emergenciais
  • Ter maior controle sob os desperdícios
  • Possuir um fluxo de desembolso mais próximo da realidade
  • Controlar de forma rápida e segura o apontamento de horas e fornecedores
banner do quadro de indicadores

Para que sua construtura possa também usufruir destes benefícios que a Carla da Gestão de Qualidade na construção civil implementou na construtora em que ela trabalha, existem soluções especializadas em gestão de obras. Estas soluções permitem acesso de qualquer lugar, a qualquer hora e com investimentos bem acessíveis.

Se você tem interesse em saber mais sobre Gestão de Qualidade na construção civil, entre em contato com o Sienge.

banner sobre a palestra construção sem orçamento

processo de compras sienge
Processo de Compras – 6 passos para potencializar seu lucro!
Postado dia 11 de maio de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Incorporação, Indústria da Construção, Software

Opa, compra de insumos? Por que este é um tema recorrente quando pensamos na indústria da construção civil? Você, que é dono ou atua como engenheiro ou responsável técnico na sua construtora, sabe que em uma obra de médio porte, os materiais representam valores significativos do total do projeto. O custo com insumos pode chegar até 50% do valor da obra. Desta maneira, um processo de compras bem organizado e eficiente, tem um impacto significativo no lucro da sua construtora. Veja a seguir quais são os 6 passos para implementar um processo de compras campeão em sua construtora, que, aliado às atividades de produção e vendas, potencializará seu lucro!

#1 Tenha um gestor de suprimentos ou comprador – e adicione qualificação ao processo de compras e relacionamento com fornecedores

É essencial criar na sua construtora a função do comprador. Ponto. Independente do tamanho da sua construtora, concentre o processo de compras em uma pessoa que terá exclusivamente esta função. Se o porte da sua construtura demandar, crie uma equipe com um gestor de suprimentos. Isso vai evitar que as compras sejam feitas pelo diretor técnico ou pelo engenheiro de obra, que deveriam priorizar suas atividades para gerir os prazos, gerenciar mão-de-obra e entrega de materiais e garantir a execução da obra com qualidade. Um comprador ou gestor de suprimentos deve ter as seguintes atribuições na sua construtora:

  • Centralizar o cadastro de fornecedores e torná-lo acessível aos demais departamentos

  • Criar uma classificação de materiais e insumos, por ordem de importância econômica e/ou frequência de uso

  • Criar um processo de cotação e compras e torná-lo acessível a todos os departamentos

  • Homologar novos fornecedores

  • Negociar contratos de compras para itens de consumo elevado

  • Fazer a negociação de valores, prazo de entrega e prazo de pagamento visando o bom andamento das obras e a saúde do fluxo de caixa da empresa

  • Centralizar a compra de materiais que são necessários em mais de uma obra simultaneamente, e executar a compra destes insumos de uma só fez, conseguindo assim barganhar melhores condições financeiras com os fornecedores

  • Desenvolver e manter o bom relacionamento com os fornecedores

O comprador ou gestor de suprimentos deve desenvolver e implementar  um processo de compras eficiente, liberando seu tempo para para direcionar seus esforços em desenvolver bons fornecedores e criar um forte relacionamento com os mesmos. Este é o primeiro passo para que a área de compras tenha um impacto positivo nos lucros da sua construtora.

#2 Utilize um processo de planejamento, controle e produção da obra que envolva a área de compras – e evite fazer compras emergenciais!

Um sistema de planejamento, controle e produção da obra consiste em você gerar visões de longo, médio e curto prazo da obra.

O planejamento de longo prazo é direcionado a alta direção da construtora e é definido como plano mestre. É no plano mestre que estarão definidos os milestones principais do empreendimento. O acompanhamento da realização destes milestones no plano mestre é a ferramenta para comunicar a alta gerência da execução da obra.

O planejamento de médio prazo contém as atividades e  a descrição dos processos que serão utilizados na obra. Descrição de métodos construtivos, especificação dos recursos (insumos e mão-de-obra) necessários para a execução, quantificação dos insumos e mão-de-obra e restrições técnicas para o desenvolvimento das atividades são detalhadas nesta etapa.

Aqui é importante envolver a equipe de compras, pois ao se especificar insumos e quantidades, o comprador já pode direcionar fornecedores ou se preparar para desenvolver novos parceiros para fornecimento de novos materiais. Esta interação entre compras e planejamento de obra é fundamental para que seja feito um bom planejamento e cronograma de aquisição de materiais, evitando compras emergenciais com alto custo para a construtora.

O planejamento de curto prazo vai orientar a equipe de canteiro de obras diretamente, detalhando todos materiais, insumos, máquinas e mão-de-obra necessários para a realização de cada atividade. Deve ser feito em ciclos semanais, e gerar através destas reuniões a previsão de consumo da semana. A interação entre o engenheiro de obra com a equipe de compras aqui é fundamental, para checar se os insumos necessários estão disponíveis para o canteiro de obras. A planilha de previsão de consumo juntamente com o plano de médio prazo visam reduzir a incidência de compras emergências no decorrer da execução de atividades sem tempo hábil a obter margem de negociação.

#3 Classifique os insumos por valor econômico e frequência de consumo e faça compras por contrato – para agilizar a compra de materiais!

A classificação dos insumos por valor econômico e frequência de consumo é uma prática que indica quem na construtora pode comprá-los e de quais autorizações vai precisar. Com esta prática, materiais de baixo valor e consumo constante no canteiro, como pregos, fitas adesivas, pequenos materiais elétricos, lâmpadas, podem ser cotados e comprados pelo engenheiro de obra. Um exemplo de classificação de insumos:

  • de consumo constante: cimento, areia, cal, material geral de obra e material geral de elétrica

  • de compras programadas: cerâmicas, esquadrias , elevadores

  • de compras emergenciais: para resolver imprevistos – que devemos evitar sempre

É possível também associar esta ação com compras por contrato: o departamento de compras pode fechar contratos de compra para itens de maior consumo na obra como cimento, areia, ferragens. Com a utilização de contratos de compra, além de agilizar as compras, a sua construtora será beneficiada com melhores negociações de preço!

Esta é uma prática simples que agiliza a compra de materiais e reflete positivamente no fluxo de caixa!

banner sobre o quiz insumos da construção civil

#4 Controle o recebimento de materiais no canteiro de obras – e evite compras em duplicidade!

Compras em duplicidade podem ser evitadas sim, e com isso evitar gastos fora de hora que impactam o fluxo de caixa da sua construtora!

Para isso, formalize e dedique uma pessoa no canteiro de obras para controlar o recebimento dos insumos. Esta atividade pode ser feita pelo apontador ou pelo engenheiro de obra, que deverá conferir os materiais recebidos no canteiro de posse do pedido de compras – aqui novamente a interação entre a área de compras e canteiro de obras é fundamental!

Ao conferir os materiais recebidos, o apontador ou engenheiro de obra deve registrar o recebimento dos mesmos e enviar a nota fiscal para o departamento financeiro, ou, em caso de problemas no recebimento, reportar ao departamento de compras.

Este controle evitará compras em duplicidade e impactos indesejados no fluxo de caixa da sua construtora, pois todas a áreas envolvidas serão comunicadas sobre os materiais recebidos.

#5 Mantenha o relacionamento com os fornecedores – e negocie melhores preços!

Depois de seguir os 4 passos anteriores, o departamento de compras poderá direcionar seus esforços e cultivar o relacionamento com os principais fornecedores.

Esta é uma atividade que visa manutenção e ampliação de parcerias, tornando o fornecedor um ator estratégico para as obras.

Ao cultivar relacionamentos de longo prazo e estabelecer uma relação de confiança e do tipo ganha-ganha entre a sua construtora e os seus parceiros de fornecimento, o comprador terá condições mais claras para negociar melhores preços e prazos. E com isso, o seu fornecedor  também ganha pois amplia a constância das suas vendas sob uma base sólida de fornecimento!

#6 Utilize um sistema de gestão especializado em obras e projetos

Depois de ler estes 5 passos para ter um processo de compras eficiente, você deve estar se perguntando: “Como implementar este processo na minha construtora de forma ágil e segura?”. A tecnologia está aí para ajudar sua construtora a elevar os patamares de gestão.

Para suportar estes controles e atingir um patamar de excelência na gestão de compras da sua construtora, existem hoje sistemas de gestão especializados em construtoras, que gerenciam desde o projeto, planejamento e execução da obra, até o processo de compras, financeiro e recursos humanos.

Com o apoio de um sistema de gestão você obterá benefícios como automação da comunicação entre as áreas, padronização dos processos de negócio, centralização de cadastros e relatórios gerenciais para análise dos resultados das obras.

E agora que você já sabe como implementar um processo de compras vencedor e como ele impacta nos lucros e resultados da sua construtora, entre em contato conosco para tirar suas dúvidas e compartilhar suas experiências. Basta preencher os dados abaixo e nós entraremos em contato.

Se você quer saber como o Sienge pode ajudar nesse processo de compras, deixe uma mensagem abaixo:

 

banner sobre o quiz insumos da construção civil
Você confia em planilhas para gerir sua empresa? Talvez você precise de um método mais eficiente
Postado dia 18 de março de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Funcionalidades Sienge, Sienge, Software

Um software de gestão pode reduzir o tempo que você gasta tentando decifrar um grande volume de informação

Você já sentiu aquele frio na barriga ao ver umas 20 planilhas abertas e não conseguir chegar na informação que você precisa? Digamos que você precise saber do custo real da obra, e para isso, vai precisar verificar o trabalho do setor financeiro, do setor de obras, compras, e até mesmo do empreiteiro e dos pedreiros. Mas como fazer uma análise completa sem se confundir num mar de informações, ou pior, perdê-las?

Geralmente cada planilha é feita de um jeito diferente, cada profissional tem seus métodos, suas prioridades e parâmetros. Unificar esses métodos e criar um padrão pode facilitar – e muito! – na hora de enxergar a totalidade das informações de cada obra. Esse tipo de preocupação é necessária e não deve ser ignorada. Tanto que de acordo com um levantamento da empresa americana de softwares de Recursos Humanos Bambo HR, 90% das planilhas de organizações contêm erros significativos.

De acordo com Rafael Ávila, da Luz Planilhas Empresariais, os argumentos das pessoas que não gostam de usar planilhas são quase sempre os mesmos: 50% acham planilhas complicadas, 37% não tem tempo para desenvolvê-las, 10% acham que são limitadas e o restante ficou dividido entre itens como “servem para poucas operações” ou “dão problemas”.

Para se livrar das planilhas de forma inteligente, a melhor opção é adotar um software de gestão voltado para a indústria da construção. Segundo uma pesquisa comissionada pela Microsoft, que entrevistou 551 donos de PMEs, 60% dos participantes reportaram que ter um software hospedado na nuvem ajudou a aumentar suas receitas; também 60% afirmam que essa tecnologia permitiu que se tornassem mais competitivas com empresas de mesmo porte ou até maiores.

banner sobre palestra adeus planilhas


O uso do software reduz 70% do tempo gasto para obter dados gerenciais e acelera em 60% o tempo de orçamentação de uma obra.

Veja os 4 setores que mais se beneficiam com um software de gestão:

1 -ENGENHARIA

  • Agilize o cadastro e a escolha dos insumos e serviços necessários para a elaboração de orçamento de obras, detalhe a relação de materiais e contratação de mão de obra, evitando erros no setor de compras;
  • Tenha um projeto dinâmico através de uma visão panorâmica das obras (baseada em relatórios de cronogramas físicos e financeiros, necessidades de compras e dimensionamento de equipes);
  • Acompanhe a execução da obra de maneira mais visual possível, evitando imprevistos.

2 -COMPRAS

  • Receba a solicitação de compra com o descritivo completo dos insumos e evite pedidos com erro;
  • Agrupe as solicitações semelhantes de várias obras, garantindo mais poder de negociação com seus fornecedores;
  • Envie solicitações de cotação automaticamente para todos os fornecedores cadastrados. Com a cotação aprovada, você pode gerar o pedido de compra também de forma automática para o fornecedor escolhido.

3 – FINANCEIRO

  • Evite redigitações e problemas de liquidez ao integrar os dados dos departamentos (como compras, comercial e recursos humanos) diretamente com a área financeira.
  • Automatize:  
    • os processos de contas a pagar e a receber
    • a conciliação bancária
    • a emissão de notas fiscais.

4 – COMERCIAL

  • Mantenha as informações sobre prospects e clientes consolidadas e otimize seus contatos;
  • Tenha o quadro de disponibilidade dos imóveis online e acabe com o problema de reservas duplicadas;
  • Tenha informações para avaliar o desempenho de vendas por corretor e por empreendimento.

Está comprovado que um sistema de gestão pode aumentar o seu lucro em até 60%.

Quer estruturar sua empresa, para que ela não dependa de planilhas? 

Uma opção de ferramenta é o Sienge, um software de gestão totalmente online com 25 anos de experiência em gestão no setor da construção. Preencha o formulário e peça uma demonstração:

banner sobre ebook uso da tecnologia



blog-crescimento-construtora-fundamental
Construção Civil – Qual a tecnologia mais adequada?
Postado dia 6 de agosto de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

Saiba como uma solução especializada pode ajudar no crescimento da Construção Civil.

Apesar do cenário difícil na economia, as empresas que tornam seus processos internos ágeis e estruturados, tendem a atravessar melhor a turbulência e sair dela fortalecidas. Por isso, esse é o momento ideal para revisitar processos e identificar seus pontos de melhoria.

A qualidade dos processos internos será a catalizadora do crescimento das empresas da construção civil e a tecnologia tem papel fundamental, pois é ela que potencializa esses processos, organizando, padronizando e agilizando-os. Uma solução especializada no segmento da construção civil é capaz de integrar os departamentos e garantir execuções mais rápidas e eficientes, otimizando seus recursos (seja material, financeiro ou mão de obra).

Quer saber como um software de gestão especializado na indústria da Construção Civil pode ajudar em cada departamento da sua construtora? Confira:

#1 COMPRAS

Segundo levantamento do IBGE, divulgado em julho de 2015 pelo jornal Estado de Minas, o valor dos materiais já representa mais que 50% do custo nacional da construção por metro quadrado. Portanto, um processo de compras eficiente impacta diretamente na rentabilidade da sua construtora. Nesse departamento, um software de gestão especializado possibilita:

  • Integração com outras áreas: a equipe de projetos ou a área de engenharia pode dar entrada nas solicitações de compra, permitindo que os compradores se dediquem à seleção e negociação com fornecedores.
  • Agrupamento de solicitações: a partir do cadastro das cotações de preço já existentes, o sistema consegue agrupá-las por semelhança e assim ampliar seu poder de negociação junto aos fornecedores.
  • Integração com fornecedores: por meio de um portal, os fornecedores cadastrados recebem as solicitações e enviam suas cotações e depois é criado um mapa comparativo e alertas para facilitar a escolha do melhor parceiro. Eleitos os fornecedores, os pedidos podem ser gerados de forma automática, agilizando muito o processo.
  • Workflow: permite um processo padronizado com um fluxo de tarefas, aprovações e avaliação dos fornecedores que facilita a organização da equipe.

#2 FINANCEIRO

Já existem empresas que estão oferecendo financiamento diretamente aos seus clientes para impulsionar as vendas. Será que essa seria uma boa opção para a sua construtora? Uma solução moderna de tecnologia, totalmente focada no segmento da construção civil pode te ajudar a avaliar possibilidades como essa, com exatidão para não comprometer o capital de giro. Veja o que mais ela pode oferecer:

  • Integração total: o software reflete as movimentações do setor de Compras e Comercial diretamente no módulo financeiro, garantindo dados precisos. Dessa forma, é possível fazer melhor gestão do fluxo de caixa, articulando o desembolso com o recebimento de cada obra, por exemplo.
  • Visão geral: relatórios operacionais completos, com múltiplas possibilidades de visualização das contas a pagar, a receber, extrato credor, inadimplência, descontos, saldos de adiantamento, entre outros.
  • Verificação de baixas: a manutenção do histórico de clientes integrado ao sistema Contratos e Medições economiza até 90% do tempo dedicado a conferência das baixas junto ao banco.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

#3 ENGENHARIA

Faz parte da rotina dos engenheiros acompanhar mais de uma obra acontecendo ao mesmo tempo e em localidades diferentes. Para não deixar escapar nenhum detalhe que acarrete em retrabalho ou atraso na entrega do projeto, a tecnologia ideal deve permitir total controle da gestão dos empreendimentos, inclusive por tablet ou smartphone. Veja como a tecnologia ajuda a Construção Civil em cada etapa:

  • Orçamento: velocidade na montagem dos orçamentos, reaproveitando informações já cadastradas no sistema, além de permitir a configuração das composições, etapas e subetapas específicas de cada obra.
  • Planejamento: eficiência total com a lista de tarefas vinculadas aos custos, além de cronogramas físicos e financeiros da obra. Você pode ainda usar calendários para estabelecer os dias de trabalho e feriado/folga dentro de cada obra (informação valiosa para a área de Recursos Humanos, não é mesmo?).
  • Acompanhamento: visualizar graficamente as medições físicas das obras torna muito mais fácil a comparação entre o planejado e o realizado, trazendo agilidade para solucionar imprevistos ou atrasos nos empreendimentos.

Como você pôde perceber, a tecnologia especializada no setor da construção civil é a mola propulsora para o crescimento das construtoras. Esse é o momento ideal para colocar a casa em ordem, otimizando os processos para que, mais adiante, quando o mercado recuperar seu fôlego, você esteja pronto para aproveitar as oportunidades.

superbanner da planilha do modelo de diário de obras

Fluxo de Caixa
Fluxo de Caixa – Saiba como escolher a melhor solução
Postado dia 28 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção

Ter um fluxo de caixa eficiente deixou de ser diferencial competitivo, agora é obrigação! Saiba como o Sienge pode te ajudar.

Existe um descasamento característico entre os eventos de ingresso e desembolso de capital na construção civil, e conciliar o fluxo de desembolso e recebimento de cada obra é fundamental para que o desenvolvimento dos empreendimentos não comprometam o caixa da sua empresa.

Para isso, você precisa buscar uma solução tecnológica que, além de tornar esse processo mais eficiente, dê o suporte necessário para decisões estratégicas na sua construtora. Esse post é para ajudar você a encontrar a solução ideal.

Busque uma solução que permita a gestão do fluxo de caixa em tempo real, com a integração do financeiro, vendas e suprimentos. Esses dois geram, a partir dos pedidos e contratos de vendas e prestação de serviços, títulos que dão previsão financeira.

Uma solução que trabalha com o conceito de mobilidade será diferencial. O acesso móvel impulsiona o registro das informações na hora certa, assim que acontecem. Veja esse exemplo: por meio de um tablet, o responsável pela obra registra o consumo de material imediatamente quando acontece. Essa informação chega a área de Suprimentos, que já tem condições de avaliar a necessidade de reposição e quando ela deve acontecer. Ao fazer o pedido de compras, a previsão desse desembolso já aparecerá no fluxo de caixa. Com mais rapidez, precisão e segurança.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Flexibilidade também é muito importante. Escolher a periodicidade do fluxo de caixa: mensal, quinzenal, semanal ou diário são opções que devem estar a seu dispor. Ter a possibilidade de desconsiderar as previsões de recebimentos dos clientes inadimplentes, é outro recurso fundamental, pois essas informações distorcem sua análise financeira. Por exemplo, no seu relatório de fluxo de caixa aparece R$450.000,00 de previsão de recebimento até determinada data. Mas nesse valor, estão contidos os valores que, embora previstos inicialmente, não vêm sendo pagos por seus devedores. Esta informação distorce a sua previsibilidade de caixa daquela obra e pode levar você a tomar uma decisão equivocada de compra de material, por exemplo.

Uma solução que conhece a construção civil, também dispõe de recursos para um excelente fluxo de caixa futuro, provendo o estudo de viabilidade econômica dos empreendimentos. Esse estudo deve considerar a projeção de custos como contratação de mão de obra e necessidades de aquisição de máquinas ou equipamentos, assim como investimentos em marketing e vendas.

Essa é uma visão de longo prazo, que considera também a projeção das receitas, baseadas na relação unidades disponíveis pra venda, tabela de preços e velocidade de venda. De posse dessas informações, sua empresa pode avaliar se o empreendimento é viável ou se será necessário buscar recursos de terceiros.

Que tal receber em seu email, relatórios para acompanhar o fluxo de caixa de sua empresa? Uma solução especializada no segmento da construção civil deve conhecer o ritmo acirrado do dia a dia. Você pode receber periodicamente, o relatório de fluxo de caixa sintético, por exemplo, para saber se sua empresa está trabalhando com aperto ou folga financeira no período avaliado. Não precisa nem acessar a ferramenta!

Para que você tome as melhores decisões para sua construtora, busque uma solução que vincule as informações de fluxo de caixa com o realizado nas obras. Dispor de visões gerenciais que mostrem o fluxo de caixa versus o evolução física da obra, faz toda a diferença no momento de analisar a situação financeira de um empreendimento.

Por exemplo, receber somente a informação de que o fluxo de desembolso está menor que o previsto até determinada data, pode fazer você pensar que a obra terá uma lucratividade maior que a inicialmente prevista. Mas, se a solução lhe mostrar, na mesma análise, a informação de que o realizado da obra também está menor que o previsto, certamente entenderá que o desembolso ainda deverá ocorrer, conforme orçado.

Siga essas dicas para encontrar a solução certa para sua construtora. Com elas você conseguirá maximizar a utilização dos recursos financeiros, dimensionar a obtenção de recursos e manter equilibrado o caixa das suas obras.

Quer saber mais sobre sobre como trabalhar com um fluxo de caixa mais eficiente nas suas obras? Fale conosco e vamos lhe ajudar!

banner sobre o quiz desperdicio

Quer saber mais sobre sobre como trabalhar com um fluxo de caixa mais eficiente nas suas obras? Fale conosco e vamos lhe ajudar!

Construção Civil
Construção Civil – Como selecionar os melhores fornecedores
Postado dia 23 de julho de 2015 | 2 Comentários
Categorias: Indústria da Construção

O antigo método de cotação no qual alguém da sua equipe dedicava tempo para o contato individual com os potenciais fornecedores e depois realizava o comparativo entre os concorrentes ficou no passado de vez.

Tempos difíceis na economia, como o que atravessamos nesse momento, pedem agilidade máxima, produtividade e, claro, redução de custos. Por isso, contar com ferramentas práticas que otimizem processos estratégicos, como é a escolha de um fornecedor, faz toda a diferença no seu resultado final também na Construção Civil.

Considere que você tem um fornecedor de confiança, que já presta serviços para sua empresa do ramo da Construção Civil há anos e dispensa credenciais. Na pressão por orçamentos mais enxutos, você se vê desafiado a considerar novos fornecedores, situação que pode te deixar inseguro em relação à qualidade que você já conhece. Com uma solução específica, é possível realizar o processo de forma prática e ajuda a ter segurança na definição de um novo parceiro.

A Softplan, por exemplo, disponibiliza uma ferramenta chamada Portal do Fornecedor, pela qual é possível disponibilizar as solicitações de cotação para diversos fornecedores, cruzar os dados recebidos e depois avaliar os parceiros escolhidos, de forma simples, prática e muito mais rápida.

A partir de um cadastro de cotação no sistema, os fornecedores são acionados e incluem diretamente todas as informações que você solicitar, como: preço, prazo de entrega e condições de pagamento. Com base nesse processo padronizado, a solução cria um mapa comparativo das cotações e gera alertas indicando os melhores preços e as melhores relações entre custo e benefício oferecidas, facilitando a análise e escolha do melhor parceiro para cada tipo de solicitação.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Após a definição do fornecedor, é possível incluir uma avaliação juntamente com o registro da chegada e inspeção do material. Assim, todos os dados acumulados no sistema ajudam a manter a qualidade do fornecimento, pois os parceiros com entregas abaixo da meta (seja por pontualidade ou qualidade do produto) podem ser barrados no momento de novas cotações, de forma imparcial e sem depender da memória dos colaboradores. Além disso, pedidos similares reaproveitam as informações já inseridas no sistema para gerar novas solicitações, tornando o processo mais rápido.

Adotar uma solução como o Portal do Fornecedor amplia sua capacidade de análise das propostas e garante resultados efetivos com base em dados enviados pelos candidatos à parceiros e nas avaliações realizadas, criando um ambiente de concorrência leal, seguro e altamente profissional para suas escolhas.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Construção Civil
Construção Civil – Suas compras no prazo e custos previstos
Postado dia 14 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão, Indústria da Construção

Fazer uma boa gestão de recursos na Construção Civil nunca foi tão fácil. É o Sienge mais uma vez facilitando sua vida!

Em como fazer gestão de suprimentos de forma conectada com o canteiro de obras, você pôde entender um pouco mais a importância desta área para a sua empresa. Fazer as compras dos materiais, resguardando os orçamentos e atendendo os prazos estipulados pelos projetos é um grande desafio!

Para trazer mais eficiência para sua área de Compras, siga dicas abaixo. Elas vão ajudar sua construtora a fazer compras no prazo e no custo previstos.

#1 Trabalhe com processos bem definidos e integrados.

Processos bem definidos, atividades relacionadas entre si e integração entre as áreas da sua construtora. Com esses pilares, seu time se torna muito mais eficiente. A área de projetos sinaliza as demandas, prazos para utilização dos insumos e publica o orçamento a ser seguido. De posse dessas informações, sua área de Compras faz as cotações em busca do melhor preço, planeja e aprova os pedidos e organiza a disponibilidade do material. Certamente a formalização e a integração dessas atividades trará assertividade e velocidade a rotina dos compradores.

#2 Compartilhe a entrada das solicitações de compra.

Permita que o próprio time da obra ou de engenharia dê entrada nas solicitações de compra. Delegar esse registro ao canteiro de obras ou escritório de projetos, traz agilidade na entrada das informações. Dessa forma, libera tempo do time de compras para atuar em questões mais estratégicas da área, como desenvolver e negociar com os fornecedores. As compras avulsas, aquelas menores solicitadas mais pontualmente, são solicitadas e registradas quando necessárias. Ao mesmo, as grandes compras de insumos para as obras são registradas pelo responsável de cada obra.

#3 Busque integração também com os fornecedores.

Que tal permitir que os próprios fornecedores dêem entrada nas informações de cotação solicitadas? Imagine o ganho de produtividade para seu time de compras! A partir da sinalização da sua área de Compras, os fornecedores acionados já informam o preço, frete, prazos de entrega, condições de pagamento, entre outras informações relevantes para aquela aquisição. A partir daí, o profissional da área de Compras faz as análises das propostas e as melhores negociações para a construtora. Ah, lembre-se de buscar sempre mais de uma cotação para a mesma compra. Assim você terá opções para negociação, além de desenvolver sua rede de fornecedores.

banner sobre o quiz desperdicio

#4 Faça os pedidos de forma mais precisa.

A integração com o escritório de projetos deve também agregar conhecimento sobre os insumos utilizados nos processos construtivos. Assim, as compras são mais assertivas tanto nas especificações quanto nas quantidades. Ter muita  atenção e controle sobre as datas necessárias para entrega, também é condição para garantir a disponibilidade dos materiais no tempo certo para cada obra. Além disso, lidar com a quantidade certa de insumos, e no tempo adequado para uso, evita o desperdício dos materiais.

#5 Busque apoio na tecnologia.

Utilizar uma solução de gestão especializada em obras, certamente fará toda a diferença para a eficiência na sua área de compras. Procure uma solução que ajude sua empresa a colocar em prática as dicas citadas. Além de permitir a integração das área da sua construtora, soluções tecnológicas também facilitam a padronização dos processos.

E para o dia a dia, um mapa comparativo das cotações para uma mesma solicitação de compras vai facilitar muito a análise das cotações. Alertas destacando os melhores preços e cotações com melhor custo benefício também ajudam na identificação do melhor negócio.

A tecnologia também permite a otimização dos pedidos, facilitando o reaproveitamento das informações. Por exemplo: já foi feita a compra de kits hidráulicos, que envolvem diferentes materiais, como tubos, registros, conexões, joelhos, para um pavimento daquela obra ou em outra obra similar. Por que não ter a facilidade de refazer este pedido novamente, assim que necessário?

Dicas como esta podem ajudar empresas da Construção Civil a realizarem as compras no prazo e dentro dos custos orçados.

E continue acompanhando nosso blog! Logo vamos mostrar pra você como a solução ideal traz ao processo de compras mais eficiência, com comunicação, integração e segurança! Conte sempre com a equipe Sienge / Softplan.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Use a tecnologia para otimizar seus custos
Postado dia 2 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

Com uma Gestão de Obras correta, analisando os custos envolvidos, você terá informações precisas para apoiar a decisão por ações que aumentem a rentabilidade dos empreendimentos.

Por quanto tempo a máquina trabalhou e em qual obra? Quanto sua manutenção custou a construtora neste período? Quanto foi consumido em combustível, óleo, graxa ou peças de reposição? A primeira vista, estas perguntas parecem difíceis de responder. Mas, com a tecnologia especializada em gestão de obras, você obterá estas respostas com segurança e rapidez.

A apropriação de custos no canteiro de obras gera resultados mais precisos para seus empreendimentos. O uso de uma solução de gestão obras facilita este processo, por meio de recursos de apontamento e controle utilizados diretamente no canteiro. Estes recursos  permitem a apuração dos dados da produção diária de sua obra, é possível saber qual a quantidade e o custo do trabalho realizado de cada máquina ou equipamento.

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

Uma boa solução de gestão de obras também oferece formas para controlar a rotina de manutenções das máquinas e equipamentos. Com estes recursos, é possível a apuração dos custos referentes a peças, acessórios de reposição e  materiais, como pneus e correias, combustíveis, óleos lubrificantes, graxa, por exemplo.

No atual cenário econômico, as margens das construtoras são cada vez mais justas.

Busque tecnologia adequada e especializada em construção para ter o controle exato dos números de cada obra, contar com relatórios gerenciais e demonstrativos contábeis precisos. Assim, você pode avaliar os resultados e traçar ações que aumentem a rentabilidade dos empreendimentos.

Para saber mais sobre apropriação de custos, continue acompanhando nosso blog!

superbanner da planilha do modelo de diário de obras

Ou se você quiser saber como podemos te ajudar na apropriação de custos, deixe uma mensagem no formulário abaixo:

Conte sempre com a equipe Sienge.

Mercado Imobiliário
Construção Civil ganha produtividade usando smartphones
Postado dia 30 de junho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Tendências

A solidez e a importância econômica do mercado da construção civil no Brasil, evidenciam cada vez mais a necessidade de aumentar a produtividade no setor.

Entre 2007 e 2012, de acordo com o IBGE, o setor da Construção Civil cresceu 1,8 vez a mais do que o PIB brasileiro. Entretanto, estima-se que 2015 deve registrar uma retração de 1,2% (fonte: CNI – Confederação Nacional da Indústria). Na falta de certeza quanto ao que ocorrerá a médio prazo, manter sua construtora ou incorporadora competitiva é essencial, e exigirá atenção redobrada e esforços ainda maiores.

Um estudo feito por EY, mostrou que existem inicialmente sete alavancas relevantes para melhorar a produtividade da indústria da Construção Civil:

  • Planejamento da execução de empreendimentos;
  • Adoção de métodos de gestão
  • Equipamentos;
  • Materiais;
  • Métodos construtivos;
  • Melhorias de projeto; e
  • Qualificação da mão-de-obra.

No entanto, sabemos que colocar tudo isso em prática é nada fácil, especialmente quando falamos da Construção Civil, que tem sua natureza distribuída. Segundo André Viola Ferreira, Sócio-líder da Real Estate Brasil e América do Sul: “ Muitos aspectos externos ao canteiro de obras têm impacto sobre a produtividade, como a prospecção do terreno e repasse final do imóvel. Por isso, é fundamental conectar o projeto aos diversos departamentos, de modo a firmar o foco na cadeia de valor do empreendimento, do início ao fim.”

superbanner do ebook como aumentar a produtividade do time de sua construtora

A utilização de tecnologias que promovem a mobilidade na indústria da Construção Civil podem ser uma resposta para a relação entre a produtividade vs. descentralização do setor, e estão cada vez mais populares entre as empresas e profissionais do setor.

Por meio da utilização de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, há mais agilidade e precisão das informações, pois são lançadas diretamente no local da obra sem intermédio de papel ou planilhas. Esta tecnologia também permite que as informações estejam sempre na palma da mão dos gestores, onde e quando você quiser.

Com os dispositivos móveis para a construção civil, você ganha muito mais produtividade, pois:

  • há mais agilidade nos lançamentos de atividades efetuados no canteiro de obras, tendo mais facilidade para seguir o planejamento inicial
  • maior assertividade já que as informações coletadas no canteiro de obra são inseridas direto no sistema usando um tablet ou smartphone, sem preenchimento manual das planilhas
  • fornece mais segurança – informações estão na rede com protocolos de segurança, e não em papéis que podem ser extraviados
  • é de fácil acesso – você pode acessar de qualquer lugar a qualquer hora, permitindo que operações, como aprovações de compra ou contrato, sejam feitas com agilidade, evitando atrasos na obra, por exemplo.
  • recurso de apontamentos de mão de obra diretamente no canteiro de obras, de forma  automática e integrada.O resultado disso é que você pode fazer uma gestão mais apurada de horas trabalhadas, turnos extras, assim como a necessidade de realocação de trabalhadoras ausentes.

Além de melhorar a produtividade, os aplicativos moveis para a construção civil ajudam em muitos outras atividades do dia-a-dia. Conheça aqui alguns aplicativos que melhorarão a rotina e os resultados de sua construtora ou incorporadora.

Outro modelo que pode ser muito bem aproveitado em sua empresa, é a computação em nuvem, isso significa que tudo é armazenado em computadores ou servidores compartilhados e interligados pela internet. Estes serviços tem segurança para que cada informação seja acessada apenas pelo seu dono, e de qualquer lugar do mundo!

Sua construtora se beneficiará com:

  • flexibilidade,
  • capacidade de processamento de grandes volumes de informações,-
  • recuperação e  backups dos dados automáticos.

Todos estes recursos promovem a otimização de seus processos e a integração de suas áreas. Menos papel e planilhas e eliminação de retrabalho com digitação de dados. Mais produtividade com as informações oriundas das obras chegando no lugar certo e no tempo certo.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Se você quiser melhorar a produtividade para sua construtora ou incorporadora entre em contato conosco e descubra como:

Quer saber como podemos podemos te ajudar?

Construção Civil
Construção Civil – Controle seus processos com smartphones
Postado dia 26 de junho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Tendências

Controlar os processos frente a esse cenário é uma atividade nada fácil. Entretanto, a popularização dos dispositivos móveis, pode e deve ser muito bem aproveitado pela construção civil.

São canteiros de obra, escritórios e plantão de vendas distribuídos. A troca de informações entre eles é constante e muito forte. Por meio da utilização de dispositivos como smartphones e tablets, há mais agilidade e precisão das informações, pois são lançadas diretamente no local da obra sem intermédio de papel ou planilhas. Esta tecnologia também permite que as informações estejam sempre na palma da mão dos gestores, onde e quando você quiser.

Veja como a utilização de dispositivos móveis na indústria da construção civil ajudam a controlar a produtividade:

Acessível de qualquer lugar: canteiros espalhados em diferentes localidades deixam de ser uma dificuldade. Portanto, se você que é o responsável por compras está fisicamente numa obra, e precisa aprovar um processo de outra obra, conseguirá fazer isto facilmente, usando apenas um smartphone. As medições feitas nos canteiros são observadas em tempo real pelo escritório de projetos, por exemplo, permitindo a visualização do avanço físico da obra. Ou seja, sua empresa garante integração em tempo real e agilidade na rotina diária.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Menos erros e mais segurança das informações: Já imaginou perder um dia de apontamento de obra ou consumo de matéria-prima? O retrabalho e o custo que sua empresa teria? Com o usos de dispositivos móveis o risco de perda das informações ou documentos é reduzida.

Melhor aproveitamento do tempo: O uso de aplicativos mobile também acabam com a redigitação de dados, reduzem consideravelmente o tempo gasto para compilar informações para relatórios, e acaba com a necessidade de aferir as informações escritas à mão. Menos preocupação e mais tempo disponível pra você aplicar no negócio da sua empresa.

Essas são algumas as várias vantagens identificadas na construção civil. Você lembrou de mais alguma? Contribua através dos comentários, assim você pode ajudar colegas que talvez ainda não tenham aproveitado da tecnologia da mesma forma.

Gostou? Leia também o post PRINCIPAIS APLICATIVOS MOBILE PARA ENGENHEIROS.

banner sobre o quiz desperdicio

Quer saber como o Sienge pode ajudar a Construção Civil?

Sustentabilidade
Sustentabilidade na construção civil – Sua construtora faz reuso de água?
Postado dia 18 de junho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Sustentabilidade, Tendências

Para garantir a abundância da água em todo o planeta é preciso que haja uma mudança de hábito na sociedade e a adoção de novos métodos de sustentabilidade na construção civil para a utilização deste recurso.

Como já citamos aqui em posts anteriores aqui no blog, também passamos por um problema parecido em relação à crise energética. O elevado valor das tarifas e a possibilidade de apagão geram sinal de alerta. Porém, existem alternativas com sustentabilidade na construção civil para driblar este problema e usar os recursos naturais de forma eficiente. Leia mais aqui sobre investimentos e retornos da energia solar nos posts: < A energia solar pode ajudar os construtoras no momento da crise > e < Energia solar como alternativa: cuhttps://www.sienge.com.br/wp-admin/post.php?post=6508&action=edit#post_namesto e benefícios >

No setor da construção civil, a ideia do edifício voltado para a sustentabilidade, que economiza água e energia, vem se tornando mais viável e os empreendimentos que apresentam sistemas e opções de reuso da água estão atraindo o interesse dos compradores.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Embora o preço das casas e apartamentos com este sistema seja um pouco mais alto, segundo dado divulgado pela Sinduscon– SP, o consumidor sinaliza que está disposto a investir mais agora para economizar no futuro.

Para ele, é interessante contar em sua casa com torneiras de fechamento automático, vaso sanitário com duas fases de água, arejadores e hidrômetros individualizados, além de sistema de filtragem e armazenamento da água da chuva e estação de tratamento e reuso de águas pluviais. São exemplos de itens que encarecem a obra, mas que geram uma economia de cerca de 30% no consumo de água.

Em paralelo ao desenvolvimento dos empreendimentos com sustentabilidade, durante a obra, as construtoras também estão utilizando os processos de reutilização da água para evitar o desperdício do recurso nos canteiros de obra, como por exemplo, o armazenamento da água da chuva para reabastecer as caixas de água, construção a seco e contratação de caminhões pipas.

A crise hídrica, assim como a energética, são preocupações constantes e devem ser levadas a sério por todos. No entanto, como em toda situação de crise, esta também traz uma oportunidade de negócio para a sua incorporadora vender mais.

Aproveite o momento e veja como incrementar os projetos com a inclusão de itens de sustentabilidade. E não se esqueça, a utilização de um bom software de gestão de obras ajuda no planejamento da obra, controle de orçamento, integração das áreas, gerando ganho de tempo e economia de dinheiro.

banner sobre o quiz desperdicio

ERP para Construção Civil
ERP para Construção Civil garante mais vendas?
Postado dia 15 de junho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção

Toda ajuda na hora de alavancar as venda é bem vinda. Mas será que um bom ERP para Construção Civil garante mais sucesso?

Com isso, a comunicação em tempo real e o alinhamento da equipe de vendas evita uma série de problemas, como venda duplicada de unidades ou perda de contratos, que além de tomarem um tempo precioso, podem gerar custos extras no ciclo de venda das unidades.

Aqui no blog você já leu o post “O mercado imobiliário recuou? É hora da sua equipe comercial atacar!” e viu como a tecnologia é fundamental para alavancar o processo de venda dos empreendimentos.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Agora, para te ajudar a escolher a solução ideal, preparamos uma lista de características que um ERP para Construção Civil de qualidade deve oferecer:

  • Acesso centralizado: um portal online e exclusivo para toda a equipe de vendas, com critérios de segurança definidos e que permite acesso a informações consolidadas e constantemente atualizadas.
  • Documentação organizada: no dia a dia dos corretores são necessários muitos documentos rotineiros, como as tabelas de preços e os modelos de contratos. Com o acesso centralizado, os documentos ficam sempre à mão.
  • Dados cadastrais únicos: com fácil acesso às informações dos clientes e das unidades os corretores ganham agilidade na negociação e não vendem unidades já reservadas por seus colegas.
  • Contratos e pagamentos em dia: acompanhando o andamento dessas informações, a gestão do fluxo de caixa e também das comissões fica mais eficiente.
Palestra Online Como vender Internet

Um ERP para Construção Civil facilita a gestão estratégica da sua empresa com o acompanhamento gerencial de todo cenário de vendas, em vários níveis de informação, para cada empreendimento, de cada corretor e contrato!

ERP para Construção Civil ideal, dá acesso rápido e fácil às informações necessárias para tomada de decisão, agilizando o atendimento, garantindo a satisfação do cliente final e a rentabilidade do empreendimento!

banner sobre o quiz desperdicio

Quer mais detalhes sobre a solução ideal? Entre em contato conosco!

Construção Civil
Gestão de Obras – Conecte seu sistema a outras ferramentas
Postado dia 29 de abril de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Software

Para tirar o máximo de proveito dos recursos tecnológicas, os sistemas de gestão de obras precisam se conectar com outras soluções, chegando assim na automatização completa dos processos, com o máximo de produtividade.

Veja neste post exemplos de integrações que são essenciais para obter uma boa amplitude na Gestão de Obras de sua construtora. Vamos lá?

MS Project – Na prática, todos os recursos de planejamento e atualização da evolução física do projeto que exitem no MS Project, devem poder ser feitos no seu sistema de gestão de obras. Então, porque integrar  o sistema de gestão de obras com o MS Project? Muitas licitações e até concorrências no setor privado exigem que o orçamento e planejamento da obra seja entregue no formato MS Project. Por isso, é essencial que o ERP tenha este recurso de integração.

Softwares Contábeis e de Recursos Humanos – é comum encontrar no mercado construtoras e incorporadoras que terceirizam boa parte dos seus procedimentos contábeis, fiscais e folha de pagamento. Os escritórios usam seus próprios sistemas para fazer a escrituração contábil e apuração dos resultados. Para alimentar estes sistemas, é essencial que o seu ERP gere as informações de faturamento, pagamento a fornecedores, folha de pagamento, entre outros para o escritório contábil. Você não quer ficar sem seus demonstrativos fiscais e apuração de resultados, certo?

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

Ferramentas de Produtividade – para dar agilidade e flexibilidade a sua rotina diária, a integração do seu ERP com editores de texto como Word, planilhas eletrônicas como Excel e sistemas de e-mail como Outlook é uma ótima solução. Por intermédio desta integração você pode gerar contratos e aditivos no Word com os dados informados no sistema. Pode também montar planilhas dinâmicas no Excel cruzando dados de mais de um relatório emitido no ERP.  E, se quiser, é possível atualizar a agenda de compromissos da força de vendas e promover campanhas de e-mail marketing. A rotina fica bem mais prática, certo?

Importação de Composições de Serviços e Insumos – poder importar os padrões de composições de serviços e insumos praticados no mercado de construção para o seu sistema de gestão de obras certamente vai agilizar a confecção dos orçamentos. Você vai orçar seus empreendimentos com os valores mais atualizados do mercado, sem fazer estimativas baseadas apenas em valores praticados internamente. Além do mais, em muitas licitações públicas ou concorrências dos projetos privados é pré-requisito utilizar os valores das composições de mercado para participar do processo e apresentar a proposta.

Integração com ERPs – existem inúmeros sistemas de gestão (ERPs) no mercado. Entretanto, pouquíssimos deles possuem vocação e as funcionalidades específicas para atender o segmento de construção e incorporação. Normalmente, os ERPs são voltados a atender –  e muito bem – os processos do backoffice. Por vezes, empresas quer reportam para sua matriz no exterior precisam de um ERP mais robusto. Com isso, adotam uma solução exclusivamente para fazer a gestão das obras (orçamento, planejamento e execução) que integra com os processos do backoffice no ERP. Este modelo é interessante e viabiliza uma solução completa para sua empresa.

Uma boa solução de gestão de obras deve oferecer estes recursos de integração, para que você possa aproveitar o máximo da tecnologia.

banner sobre o quiz desperdicio

Conectar o sistema de gestão de obras com outras ferramentas significa mais amplitude na cobertura dos processos de negócio e mais produtividade para sua empresa.!

Dicas de Planejamento para o Sucesso na Construção Civil
Construção Civil – Dicas de planejamento para obter sucesso
Postado dia 14 de janeiro de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

Para auxílio a tomada de decisão e uma maior assertividade nas estratégias, fazer um bom planejamento é essencial na Construção Civil.

Assim você vai perceber a realidade, avaliar caminhos e construir um referencial para dirigir sua empresa na indústria da construção civil. Avaliar racionalmente as ações a serem tomadas é outro benefício trazido por um bom planejamento.

Destacamos dicas muito importantes para você, que decidiu trabalhar com construção civil e quer alcançar objetivos pré-definidos que irão constituir o sucesso de sua empresa. Vamos a elas.

Quanto as responsabilidades sociais e trabalhistas

É importante que você dê atenção ao planejamento da rotina trabalhista e como são contratados seus funcionários. Seguir as Leis Sociais e Trabalhistas reduz o risco de processos e de prejuízos de ordem social e financeira.

Entre outras ações, sua empresa deve fazer o melhor uso da alocação e das formas de contratação mais econômicas, oferecer benefícios sociais e seguir as orientações de medicina e segurança e do trabalho, gerando compromentimeto dos funcionários com o negócio da empresa.

Quanto as responsabilidades ambientais

Ser sustentável na construção civil é um grande desafio, por isso mesmo, se torna um fortíssimo diferencial em relação a resultados e a imagem social da empresa.

É importante então definir quais serão as ações sustentáveis na sua empresa, como destinar resíduos das contruções a obras populares ou de caráter público e controlar o uso da água e energia, para reduzir desperdícios.

Além disto é possível usar tintas sem solvente e materiais menos agressivos de forma
geral, os ares condicionados de forma mais consciente e inibir o uso desnecessário e simultâneo dos elevadores.
Quanto as responsabilidades com o consumidor
Adquirir um imóvel, seja para fins residenciais ou comerciais, é um passo muito importante e exige grande comprometimento financeiro do comprador.

banner sobre planejamento de obra

Para garantir que sua construtora ou incorporadora não irá frustar o consumidor, é importante providenciar em tempo a documentação exigida para a liberação do imóvel e seguir um processo de trabalho que atenda as especificações apresentadas inicialmente.

Também é importante trabalhar com orçamentos detalhados em cada uma de suas obras, negociar com fornecedores comprometidos com prazo, não aceitar o uso de material de baixa qualidade e ficar atento aos equipamentos que serão necessários para a conclusão de seu empreendimento.

Quanto as responsabilidades financeiras

Um bom plano de negócios visa lucro aos sócios da empresa. E estes por sua vez acompanharão bem de perto os resultados de seu investimento.

Considere em seu planejamento ações para garantir pontualidade nas entregas, fluxo de caixa com receita e despesas sincronizadas e que facilite a contratação de mão de obra. Não acumule obras em atraso, que fatalmente exigirão mais dinheiro para conclusão.

Um planejamento financeiro detalhado que permita ações pró-ativas pela saúde financeira das obras e da empresa também é grande aliado para o sucesso na construção civil.

Ah, preste bastante atenção ao fazer sua opção quanto ao regime tributário (lucro real ou presumido) e o regime societário (SPE ou SCP ou consórcio) para sua empresa.

Reavalie seu plano de negócios, com olhar bem crítico, e aplique estas dicas nos pontos que merecem uma revisão!

banner sobre a palestra planejando futuro das obras

Conte conosco se tiver dúvidas. Estamos a disposição para lhe apresentar um software para construção civil que irá ajudar e muito seu planejamento!

Baixe a nossa planilha de planejamento de obra gratuitamente!

gestão de vendas
Gestão de Vendas – Tecnologia descomplicando o processo
Postado dia 11 de dezembro de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Ciclo Sienge, Incorporação, Indústria da Construção, Software

Como fazer a gestão de vendas resultar em maior lucratividade para minha construtora? O Sienge te explica!

Vamos imaginar uma construtora com 10 empreendimentos entre lançamentos e prontos, e que totalize em média 620 apartamentos e em 4 cidades distintas. Agora imagine que para estes 620 apartamentos, aconteça em média 3.000 negociações até que sejam vendidas todas as unidades. Entre equipe própria e corretores de imobiliárias temos mais de 60 pessoas envolvidas nas vendas. Nesse momento vem a pergunta: como fazer a gestão de vendas dos imóveis neste cenário?

A principal aliada para ajudar a responder essa pergunta é a tecnologia! Por meio de uma boa solução voltada para empresas do segmentos de construção e incorporação é possível centralizar todo o processo comercial, melhorando assim a gestão de vendas.

Todas as propostas ficam centralizadas em um único local, permitindo ao gerente comercial e demais executivos da empresa a possibilidade de acompanhar em tempo real o andamento das negociações. Para que isso ocorra é preciso disponibilizar a solução para o time de vendas que se sentirá beneficiado.

banner sobre o quiz desperdicio

Isso acontece, em especial com quando a solução oferece ao corretor um portal que permita que os corretores possam acessar as informações dos empreendimentos de qualquer local a qualquer hora com o uso de dispositivos móveis. Por meio deste recurso é possível:

  • Cadastrar novos clientes ou ainda consultar informações de clientes cadastrados.
  • Verificar a disponibilidade das unidades por meio do quadro espelho e as características de cada unidade.
  • Reservar unidades e essas reservas ficam em nome de quem fez o cadastro.
  • Cadastrar propostas, e fazer a aprovação caso esteja dentro do limite já definido no sistema. Isso evita que a proposta fique parada aguardando aprovação.
  • Caso o limite da aprovação seja superior ao definido para o corretor, o gerente poderá fazer a aprovação a qualquer momento de qualquer local.
  • Agendamento dos compromissos por meio da agenda disponível no portal.
  • Controle do repasse da comissão de vendas, que costuma ser um problema para as incorporadoras, fica muito mais fácil e transparente por meio da solução.

Assim fica muito mais simples realizar a gestão de vendas dos imóveis. Para o time de vendas também é muito produtivo já que todo o controle é feito pelo sistema. Nesse caso, além da tecnologia ser uma grande aliada ao processo, tem impacto direto na satisfação da equipe.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Você também quer fazer a gestão de vendas de seus imóveis e ainda ajudar seu time a aumentar a produtividade e gerar mais lucro? Então você precisa conhecer melhor a nossa solução para incorporadoras. Preencha o formulário abaixo e entramos em contato com você.

Banner Palestra Online Como vender na internet
Gestão de Obras
5 razões espetaculares para você adotar já um software de gestão de obras para sua empresa!
Postado dia 11 de agosto de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Indústria da Construção

E entre tantos desafios, é muito comum encontrarmos empresas que na busca por alternativas que auxiliem na gestão de suas obras, façam a seguinte pergunta: Será que está na hora de procurar um software especializado no meu segmento? Quais serão os ganhos?

1# O que você acha de dar mobilidade aos profissionais da obra?

A indústria da construção,  possui uma característica que é ter inúmeros setores de trabalho como canteiro de obras, escritório e plantão de vendas distribuídos geograficamente. E a necessidade de trocar informações entre estes setores constantemente é muito forte.  Através de um software de gestão com recursos de acesso móvel, sua empresa ganha com os seguintes benefícios:

  • agilidade nos lançamentos de atividades efetuados no canteiro de obras
  • maior assertividade já que as informações coletadas no canteiro de obra são inseridas direto no sistema usando um tablet ou smartphone, sem preenchimento manual das planilhas
  • segurança – informações estão na rede com protocolos de segurança, e não em papéis que podem ser extraviados
  • acesso fácil – você pode acessar de qualquer lugar a qualquer hora.

2# Que tal integrar o que acontece no canteiro de obras com as áreas administrativa e financeira?

A característica das construtoras, de ter mais de uma obra acontecendo simultaneamente, em localidades e cidades diferentes, gera uma demanda enorme de integração das atividades que acontecem no canteiro de obras com as áreas administrativa e financeira.

A ótima notícia é que a integração pode ser completamente automatizada através de uma solução de ERP (Enterprise Resource Planning) especializada em gestão de obra. Sua empresa se beneficiará com:

  • informações precisas oriundas do canteiro de obras  em tempo real para tomada de decisões gerenciais
  • cronograma físico-financeiro que reflita em 100% a situação real das obras
  • o escritório de projetos fica conectado com o canteiro de obras
  • automatização das atividades, como apontamentos de mão de obra reduz a possibilidade de erros operacionais e retrabalhos. E elimina a necessidade de papel!

3# Você pode automatizar a medição e gestão de contratos, sabia que isso é possível?

Com os recursos para coleta e compartilhamento de informações, você pode ter uma gestão muito mais precisa sob os contratos e controle automático das medições, com os principais ganhos:

  • obter informações precisas dos serviços de empreiteiros e terceirizados
  • verificar a produtividade diária
  • controlar diariamente o consumo de materiais x serviços executados
  • evitar atrasos de cronograma

4# Melhorar muito o processo de compras – e evitar perdas financeiras, não é ótimo?

Você, que é dono ou atua como engenheiro ou responsável técnico, sabe que em uma obra, os materiais representam valores significativos. O custo com insumos pode chegar até 50% do valor da obra. O processo de compras tem impacto direto no lucro da sua empresa. Através de um fluxo de compras organizado e eficiente sua empresa ganha com:

  • integração entre o engenheiro de obra e a equipe de compras
  • redução de compras em duplicidade ou compras desnecessárias
  • definição de quem pode fazer quais compras na empresa
  • definição no sistema das autorizações necessárias no momento da compra
  • associação das compras por contrato e/ou por obra
  • redução do índice de compras emergenciais.

5# E para finalizar, que tal melhorar a gestão do caixa da sua empresa?

Com o uso de uma soluçãoadequada ao cenário da construção, você conquista:

  • maior controle sobre os desperdícios dos recursos, bastante comuns neste segmento
  • um fluxo de desembolso mais próximo da realidade
  • gestão bem mais simples e segura dos prazos
  • melhor negociação no processo de compras
  • medição on line, que também resulta em melhor resultado financeiro pela precisão.

Casos de sucesso, demonstram que quem já substituiu o preenchimento dos formulários manuais por soluções especializadas no segmento de gestão de obras, obteve excelente desempenho na diminuição de até 50% nas horas de retrabalho e aumento de 20% na produtividade.

Quer saber mais sobre o assunto? Preencha o formulário abaixo. Nós do Sienge queremos ajudá-lo neste processo de mudanças magníficas.

Para que os  nossos materiais fiquem ainda melhores, compartilhe sua opinião sobre o tema.

Se você quer saber como um software pode ajudar nesse processo, deixe uma mensagem abaixo:

Construção Civil
Construção Civil – Como enfrentar os novos desafios
Postado dia 24 de setembro de 2013 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão, Indústria da Construção, Sustentabilidade, Tendências

Todo ano o Mercado da Construção Civil sofre mudanças. E quem melhor se adéqua pode levar a melhor nesse setor tão competitivo.

Para enfrentar essas mudanças de mercado é preciso atentar-se a algumas questões, como por exemplo, alta competitividade, competência da concorrência, falta de mão-de-obra, aumento no preço dos serviços e insumos, baixa confiança de mercado e em função disso preparar-se para esse cenário. Por isso destacamos alguns pontos que as empresas da indústria da Construção Civil precisam estar atentas.

  1. Planejamento e Gestão de empresas: planejar, gerir, controlar, projetar e construir dentro de prazos e custos definidos, gerando resultados positivos para as empresas e consumidores.

  1. Normatização, qualidade e desempenho: para garantir a qualidade e o desempenho dos empreendimentos é necessário algumas ações que melhorem os processo internos e externos das empresas da Construção Civil, bem como atenção especial à nova norma de desempenho, NBR 15.575 –  instituída pela ABNT em 2013, que normatiza um nível de desempenho mínimo ao longo de uma vida útil para os elementos principais (como estrutura, vedações, instalações elétricas e hidrossanitárias, pisos, fachada e cobertura) de toda e qualquer edificação habitacional.

  1. Inovação: utilizar produtos e produzir soluções inovadoras faz com que sua empresa se mantenha na vanguarda de mercado, além de diminuir e racionalizar os gastos da empresa, aumentar o controle das ações, a qualidade dos serviços prestados e outros benefícios subsidiados pela tecnologia. Isso resulta no desenvolvimento de novos produtos imobiliários, sistemas construtivos, materiais, formas de captação de energia, pensamento e busca por diferentes alternativas para a reutilização e racionalização dos materiais. Assim como aplicar a tecnologia informação nos processos empresariais, melhorar as atividades internas das empresas.

  1. Industrialização: para o setor da Construção Civil isso vem em forma de melhorias nos insumos, maquinários altamente tecnológicos, ferramentas que promovem a mobilidade, como smartphone e tablets,  assim como processos de gestão da obra mais organizados,  através do uso de softwares. Isso tudo é o propulsor  do desenvolvimento de novos produtos imobiliários, novos sistemas construtivos, materiais e equipamentos, e novas metodologias de gestão, assim como aplicar a inteligência da tecnologia da informação nos processos empresariais e promover uma cadeia produtiva inovadora e sustentável.

  1. Qualificação profissional:  para evitar o futuro do “apagão” de mão-de-obra na Construção Civil e garantir pessoas capacitados para as necessidades atuais e futuras do setor é importante a qualificação de profissionais para as áreas todas dentro do setor, desde o operacional ao executivo.

  2. Sustentabilidade:  a discussão de planos diretores, problemas encontrados nas cidades, empreendimentos sustentáveis, novas formas  de captação energética, reciclagem de água, novos materiais, estão cada vez mais recorrentes em função disso é necessário se atualizar e começar a pensar em soluções, como por exemplo, novas formas de concepção de empreendimentos, o desenvolvimento urbano, o conceito de Cidade Inteligentes – orientam seu crescimento econômico sustentável para seus cidadãos, isso ligado a sistemas contendo informações precisas sobre o desenvolvimento das cidades, o que dá o poder de tomar decisões antecipadas para qualquer tipo de problema.

  3. Desenvolvimento imobiliário: para promover o desenvolvimento urbano de forma inovadora e sustentável, é necessário criar valor para os Stakeholders,  que são elementos essenciais para o planejamento estratégico dos negócios,  gerando resultados econômicos, financeiros e sociais para todas as partes interessadas.

Todos os pontos abordados a cima estão relacionados entre si, por isso tão necessário quanto criar soluções inovadoras e sustentáveis que se adequem ao desejo do consumidor, também é preciso ter planejamento para a empresa conseguir prever seus gastos, seguido de um acompanhamento adequado, que mostra se determinado empreendimento está de acordo com o que foi previsto.

Se você acha que sua empresa precisa se organizar melhor, fazer mais análises de suas projeções e vendas ou se ela precisa ter mais agilidade nas tomadas de decisão fale um dos nossos consultores que eles acharão a melhor solução para sua empresa.

Software para construção civil
Software para construção civil auxiliando tomada de decisão
Postado dia 17 de julho de 2013 | Nenhum Comentário
Categorias: Funcionalidades Sienge, Gestão, Indústria da Construção, Sienge, Software, Tendências

O melhor Software para construção civil também te ajuda na tomada de decisão. Estratégia, planejamento e ações deixarão de ser um problema e se tornarão solução!

Para a indústria da construção o cenário de tomada de decisão é bem complexo, pois ele depende de diversos setores que estão fisicamente separados, parte dela aloca-se em um escritório, outra no canteiro de obras e outra no plantão de vendas. Ter um bom software para construção civil deixa essa tarefa muito mais fácil.

Pensando em facilitar o processo de tomada de decisões das construtoras e incorporadoras, desenvolvemos o módulo de Suporte a Decisão. Que permite acesso rápido as informações e relatórios comparativos, dando assim, uma macro visão das situações permitindo tomar decisões preventivas ou corretivas.

Como o Sienge integra todos os setores de uma obra, desde o planejamento, o financeiro, a engenharia até o acompanhamento de viabilidade econômica. A software para construção civil de Suporte a Decisão não poderia ser diferente, ele atende a todos esses setores e fornece dados precisos para cada um deles. E ele está subdividido em:

  • Gerencial Financeiro: você pode visualizar a situação financeira de sua empresa de forma organizada, o que evita decisões que prejudicam o fluxo de caixa ou a lucratividade da empresa, além de emitir análises de fluxos de caixa, demonstrativo dos pagamentos e recebimentos ocorridos na obra ou na empresa como um todo, entre outras análises.
  • Gerencial de Obras: é um dos mais usados por nossos clientes. Ele ajuda na manutenção da margem de lucro de obras durante seu andamento, permite a percepção em tempo real de discrepâncias entre o orçado e valores comprometidos ou gastos. Isso tudo é visível através de gráficos e relatórios que fazem o quadro comparativo do Planejado X Comprometido, Medido X Comprometido, Custo por Nível, entre outros.
  • Gerencial Suprimentos: é um sistema que fornece dados referentes à quantidade de material orçado, comprado e tudo aquilo que já foi usado. Com esse sistema a empresa tem uma visão do desempenho do departamento de compras e dos estoques. Nele encontra-se o gráfico de curva ABC de apropriações, onde os insumos são classificados por grau de importância.
  • Orçamento Empresarial: permite que seja feito o plano de orçamento empresarial com base no plano financeiro e grupos de informações diferentes, como por centro de custo, por departamento, entre outros. Isso tudo dá ao gestor um panorama geral, bem detalhado e atualizado dos setores da empresa, o que auxilia na tomada de decisões e na boa saúde da empresa.

O sistema de Viabilidade Econômica e o Acompanhamento de viabilidade são sistemas que servem como ferramentas de decisão no planejamento e acompanhamento de novos empreendimentos.

  • Viabilidade econômica: permite cadastrar vários estudos para um mesmo empreendimento, simular diferentes cenários econômicos (otimista, pessimista) e incluir todas as variáveis do estudo no sistema, como; custo de construção, compra de terreno, impostos, corretagem, publicidade, entre outras.
  • Acompanhamento de Viabilidade: faz o acompanhamento em tempo real e contínuo dos resultados obtidos em um empreendimento, comparando-os com o estudo de Viabilidade Econômica.

O Modulo de Suporte a Decisão ajuda a empresa a estruturar suas ações, podendo assim tomar medidas preventivas para o alcance das metas financeiras preestabelecidas pelo planejamento.

Se você se interessou pelo nosso Software para construção civil, entre em contato conosco através do formulário a baixo:

blog-28-06-2013
Software para Construção Civil para melhorar sua gestão
Postado dia 28 de junho de 2013 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Software, Tendências

Pensando em adquirir um Software para Construção Civil? Trouxemos então 7 dicas para fazer uma escolha mais assertiva.

Normalmente, o objetivo é melhorar a comunicação entre os setores da empresa, evitando, assim, gastos desnecessários e o retrabalho, além de acompanhar mais de perto o andamento de todos os projetos. Entretanto, para que o investimento em um Software para Construção Civil traga retorno imediato para a empresa é preciso fazer uma escolha criteriosa.

É por isso que queremos mostrar as 7 perguntas que você deve fazer antes de comprar um software.

  1. O que determina o preço do Software para Construção Civil? Geralmente, o preço do software é determinado de três formas: 1º) O número de usuários que usarão o sistema;  2º) Usuários múltiplos, ou seja, quantas pessoas acessarão o sistema ao mesmo tempo e; 3º) Por processador, é calculado pela quantidade de máquinas – computadores ou servidores, que estarão rodando o sistema.
  2. Quais custos então inclusos além do investimento inicial? É bom saber o preço de alguns itens que não são o software, como, por exemplo, o preço da manutenção, a instalação, entre outros.
  3. Qual é a escalabilidade do Software para Construção Civil? A escalabilidade é a capacidade ou o preparo que o software tem de crescer junto com a sua empresa, de oferecer upgrades e atualizações do sistema, sem muitas customizações.
  4. O software é compatível com a minha network, hardware e data? É interessante saber se o software é compatível com outros sistemas usados na empresa, como, por exemplo, o MS Project, o Excel, programas de contabilidade, entre outros.
  5. Como funciona a política de suporte ou a solução de problemas da empresa fornecedora do software? Quais são os horários de atendimento do suporte técnico da empresa? Alguns fornecedores de Software para Construção Civil irão solucionar seus problemas somente quando forem identificados por algum usuário. Outras empresas têm uma política que procura fazer atualizações e correções com certa periodicidade .  Ambas são eficientes quando são empresas com boa reputação no mercado.
  6. Como funciona a comunicação de updates da empresa? Existe alguma forma de relacionamento com o cliente após a venda? Há basicamente duas formas de comunicar as modificações e novos produtos do software aos clientes. Uma delas é  não avisar o usuário sobre as modificações. Nesse caso, a empresa acredita que quando o usuário tiver algum problema ou alguma dúvida, ele entrará em contato,  e aí sim será comunicado de alguma possível atualização. No segundo caso, a empresa tem uma forma de comunicar seus clientes, através de newsletter, aviso no próprio sistema, no site, entre outras formas.
  7. Há referências de outros clientes com estrutura parecida com a minha? É sempre muito importante saber a opinião de outras empresas sobre o produto que você está prestes a comprar.
Blog do Sienge – Tudo sobre a indústria da construção civil
Postado dia 3 de dezembro de 2012 | 4 Comentários
Categorias: Indústria da Construção, Sienge

O blog do SIENGE é o canal de comunicação e de compartilhamento de conhecimento para todos os profissionais, estudantes e entusiastas da Indústria da Construção Civil.

O Sienge é o produto de uma história de mais de 20 anos de conhecimento de software e da indústria da construção. A Softplan começou a trabalhar no software lá em 1991, quando a internet ainda nem estava disponível comercialmente no país. Nem mesmo o Windows 95 estava por aí, o uso de computadores ainda era coisa de especialista. Os três sócios-fundadores da Softplan desenvolveram o Sienge juntos e começaram a procurar por construtoras e empresas que pudessem se interessar pelo sistema, daí para frente a história de sucesso você já conhece. Em todos estes anos, já passamos junto com nossos clientes por vários momentos diferentes da indústria da construção, altos e baixos, fomos nos adaptando e crescendo tecnologicamente. Quando a internet ainda estava se consolidando no país, nós já estávamos trabalhando para que o Sienge fosse totalmente Web. Estivemos sempre focados no futuro, temos um time composto por especialistas da indústria da construção e da tecnologia, e achamos injusto não compartilhar do conhecimento destes profissionais com todo um público que está sempre procurando evoluir na vida profissional.

Foi pensando em dividir a nossa experiência e expertise na construção civil que em 2012 criamos este espaço com o intuito de gerar discussões e possibilitar o compartilhamento de informações e impressões sobre assuntos relevantes do nosso segmento. Temas que vão desde tendências do mercado imobiliário e da indústria da construção civil até comportamento econômico nacional e internacional do macrossetor. Mostramos também cases de sucesso, tendências, novas tecnologias construtivas entre outros temas. Aqui você também encontra materiais úteis, como planilhas, ebooks e guias de normas feitos para te ajudar a melhorar a gestão da sua empresa e facilitar o seu cotidiano profissional.

Dentro deste espírito, esperamos a sua participação, sugerindo assuntos do seu interesse que possam ser temas dos nossos próximos posts. Estamos sempre prontos para buscar informações e tirar as dúvidas de nossos leitores. Tem algum tema para nos sugerir? Deixe um comentário no final deste post!

O diretor da Unidade da Indústria da Construção e também um dos fundadores da Softplan, Carlos Augusto de Matos, fala um pouco mais sobre a razão de ser do nosso blog:

“Criamos o Blog Sienge com o objetivo de discutir assuntos relacionados à Indústria da Construção. Esperamos que ele seja um canal movimentado e ativo, possibilitando o nosso melhor entendimento do mercado, mais eficiência na comunicação, mais interação com o público, entre outros fatores que surgirão com os desdobramentos.  Todos estão convidados a participar: clientes, prospects, colaboradores, estudantes e demais interessados.”

Construção civil

Carlos Augusto de Matos, Diretor da unidade da indústria da construção na Softplan/Poligraph.

Para quem tem curiosidade de saber um pouco mais sobre o Sienge e a Softplan, aqui vai um pouco da nossa história:

A Softplan está no mercado há mais de 20 anos, conquistou reconhecimento no território nacional e internacional com   mais de 2300 clientes.  A empresa tem uma equipe qualificada com mais de 1200 colaboradores, além de manter alianças com os mais respeitados fornecedores mundiais de tecnologia e convênios com instituições de ensino. Os sistemas são  especializados no negócio do cliente o que proporciona agilidade aos processos, otimizam tempo e economizam recursos por  meio da automação, integração e padronização das rotinas de trabalho.

A primeira solução implementada pela Softplan foi o Sienge, produto da Unidade Indústria da Construção. O Sienge é um ERP (Enterprise Resource Planning) 100% web criado para a indústria da construção civil. Para saber mais visite o nosso site.

banner sobre pedir demonstracao
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa