Posts Tagged / Gestão de Obras

Levando conhecimento para a Indústria da Construção




simbolo proibido mosquito aedes
Combata o mosquito da zika e da dengue na sua obra!
Postado dia 12 de janeiro de 2017 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Novidades Blog, Tendências

O Sienge preparou um kit de combate ao Aedes Aegypti no canteiro de obras. Faça download do material e utilize na sua empresa!

O Brasil enfrenta um surto de doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti, como a dengue, zika e chikungunya, e a melhor forma de evitá-las é eliminando o mosquito. Sua empresa também tem que fazer a sua parte, participe no combate a dengue, zika e chikungunya no canteiro de obras!

A indústria da construção tem um grande papel a desempenhar neste combate à dengue, pois o ambiente ideal para a proliferação do mosquito pode ser encontrado facilmente em construções. Segundo o Ministério da Saúde, 20% dos focos de dengue no país estão em canteiros de obra. É por isso, que o Sienge preparou um kit de combate à dengue no canteiro de obras para você utilizar em sua empresa.

Muitos estados e municípios tem adotado medidas para multar locais onde o mosquito é encontrado, como é o caso da prefeitura de Goiânia, que chegou a multar uma construtora em 19 mil reais por ter focos do Aedes em sua obra. Além disso, a prevenção é um modo de evitar as doenças no trabalho. A técnica em edificações Sheyla Schneider diz em depoimento ao blog Vamos Construir que trabalhou em uma obra onde 80% das pessoas pegaram dengue por causa de um foco de larvas que não foi levado em consideração, o que dificultou muito o trabalho.

Algumas entidades e empresas já estão agindo com campanhas de prevenção e conscientização. O CREA-SP e o CREA-SC já estão em campanha contra a Dengue e o Zika vírus, inclusive realizando visitas e fiscalizações. Quanto às empresas privadas, a MRV Engenharia traçou um bom exemplo com uma campanha de conscientização nacional.

Como fazer a minha parte?

Você pode começar baixando o nosso kit de prevenção ao Aedes Aegypti em obras. Nele, você vai encontrar informações sobre o mosquito, as doenças que ele transmite e materiais práticos para a sua empresa, como cartazes para afixar no local da construção, materiais alertando para a prevenção do mosquito que você pode enviar aos seus colaboradores e um eBook que também pode servir como modelo de apresentação para a conscientização dos funcionários, por exemplo, na reunião da SIPAT. Se cada um fizer a sua parte, é possível diminuir os focos do mosquito, melhorando assim, a saúde no ambiente de trabalho e na cidade!

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Algumas ações importantes para erradicar o mosquito no canteiro de obras:
– Evitar o acúmulo de água parada em recipientes (potes, baldes, masseiras, etc)

– Escoar a água parada de lajes, calhas, poços de elevador, lonas e fundações

– Estocar equipamentos de proteção e outros que possam acumular água em locais cobertos e seguros

– Cobrir caixas d’água e outros reservatórios de água

– Adicionar medidas de cloro em locais de estocagem de água não-potável (NÃO USAR cloro em reservatórios de água para uso humano ou animal)

– Descartar o lixo corretamente em sacos plásticos amarrados

– Afixar cartazes com informações para evitar acúmulo de água e lixo

– Conscientizar funcionários sobre a prevenção e os perigos do mosquito Aedes Aegypti por meio de palestras, reuniões e campanhas de vistoria.

– Fazer vistorias semanais para procurar por focos do mosquito e verificar se a prevenção está correta

Quer baixar o kit de prevenção à dengue na construção civil?

 

Apontador de Obras
Qual o papel do Apontador de Obras?
Postado dia 17 de agosto de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Fiscal, Gestão, Indústria da Construção, Sienge

Você sabe o que faz o Apontador de Obras e qual a sua função em uma empresa? Descubra no nosso post!

O que faz o apontador de obras? Entre todos os profissionais de uma obra, o apontador é um dos mais importantes. É ele quem integra os trabalhos no canteiro e do escritório, pois exerce funções importantes para os dois ambientes, fornecendo informações estratégicas para o acompanhamento das obras e o cumprimento do planejado.

Esse profissional é responsável por fazer levantamentos e registros diários no canteiro de obras, tais como fiscalizar o registro de ponto e ajudar a área administrativa passando informações quanto à alimentação, transporte, vestuário, etc. Além disso, também orienta o pessoal quanto às normas da empresa e normas técnicas, gerencia a presença dos visitantes e fornecedores no canteiro de obras.

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupação do Ministério (CBO) do Ministério de Trabalho e Emprego, a função de Apontador de Obras também pode ser chamada de: Anotador de mão-de-obra, Anotador de pessoal, Apontador de pessoal, Apropriador de mão-de-obra e Controlador de mão-de-obra. Oficialmente, a CBO determina que a função do Apontador de Obras é:

“Anotar a produção e controlar a freqüência de mão-de-obra. Acompanhar atividades de produção, conferir cargas e verificar documentação. Preencher relatórios, guias, boletins, plano de carga e recibos. Controlar movimentação de carga e descarga nos portos, terminais portuários e embarcações. Podem liderar equipes de trabalho.”

Pode-se dizer que o apontador de obras é uma espécie de “agente do RH” no canteiro, pois geralmente fica responsável por verificar a presença dos funcionários, faltas, horas extras, acompanhar pausas para almoço, final do expediente, preparar rescisões, folhas de pagamento e até mesmo ajuda a recrutar e registrar novos funcionários.

Para exercer essa função é necessário saber utilizar as ferramentas corretas para controle, tais como planilhas e softwares de gestão. Também é essencial conhecer a legislação trabalhista e as normas de segurança, bem como outras normas da construção civil. Esse trabalhador é, geralmente, subordinado ao mestre de obras e à equipe de RH da empresa.

banner sobre palestra adeus planilhas

Outra função do apontador de obras é fiscalizar o uso de equipamentos de segurança, auxiliando o técnico ou engenheiro de segurança a cumprir suas tarefas. Também pode atuar junto aos responsáveis pela compra de insumos, ajudando no controle do recebimento de fornecedores e verificando necessidades do canteiro de obras. Auxilia, por vezes, nas medições e nos levantamentos necessários para o controle de qualidade nas obras.

Segundo informações da Catho, o salário médio para Apontador de Obras no Brasil é de R$ 1.433,33. Dentre as qualificações deste profissional, a Catho aponta que 24% têm Graduação, 12% são graduados em Administração de Empresas e 5% têm Inglês intermediário.

É importante lembrar que não é pré-requisito ter uma formação especifica para trabalhar na área, mas muitas empresas exigem experiência em atividades administrativas e domínio de ferramentas de gestão.

Esse profissional é essencial para que o escritório – ou seja, a equipe administrativa – esteja ciente do que acontece no canteiro de obras. O caminho para evoluir na área e chegar a Encarregado Administrativo da Obra, é especializar-se através de cursos, ser organizado e dominar várias ferramentas de gestão que substituam as várias planilhas de controle. Os requisitos para saber coordenar atividades relacionadas à gestão de qualidade, por exemplo, são conhecimentos muito úteis para esse profissional.

Uma das maiores responsabilidades desse profissional é garantir o sucesso das equipes terceirizadas, fiscalizar o seu trabalho e determinar seus horários. Para garantir que tudo seja feito da forma mais correta, é essencial ter conhecimento da CLT e estar bem treinado.

Antigamente, o trabalho desse profissional era feito com lápis e papel, na base da prancheta. Daí o nome apontador, pois era o responsável por colocar tudo “na ponta do lápis”. Hoje em dia, nem é preciso dizer, a tecnologia transformou a função. Esse trabalho é realizado, por vezes, utilizando planilhas e fichas de controle.

Nas empresas mais modernas e automatizadas, o trabalho do apontador é totalmente integrado com outros setores da empresa através do uso de softwares de gestão, como o nosso ERP, o Sienge.

Conheça as Soluções do Sienge que podem facilitar o trabalho de medição e apontamento nas obras!

Caso deseje saber como podemos ajudar nas suas obras, mande uma mensagem através do formulário abaixo e entraremos em contato!

banner sobre o quiz insumos da construção civil

gestão de qualidade na construção civil
Como atua a Gestão de Qualidade na Construção Civil
Postado dia 5 de agosto de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão, Indústria da Construção, Sienge, Software

A tomada de decisão pode ser fortemente sustentada pela Gestão de Qualidade na construção civil. Saiba como utilizar as informações a favor da sua empresa:

Carla trabalha em uma construtora e é responsável pela área de Gestão de Qualidade. Toda segunda-feira pela manhã ela reserva alguns minutos da sua rotina para extrair informações estratégicas que serão utilizadas na reunião gerencial, que acontece sempre na parte da tarde do mesmo dia. Hoje esse processo é bem simples e tranquilo, mas nem sempre foi assim.

No passado Carla só conseguia entregar os relatórios a cada quinze dias, e para isso passava quase uma semana fazendo contato com cada área e envolvidos no processo para coletar as informações. Para piorar, as informações chegavam com erros. Até a hora da reunião, Carla tinha informações defasadas, que se tornavam inúteis!

Cansada dessa maratona e das divergências dos dados, Carla pesquisou as melhores opções de software para automatizar esse processo. Feita a análise aprofundada das alternativas, faltava convencer Marcos, o proprietário da construtora e Leonardo, o engenheiro responsável pelas obras. Convencê-los foi o mais fácil, afinal, eles já tinham percebido que essa era uma necessidade da empresa.

Hoje Carla extrai as informações de forma simples e rápida. Entre os dados estão:

  • Percentual de entrega dos serviços de empreiteiros e terceirizados em geral
  • Produtividade diária
  • Consumo de materiais x serviços executados
  • Compras previstas x realizadas
  • Fluxo de desembolso
  • Apontamento de horas dos fornecedores
  • Relatório de medição
  • Locação x utilização de máquinas e equipamentos
banner sobre o quiz insumos da construção civil

É muito comum encontrar empresas com dificuldades em extrair as informações em tempo real sobre o desempenho das obras.
Na sua empresa estas informações são acessíveis a qualquer momento e com exatidão?

Os benefícios de ter estas informações você já sabe, hoje a Carla e seus superiores também sabem. Atualmente ela percebe que esse trabalho suporta as decisões que são tomadas para o futuro da empresa! Confira os principais benefícios:

  • Ter informações precisas e em tempo real para tomada de decisões gerenciais
  • Ganhar tempo (muito tempo) no levantamento das informações
  • Menor margem de erro, porque quando anotadas nos formulários, uma letra ilegível pode ser interpretada de forma errada
  • Facilitar a localização das informações que estão organizadas na web, e não em uma pilha de papéis
  • Fazer a conexão do escritório com o canteiro de obras
  • Corrigir erros imediatamente quando são verificados desvios
  • Evitar desperdícios
  • Minimizar atrasos de cronograma
  • Associar as compras por contrato e/ou por obra
  • Reduzir do índice de compras emergenciais
  • Ter maior controle sob os desperdícios
  • Possuir um fluxo de desembolso mais próximo da realidade
  • Controlar de forma rápida e segura o apontamento de horas e fornecedores
banner do quadro de indicadores

Para que sua construtura possa também usufruir destes benefícios que a Carla da Gestão de Qualidade na construção civil implementou na construtora em que ela trabalha, existem soluções especializadas em gestão de obras. Estas soluções permitem acesso de qualquer lugar, a qualquer hora e com investimentos bem acessíveis.

Se você tem interesse em saber mais sobre Gestão de Qualidade na construção civil, entre em contato com o Sienge.

banner sobre a palestra construção sem orçamento

infográfico gestão de obra
Infográfico: a caixa de ferramentas completa para fazer uma boa gestão de obra!
Postado dia 8 de junho de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção

Veja o nosso infográfico que indica a caixa de ferramentas completa para fazer uma gestão de obra ainda melhor!

No cenário atual cada vez mais competitivo da construção civil, existe espaço para a sua construtora se destacar, basta ter um bom planejamento e gestão de obra!

Somente 28% das obras cumprem o prazo e o orçamento, segundo o Instituto Bramante de Arquitetura e Design. Uma sondagem feita pela
Câmara Brasileira da Construção (Cbic) mostrou que 68% das obras de suas associadas estão em ritmo lento ou completamente paradas. E pior
do que os prejuízos financeiros que vêm com isso são os vários outros problemas, como a perda de mercado e de confiança por parte de clientes e potenciais clientes.

Investir no planejamento e gerenciamento a cada nova obra, por outro lado, só vai trazer resultados positivos: competitividade, excelência no atendimento e até mesmo redução de custos – segundo o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Arquitetura (IBDA), é possível reduzir em até 6% o custo final de um empreendimento.

Para ajudar a melhorar o seu planejamento e gestão, preparamos um infográfico com as principais ferramentas que garantem uma boa gestão de obra:

Veja o infográfico!

infografico caixa de gestao de obras
Fluxo de Caixa
Fluxo de Caixa – Saiba como escolher a melhor solução
Postado dia 28 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção

Ter um fluxo de caixa eficiente deixou de ser diferencial competitivo, agora é obrigação! Saiba como o Sienge pode te ajudar.

Existe um descasamento característico entre os eventos de ingresso e desembolso de capital na construção civil, e conciliar o fluxo de desembolso e recebimento de cada obra é fundamental para que o desenvolvimento dos empreendimentos não comprometam o caixa da sua empresa.

Para isso, você precisa buscar uma solução tecnológica que, além de tornar esse processo mais eficiente, dê o suporte necessário para decisões estratégicas na sua construtora. Esse post é para ajudar você a encontrar a solução ideal.

Busque uma solução que permita a gestão do fluxo de caixa em tempo real, com a integração do financeiro, vendas e suprimentos. Esses dois geram, a partir dos pedidos e contratos de vendas e prestação de serviços, títulos que dão previsão financeira.

Uma solução que trabalha com o conceito de mobilidade será diferencial. O acesso móvel impulsiona o registro das informações na hora certa, assim que acontecem. Veja esse exemplo: por meio de um tablet, o responsável pela obra registra o consumo de material imediatamente quando acontece. Essa informação chega a área de Suprimentos, que já tem condições de avaliar a necessidade de reposição e quando ela deve acontecer. Ao fazer o pedido de compras, a previsão desse desembolso já aparecerá no fluxo de caixa. Com mais rapidez, precisão e segurança.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Flexibilidade também é muito importante. Escolher a periodicidade do fluxo de caixa: mensal, quinzenal, semanal ou diário são opções que devem estar a seu dispor. Ter a possibilidade de desconsiderar as previsões de recebimentos dos clientes inadimplentes, é outro recurso fundamental, pois essas informações distorcem sua análise financeira. Por exemplo, no seu relatório de fluxo de caixa aparece R$450.000,00 de previsão de recebimento até determinada data. Mas nesse valor, estão contidos os valores que, embora previstos inicialmente, não vêm sendo pagos por seus devedores. Esta informação distorce a sua previsibilidade de caixa daquela obra e pode levar você a tomar uma decisão equivocada de compra de material, por exemplo.

Uma solução que conhece a construção civil, também dispõe de recursos para um excelente fluxo de caixa futuro, provendo o estudo de viabilidade econômica dos empreendimentos. Esse estudo deve considerar a projeção de custos como contratação de mão de obra e necessidades de aquisição de máquinas ou equipamentos, assim como investimentos em marketing e vendas.

Essa é uma visão de longo prazo, que considera também a projeção das receitas, baseadas na relação unidades disponíveis pra venda, tabela de preços e velocidade de venda. De posse dessas informações, sua empresa pode avaliar se o empreendimento é viável ou se será necessário buscar recursos de terceiros.

Que tal receber em seu email, relatórios para acompanhar o fluxo de caixa de sua empresa? Uma solução especializada no segmento da construção civil deve conhecer o ritmo acirrado do dia a dia. Você pode receber periodicamente, o relatório de fluxo de caixa sintético, por exemplo, para saber se sua empresa está trabalhando com aperto ou folga financeira no período avaliado. Não precisa nem acessar a ferramenta!

Para que você tome as melhores decisões para sua construtora, busque uma solução que vincule as informações de fluxo de caixa com o realizado nas obras. Dispor de visões gerenciais que mostrem o fluxo de caixa versus o evolução física da obra, faz toda a diferença no momento de analisar a situação financeira de um empreendimento.

Por exemplo, receber somente a informação de que o fluxo de desembolso está menor que o previsto até determinada data, pode fazer você pensar que a obra terá uma lucratividade maior que a inicialmente prevista. Mas, se a solução lhe mostrar, na mesma análise, a informação de que o realizado da obra também está menor que o previsto, certamente entenderá que o desembolso ainda deverá ocorrer, conforme orçado.

Siga essas dicas para encontrar a solução certa para sua construtora. Com elas você conseguirá maximizar a utilização dos recursos financeiros, dimensionar a obtenção de recursos e manter equilibrado o caixa das suas obras.

Quer saber mais sobre sobre como trabalhar com um fluxo de caixa mais eficiente nas suas obras? Fale conosco e vamos lhe ajudar!

banner sobre o quiz desperdicio

Quer saber mais sobre sobre como trabalhar com um fluxo de caixa mais eficiente nas suas obras? Fale conosco e vamos lhe ajudar!

Gestão de Compras
Gestão de Compras – Ter o processo na mão é garantia de sucesso!
Postado dia 21 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

Ter uma Gestão de Compras eficiente te garante mais resultado e planejamento. Acha que é difícil? O Sienge te ajuda!

Isso se aplica também no dia a dia dos profissionais nas empresas. Isso é mobilidade! Os grandes facilitadores desse movimento são os chamados aplicativos ou Apps (apelido dado para o termo que vem do inglês: application). Com a tecnologia de mobilidade, a área de compras também tem benefícios!

No ebook Como fazer Gestão de Compras de forma conectada com o canteiro de obras, você recebeu valiosas dicas de como tornar a Gestão de Compras estratégica para sua empresa e de forma conectada ao canteiro de obras. Você também teve a oportunidade de ler que uma solução que utiliza mecanismos de workflow para o processo de compras trás muito mais eficiência para sua construtora.

Agora, que tal trazer ainda mais velocidade e acessibilidade ao processo de compras, e ainda aumentar a produtividade de seu time de compradores, permitindo as aprovações de compras onde o responsável estiver?

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

Toda sua empresa irá se beneficiar com o acesso fácil às informações – sem riscos de atrasos para as cotações ou pedidos – por demora na aprovação. Veja exemplos de como ter o processo de compras na palma da mão é garantia de sucesso para sua construtora:

  • Seu diretor financeiro está em uma reunião. É reunião de planejamento, deverá durar quase toda a tarde. Ao término dessa reunião, esse diretor deverá ir direto para casa, por que hoje a noite é seu aniversário de casamento. Ou seja, se depender do acesso dele ao computador, a aprovação vem só amanhã. Mas essa aprovação é muito importante! O comprador precisa dar andamento com urgência, para conseguir que a entrega aconteça dentro do planejado para determinada obra..A boa notícia é que ele não vai precisar pelo término da reunião! Isso porque de lá mesmo o diretor financeiro poderá acessar as compras pendentes de aprovação e dar o devido andamento. Basta usar um tablet e pronto!
  • E agora? Seu gerente de compras não está na empresa, passará dois dias fora, visitando uma feira do segmento. E e comprador precisa do retorno sobre um pedido de compra pendente. Negociar este pedido não foi fácil, e para aproveitar aquele preço especial, o pedido precisa ser aprovado ainda hoje!
  • Fácil! Basta seu gerente acessar do celular a lista de pedidos pendentes com ele, e pode aprovar determinada compra de sua alçada pelo seu smart phone e pronto! o comprador já pode encaminhar o pedido ao fornecedor.

Por meio de um aplicativo para dispositivos móveis, você poderá realizar as aprovações com velocidade, eficiência e de qualquer lugar! Para saber mais sobre estas facilidades, fale com a gente!

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Use a tecnologia para otimizar seus custos
Postado dia 2 de julho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

Com uma Gestão de Obras correta, analisando os custos envolvidos, você terá informações precisas para apoiar a decisão por ações que aumentem a rentabilidade dos empreendimentos.

Por quanto tempo a máquina trabalhou e em qual obra? Quanto sua manutenção custou a construtora neste período? Quanto foi consumido em combustível, óleo, graxa ou peças de reposição? A primeira vista, estas perguntas parecem difíceis de responder. Mas, com a tecnologia especializada em gestão de obras, você obterá estas respostas com segurança e rapidez.

A apropriação de custos no canteiro de obras gera resultados mais precisos para seus empreendimentos. O uso de uma solução de gestão obras facilita este processo, por meio de recursos de apontamento e controle utilizados diretamente no canteiro. Estes recursos  permitem a apuração dos dados da produção diária de sua obra, é possível saber qual a quantidade e o custo do trabalho realizado de cada máquina ou equipamento.

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

Uma boa solução de gestão de obras também oferece formas para controlar a rotina de manutenções das máquinas e equipamentos. Com estes recursos, é possível a apuração dos custos referentes a peças, acessórios de reposição e  materiais, como pneus e correias, combustíveis, óleos lubrificantes, graxa, por exemplo.

No atual cenário econômico, as margens das construtoras são cada vez mais justas.

Busque tecnologia adequada e especializada em construção para ter o controle exato dos números de cada obra, contar com relatórios gerenciais e demonstrativos contábeis precisos. Assim, você pode avaliar os resultados e traçar ações que aumentem a rentabilidade dos empreendimentos.

Para saber mais sobre apropriação de custos, continue acompanhando nosso blog!

superbanner da planilha do modelo de diário de obras

Ou se você quiser saber como podemos te ajudar na apropriação de custos, deixe uma mensagem no formulário abaixo:

Conte sempre com a equipe Sienge.

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Mais rentabilidade com apropriação de custos
Postado dia 22 de junho de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão

Em tempos de crise, fazer uma boa Gestão de Obras pode fazer sua empresa disparar na frente de seus concorrentes.

Sua construtora certamente possui inúmeras obras em andamento simultaneamente. Uma diversidade de equipamentos e máquinas utilizados em cada uma delas: tratores de esteira, escavadeiras e retro-escavadeiras, motoniveladoras e rompedores hidráulicos. As ferramentas vão desde martelos e alicates, até picaretas, pás e serras circulares. O uso destas ferramentes implica em  um custo.

A apropriação correta destes custos nos canteiros de obra, se torna um grande diferencial para sua empresa, pois é a partir daí que você tem uma apuração de resultados muito mais realista sobre aquela obra. Assim, sua construtora tem a Gestão de Obras precisa de seus empreendimentos.

Por exemplo, uma retro-escavadeira trabalhou na obra A durante 5 meses. Durante este período, foram consumidas dezenas de litros de combustível, houve uma manutenção preventiva e a troca de óleo lubrificante do sistema hidráulico.

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

O custo horário máquina (taxa horária pode ser calculada considerando custo de aquisição, expectativa de vida útil, valor residual e depreciação, por exemplo) das horas de trabalho da retro-escavadeira nesta obra, assim como todos os custos referentes ao combustível consumido, às horas da manutenção e aos litros de óleo, devem ser atribuídos à obra A.

Fazendo uma Gestão de Obras e um controle eficiente da alocação dos equipamentos e apropriando os seus custos na obra onde estiverem trabalhando você obterá mais precisão no controle financeiro dos empreendimentos de sua empresa.

Acompanhe nosso blog! Logo falaremos mais sobre a importância desta questão e quais suas alternativas! Pra adiantar, você pode ler mais dicas sobre Gestão de Obras que melhoraram a produtividade no canteiro de obras aqui. É o Sienge facilitando sua vida.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Mercado Imobiliário
Mercado Imobiliário – Como driblar os problemas na economia
Postado dia 19 de maio de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Tendências

Os problemas na economia afetam todos, mas poucos sabem tirar proveito dessa situação e dar a volta por cima no Mercado Imobiliário.

Para o Mercado Imobiliário, as previsões de crescimento também não são positivas e de acordo com pesquisa realizada pelo Sinduscon-SP em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) há a expectativa de aumento das demissões na área por conta da diminuição do volume de obras. Mas saiba que mesmo diante de um momento de incerteza, você pode tomar decisões para obter os melhores resultados para o seu negócio, com redução de custos e aumento da lucratividade.

banner do ebook sobre produtividade na construção

Por isso, agora mais do que nunca, é hora de colocar em prática a gestão integrada da sua empresa, buscando ter o controle de custos altamente eficiente. A gestão integrada pode resultar em 30% de eficiência em despesas e prazos, o que, sem dúvida, é uma importante vantagem competitiva.

Além das previsões da economia do país, o Mercado Imobiliário precisa driblar outros contratempos do dia a dia para melhorarem sua performance. Entre eles o desperdício dos materiais usados em obras, os gastos excessivos com a compra de materiais importados, devido à alta do dólar, e a falta de gerenciamento adequado da equipe. Não é uma tarefa fácil. Mas, um bom planejamento realizado antes de iniciar a obra certamente vai ajudar e, muito, principalmente na redução de custos.

banner sobre o quiz desperdicio

Hoje em dia, a tecnologia dispõe de softwares que auxiliam em todo esse processo. Os sistemas de gestão de obras permitem que as empresas desenvolvam seu trabalho de forma organizada, com controle do orçamento, planejamento e acompanhamento físico da obra e ainda, com a possibilidade de integração com outros departamentos. A integração com o RH, por exemplo, permite avaliar a produtividade dos funcionários e, a partir daí, criar planos de ação para melhorar o desempenho da equipe. No e-book “Saiba como o uso da tecnologia beneficia as diferentes áreas da sua empresa no segmento da construção” , você encontra as principais vantagens e benefícios em investir mais em tecnologia e como integrar todas as áreas da sua empresa. Não deixa de ler!

Aproveite que o ano ainda está começando e coloque em prática estas orientações. Diante de um momento econômico cheio de incertezas, como o que estamos vivendo, é fundamental controlar o que só depende de você e ajustar os custos que estão, muitas vezes, dentro de casa. Agir agora é a garantia de competitividade e continuidade no Mercado Imobiliário.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Locação de Equipamentos: saiba o custo real de sua obra
Locação de Equipamentos: você sabe o custo real de sua obra?
Postado dia 13 de maio de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Indústria da Construção, Novidade Sienge

O Sienge quer fazer da locação de equipamentos assunto fácil de lidar. Confira nesse post exclusivo.

Um bom orçamento garante grande parte do sucesso de sua obra <leia mais no post Porque é importante investir mais tempo na elaboração do orçamento de obras>. Elaborar um orçamento conciso é essencial para o entendimento do custo real da obra. Para isso é necessário ter conhecimento de todos as variáveis que compõem os custos de obra, sendo eles diretos ou indiretos.

Na indústria da construção boa parte dos custos de uma obra são indiretos, ou seja, os custos que o orçamentista não consegue atribuir diretamente a um serviço. Como por exemplo, despesa com energia, salário do engenheiro, e locação de equipamentos internos usados na obra.

No caso de uma grua, o orçamentista conseguirá diluir o custo da grua na composição de cada serviço individualmente – transformando-o em custo direto, somente se ele tiver noção bem clara de quanto tempo esse equipamento será utilizado em cada obra.

O mais importante em relação a locação de equipamentos é saber o custo final da obra com precisão. E coletando informações da indústria da construção descobrimos que várias empresas não fazem distribuição destes custos e por isso acabam se enganando em relação ao custo real da obra.

“Estima-se que cerca de ⅓ do custo da obra está relacionado a custos com equipamentos e máquinas.”

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Então imagine uma empresa que não aloca o custo de utilização de equipamentos próprios nas suas obras, ou mesmo a manutenção e compra de novos equipamentos. Essa conta acaba sendo paga pela empresa e não pelos empreendimento que realmente os utilizaram.  Portanto, a não alocação desses custos gera uma percepção errada sobre o real valor do custo de obra, o que faz com que a empresa acredite que uma determinada obra foi lucrativa, quando na verdade ela não foi.

Ter esse processo organizado traz os seguintes benefícios para sua empresa:

  • Evita obra parada por falta de equipamento
  • Visão de médio e longo prazo em relação a utilização do equipamento
  • Reduz custos com equipamentos parados
  • Mais precisão na definição do custo REAL da obra
  • Aumenta a produtividade no canteiro de obras

Pensando em tudo isso desenvolvemos o sistema de Locação de Equipamentos. Com ele você controlará a alocação interna de custos com máquinas e equipamentos, a localização dos equipamentos e planejará a utilização dos equipamentos.

banner sobre o quiz desperdicio

Se você quiser conhecer o sistema deixe uma mensagem abaixo.

Conte sempre com a equipe Sienge.

Construção Civil
Gestão de Obras – Conecte seu sistema a outras ferramentas
Postado dia 29 de abril de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Software

Para tirar o máximo de proveito dos recursos tecnológicas, os sistemas de gestão de obras precisam se conectar com outras soluções, chegando assim na automatização completa dos processos, com o máximo de produtividade.

Veja neste post exemplos de integrações que são essenciais para obter uma boa amplitude na Gestão de Obras de sua construtora. Vamos lá?

MS Project – Na prática, todos os recursos de planejamento e atualização da evolução física do projeto que exitem no MS Project, devem poder ser feitos no seu sistema de gestão de obras. Então, porque integrar  o sistema de gestão de obras com o MS Project? Muitas licitações e até concorrências no setor privado exigem que o orçamento e planejamento da obra seja entregue no formato MS Project. Por isso, é essencial que o ERP tenha este recurso de integração.

Softwares Contábeis e de Recursos Humanos – é comum encontrar no mercado construtoras e incorporadoras que terceirizam boa parte dos seus procedimentos contábeis, fiscais e folha de pagamento. Os escritórios usam seus próprios sistemas para fazer a escrituração contábil e apuração dos resultados. Para alimentar estes sistemas, é essencial que o seu ERP gere as informações de faturamento, pagamento a fornecedores, folha de pagamento, entre outros para o escritório contábil. Você não quer ficar sem seus demonstrativos fiscais e apuração de resultados, certo?

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

Ferramentas de Produtividade – para dar agilidade e flexibilidade a sua rotina diária, a integração do seu ERP com editores de texto como Word, planilhas eletrônicas como Excel e sistemas de e-mail como Outlook é uma ótima solução. Por intermédio desta integração você pode gerar contratos e aditivos no Word com os dados informados no sistema. Pode também montar planilhas dinâmicas no Excel cruzando dados de mais de um relatório emitido no ERP.  E, se quiser, é possível atualizar a agenda de compromissos da força de vendas e promover campanhas de e-mail marketing. A rotina fica bem mais prática, certo?

Importação de Composições de Serviços e Insumos – poder importar os padrões de composições de serviços e insumos praticados no mercado de construção para o seu sistema de gestão de obras certamente vai agilizar a confecção dos orçamentos. Você vai orçar seus empreendimentos com os valores mais atualizados do mercado, sem fazer estimativas baseadas apenas em valores praticados internamente. Além do mais, em muitas licitações públicas ou concorrências dos projetos privados é pré-requisito utilizar os valores das composições de mercado para participar do processo e apresentar a proposta.

Integração com ERPs – existem inúmeros sistemas de gestão (ERPs) no mercado. Entretanto, pouquíssimos deles possuem vocação e as funcionalidades específicas para atender o segmento de construção e incorporação. Normalmente, os ERPs são voltados a atender –  e muito bem – os processos do backoffice. Por vezes, empresas quer reportam para sua matriz no exterior precisam de um ERP mais robusto. Com isso, adotam uma solução exclusivamente para fazer a gestão das obras (orçamento, planejamento e execução) que integra com os processos do backoffice no ERP. Este modelo é interessante e viabiliza uma solução completa para sua empresa.

Uma boa solução de gestão de obras deve oferecer estes recursos de integração, para que você possa aproveitar o máximo da tecnologia.

banner sobre o quiz desperdicio

Conectar o sistema de gestão de obras com outras ferramentas significa mais amplitude na cobertura dos processos de negócio e mais produtividade para sua empresa.!

Certificação Leed, mais Simples com o Apoio da Tecnologia
LEED – Ficou mais simples tirar sua certificação!
Postado dia 15 de abril de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Indústria da Construção, Sustentabilidade

Já postamos anteriormente o que é a Certificação LEED e porque é importante para a sua construtora, agora é momento de saber como é possível tornar o processo de certificação mais simples.

Antes vale lembrar que investir em certificação LEED® reverte em benefícios econômicos, sociais e ambientais. A certificação possui diferentes modalidades onde maior o número de pontos alcançados maior é o nível da certificação. Estes pontos estão ligados aos inúmeros requisitos que precisam ser atendidos! Nesta hora, contar com uma solução específica para o segmento da construção ajuda muito!

Por exemplo, comprovar o uso racional de água por de investimentos feitos em componentes específicos que reduzem o consumo de água credita pontos. Otimização da performance energética também é outro ponto importante a ser avaliado, e as evidências aqui novamente são os registros dos materiais que foram comprados para este fim.

No requisito materiais e recursos, possuir evidências da gestão de recursos, como o reaproveitamento de materiais e reciclagem garante melhor pontuação. Ter evidência da compra de madeira certificada também soma. Na qualidade ambiental interna, são avaliados os investimentos feitos em iluminação natural, e materiais de baixa emissão química como tintas e carpetes.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Para as empresas da construção civil que possuem uma boa solução específica do seu segmento de atuação, sem dúvida já usufruem das vantagens no processo de certificação LEED. Outro exemplo importante é o caso de controle ambiental, a solução permite fazero registro do histórico da correta destinação dos resíduos.

E não é só isso. Sua construtora pode exigir que o fornecedor envie junto com a NF o comprovante da origem da matéria prima que foi adquirida. Neste caso atende o requisito de materiais extraídos, processados e manufaturados regionalmente que minimizam impactos ambientais com o transporte. E mais, pode ainda pré qualificar um fornecedor apto a fornecer para a empresa, de acordo com critérios ambientais e sociais que a empresa definir.

Mais informações sobre o processo de certificação você encontra no site http://www.gbcbrasil.org.br/.

banner sobre o quiz desperdicio

Agora, se você quer saber mais sobre como a solução certa pode ajudá-lo na conquista da certificação Leed e uma gestão mais eficiente, fale conosco!

A Importância do Orçamento de Obras e sua Elaboração
Orçamento de Obras: Invista seu tempo nessa importante fase
Postado dia 27 de março de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção, Software

No post 5 razões que comprovam a urgência de ter um bom orçamento de obras você pôde entender melhor a importância desta ferramenta para promover uma grande evolução na gestão de suas obras.

Ao pensar neste assunto, vem rapidamente a sua mente a grande gama de informações necessárias para a confecção de um bom orçamento de obras, assim como os prazos que são estipulados, tanto para a entrega das estimativas quanto para o inicio e finalização da obra, certo?

Mas fique tranquilo! Os  benefícios a seguir deixarão claro para sua empresa que  investir em orçamento de obras assertivo e completo, torna a obra mais rentável, os desvios muito menores e as dores de cabeça bem menos frequentes!

#1 Mais facilidade no planejamento e controle da obra como um todo

Um orçamento de obras detalhado serve de base para o planejamento da execução da obra, porque nele já são realizadas pesquisas quanto a disponibilidade e custos dos materiais e equipamentos. Ele é o primeiro passo para o cronograma físico-financeiro.

Outra informação relevante no orçamento de obras é quanto a mão de obra disponível, seu custo  e necessidades de treinamento, que podem ser condicionantes para o início de algumas atividades.

#2 Redução de custos com falta de insumos e sincronismo na cadeia de suprimentos

Quando você faz um orçamento de obras completo para sua obra, previamente já tem condições de fazer os pedidos dos materiais necessários para a execução das atividades, de acordo com as estimativas contidas nele. Significa que compras emergenciais acontecem somente em exceções, reduzindo a prática de preços elevados nas aquisições.

A chegada de máquinas e equipamentos também é planejada e acontece no momento certo para a continuidade da obra. Os pedidos urgentes diminuem significativamente, minimizando gargalos de execução e evitando aumento no custo do empreendimento.

 

superbanner do ebook 7 dicas de ouro de como fazer orçamento de obra

 

#3 Maior poder de negociação junto aos fornecedores

Quando sua empresa trabalha com orçamento, você tem tempo hábil para cotar com diferentes fornecedores, o que permite a comparação dos valores e e maio poder de barganha.

Comprar com urgência é sempre mais caro, logo, com um orçamento prévio, as negociações se tornam mais fáceis com este grande aliado para redução dos custos. Além de você também conseguir preços mais atrativos, em decorrência do volume de compra.

#4 Fazer uso de histórico para evoluir em cada obra

Ao utilizar orçamentos em suas obras, você gera históricos tanto das informações sobre os insumos utilizados, quanto das correções necessárias durante o curso de cada uma delas.

O resultado disso é uma construtora cada vez mais eficiente, tanto na confecção do orçamento, que sai de forma mais natural e assertivo, quanto na execução da obra em si, pois as lições aprendidas são repassadas de uma obra a outra.

Uma boa base histórica de composições de insumos e mão de obra, transforma-se em um enorme diferencial para o desempenho de seus empreendimentos, aumentando gradativamente as margens de lucro.

banner da planilha de orçamento de obra

#5 Mais credibilidade e confiança do mercado

Um orçamento preciso e utilizado de forma efetiva, ajuda no controle da execução da obra e certamente suas entregas terão muito menos desvios de prazo e custo. Também permitirá a utilização de materiais da mais alta qualidade.

Como consequência, a imagem de seus empreendimentos no mercado é muito fortalecida, e sua reputação se torna a melhor possível!

Invista mais tempo em técnicas e ferramentas para ter um excelente orçamento de obra, e transforme-o em diferencial competitivo para sua construtora. Este é um grande passo para alavancar seu negócios.

Quer saber mais sobre Orçamento de Obras? Fale conosco e conheça a solução tecnológica ideal para apoiar sua empresa ou baixe a nossa planilha de orçamento de obra!

Gestão de Obras
Gestão de Obras: 5 razões para fazer um orçamento de obras
Postado dia 4 de março de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Gestão, Indústria da Construção

Otimizar tempo de trabalho e melhorar a lucratividade é possível com uma boa gestão de obras.

Um estudo recente realizado pela consultoria Deloitte junto a construtoras aponta o desvio médio de 21,7% entre o orçado e o custo real de uma obra. Diagnosticar os fatores que acarretam a imprecisão orçamentária é o primeiro passo para reduzir a margem de riscos e manter os desvios controlados.

Você e seu time de engenheiros e técnicos lidam diariamente com um grande número de orçamentos que devem ser elaborados em um curto espaço de tempo. Você já parou para pensar em quanto tempo dedica a esta etapa fundamental da obra? Já ponderou que, se você e sua equipe dedicarem mais atenção na elaboração do orçamento, o produto final será apresentado com maior exatidão viabilizando benefícios a todos os integrantes do negócio?

banner sobre a palestra construção sem orçamento

O desconhecimento de metodologias e práticas de Gestão de Obras eficazes somado ao uso de informações inconsistentes resulta na entrega de orçamentos imprecisos que possivelmente causarão inúmeros prejuízos tanto para a construtora como para o cliente final.

Veja a seguir razões que comprovam a urgência de um bom orçamento de obra:

  1. Assertividade na apresentação de dados. Profissionais envolvidos no processo de elaboração orçamentária têm a obrigação de conhecer técnicas que envolvam o cálculo de composições unitárias, encargos, tributação e formação de preços. Se um engenheiro da construção de um edifício calcula erroneamente o volume de cimento e água necessários para pavimentar uma superfície, poderá comprometer a textura do material e sua durabilidade colocando em risco a segurança e integridade física dos futuros moradores.
  2. Agilidade na entrega. Mais da metade das construtoras ainda utilizam somente planilhas eletrônicas com recursos limitados quando poderiam recorrer ao uso de novas tecnologias. Se os funcionários necessitarem atualizar valores ou substituir insumos de determinada obra, o tempo que se leva para finalizar a planilha é bem maior do que se houvesse um banco de serviços e composições estruturado e multi-usuário. Assim, a agilidade na entrega de um orçamento no tempo ideal é comprometida e ocasiona atrasos na tomada de decisões.
  3. Atenção às especificidades. Todo projeto de engenharia tem seu custo variado em função das características de cada obra, de seu projeto e respectivas especificações técnicas. A especificidade também está relacionada com condições locais da obra tais como relevo, solo, clima, características urbanas. Se o orçamento de uma cobertura for estimado sem levar em consideração a sobrecarga de peso da caixa d’água, o material utilizado pode não ser o mais adequado para evitar infiltrações e rachaduras em sua estrutura.
  4. Temporalidade. Os valores orçados tornam-se defasados ao longo do tempo. Tal fato ocorre em função da inflação, flutuação de preços dos insumos, alterações tributárias e cenários financeiros que limitam no tempo a validade de um orçamento. Quando estes fatores são ignorados, uma obra pode simplesmente ser paralisada por deficiência de recursos orçamentários suficientes para a sua conclusão.
  5. Padronização e detalhamento. Os custos unitários de materiais, equipamentos e mão de obra necessários para cada serviço devem estar bem identificados, quantificados e mensurados de forma objetiva no orçamento, por meio de uma unidade de medida (quilogramas de materiais, horas de mão de obra). Se uma pessoa efetua a estimativa errada de pedreiros e serventes, a execução da obra poderá ser interrompida ou se prolongar além do prazo de entrega acarretando prejuízos financeiros ao cliente final.

banner sobre ebook gerenciamento de obra do inicio ao fim

A prática da boa Gestão de Obras na execução do seu empreendimento envolve o investimento de tempo e aplicação de técnicas e recursos de forma eficiente. A atenção dada a esta etapa do projeto é vital não apenas para você reduzir riscos e evitar futuros problemas, como também para garantir maior precisão e assertividade na entrega ao seu cliente.

Quer saber mais? Baixe o modelo de orçamento de obra gratuito ou fale conosco e conheça a solução tecnológica ideal para apoiar sua Gestão de Obras!

superbanner do ebook 7 dicas de ouro de como fazer orçamento de obra

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Sua estratégia voltada a resultados!
Postado dia 13 de fevereiro de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Sienge

Sua equipe integrada e participativa, sua empresa com máxima lucratividade. Conheça mais um dos benefícios da Gestão de Obras.

Garimpar dados de todos os canteiros de obra, verificar o status dos plantões de vendas, passar as informações para a equipe de projetos e entregar os dados para o time financeiro toma um tempo enorme e quando as informações chegam ao escritório, já têm grandes chances de estarem desatualizadas.  Essa rotina manual torna a tomada de decisão muito mais demorada e pouco assertiva.

A solução para vencer o eterno vai e vem de informações, muitas vezes desencontradas, é contar com um sistema de gestão de obras que integre todas as equipes envolvidas. Ele é capaz de dar a você a segurança e a velocidade necessárias para tomar importantes decisões com base em números exatos extraídos do sistema.

Saber quantas obras precisam do mesmo material garante poder de negociação e amplia a margem de lucro operacional, confiar nos prazos de entrega possibilita alocar mão de obra de forma otimizada e acompanhar as vendas em tempo real ajuda a decidir se a obra terá financiamento bancário ou não.  Enfim: as decisões que impactam diretamente nos resultados da companhia podem estar em suas mãos, a um clique, a qualquer hora, em qualquer local.

superbanner da planilha do modelo de diário de obras

Além do dia a dia, ainda é preciso levar em conta os detalhes financeiros de um empreendimento, certo? Sem problemas! Com um software especializado no setor é possível consolidar o fluxo de caixa de todas as obras em andamento, os demonstrativos de resultados, relatórios de vendas e desempenho dos corretores, tudo em um único sistema.

De acordo com o economista Celso Grisi, da Fundação Instituto de Administração (FIA), no novo cenário brasileiro da construção, as empresas vão ter que ganhar em gestão de obras para evitar a redução da margem de lucro. Assim, é imprescindível gerenciar informações a distância e ganhar tempo para análise correta.

Via tablet ou smartphone, as informações coletadas no canteiro de obras ou salão de vendas podem inseridas diretamente no sistema de gestão de obras e ficam armazenadas na nuvem, resguardadas por robustos protocolos de segurança. Esse procedimento evita o preenchimento manual de planilhas e elimina os erros e retrabalhos.

Além de toda a integração vital entre as áreas, os dados ficam disponíveis onde todos os responsáveis podem acessar, garantindo que em caso de imprevistos, férias, desligamentos ou qualquer outra situação particular, não haverá impacto no fluxo diário de atividades da empresa.

Com um software especializado em gestão de obras, capaz de integrar diversas áreas e prover relatórios desenhados especificamente para o seu negócio, incluindo todas as nuances que o mercado emprega, suas decisões serão muito mais ágeis, maduras e focadas nos resultados de curto, médio e longo prazos. Tecnologia que acelera a tomada de decisão com menos papel e muito mais resultado para seu negócio!

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Organização no Canteiro de Obras
Canteiro de Obras – Organização como diferencial competitivo
Postado dia 22 de janeiro de 2015 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Gestão, Indústria da Construção

No canteiro de obras, a qualidade e a produtividade do trabalho estão diretamente relacionadas à organização de um fluxo de materiais, dinâmicas e processos.

Primeiro ponto é usar métodos coerentes e que sejam facilmente compreendidos aos que por ali transitam. Fundamental para evitar desperdício de tempo, perda de materiais e defeitos de execução, a organização no canteiro de obras é também decisiva para a redução de custos e também para a segurança.

Contudo, manter a organização continuamente é uma tarefa desafiadora, considerando que muitas pessoas tomam parte do processo, e às vezes de maneira segmentada. Para resolver esta questão, a chave da produtividade pode estar na adoção de boas práticas que sejam conhecidas e incorporadas por todos os profissionais da equipe, e em todos os ambientes como: refeitório, escritório, alojamento e depósito.

A organização geral engloba o bom uso e a manutenção de pertences pessoais, como EPI’s, ao controle de estoque e um planejamento que seja constantemente revisado. Para isso, é preciso conhecer bem a planta da obra e determinar qual a melhor forma de tirar proveito de suas características. Outra questão que deve ser observada com atenção se refere à preparação da execução, como, por exemplo, a necessidade de alugar equipamentos adicionais, máquinas ou mobiliários.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

O uso da água é outro ponto importante. Um canteiro de obras com organização eficiente deve dispor deste recurso de maneira abundante. Afinal, ele será empregado na preparação de materiais e na higiene pessoal dos trabalhadores.

Os espaços devem ser adequados e seguros, abrigando quantos alojamentos e estoques forem necessários. É também fundamental planejar o fluxo de transporte e logística dentro do canteiro de obras – tanto para a circulação de trabalhadores quanto de matérias-primas, de maneira que as áreas livres facilitem o trânsito, e nunca fiquem obstruídas.

Instalações elétricas e tapumes também são elementos que devem ser considerados para uma organização eficiente e eficaz no canteiro de obras, pois afetam diretamente a produtividade. Mas não basta ter ciência de que existem práticas aconselháveis. É preciso incorporá-las ao cotidiano. A tecnologia, por meio da automação de sistemas, é uma excelente aliada neste processo, oferecendo sistemas de controle altamente customizáveis com impacto direto nos controles que apoiam a organização geral.

Se você precisa de mais informações sobre como adotar estas boas práticas no Canteiro de Obras, entre em contato. Queremos ajudá-lo.

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Gestão de Obras
5 razões espetaculares para você adotar já um software de gestão de obras para sua empresa!
Postado dia 11 de agosto de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Indústria da Construção

E entre tantos desafios, é muito comum encontrarmos empresas que na busca por alternativas que auxiliem na gestão de suas obras, façam a seguinte pergunta: Será que está na hora de procurar um software especializado no meu segmento? Quais serão os ganhos?

1# O que você acha de dar mobilidade aos profissionais da obra?

A indústria da construção,  possui uma característica que é ter inúmeros setores de trabalho como canteiro de obras, escritório e plantão de vendas distribuídos geograficamente. E a necessidade de trocar informações entre estes setores constantemente é muito forte.  Através de um software de gestão com recursos de acesso móvel, sua empresa ganha com os seguintes benefícios:

  • agilidade nos lançamentos de atividades efetuados no canteiro de obras
  • maior assertividade já que as informações coletadas no canteiro de obra são inseridas direto no sistema usando um tablet ou smartphone, sem preenchimento manual das planilhas
  • segurança – informações estão na rede com protocolos de segurança, e não em papéis que podem ser extraviados
  • acesso fácil – você pode acessar de qualquer lugar a qualquer hora.

2# Que tal integrar o que acontece no canteiro de obras com as áreas administrativa e financeira?

A característica das construtoras, de ter mais de uma obra acontecendo simultaneamente, em localidades e cidades diferentes, gera uma demanda enorme de integração das atividades que acontecem no canteiro de obras com as áreas administrativa e financeira.

A ótima notícia é que a integração pode ser completamente automatizada através de uma solução de ERP (Enterprise Resource Planning) especializada em gestão de obra. Sua empresa se beneficiará com:

  • informações precisas oriundas do canteiro de obras  em tempo real para tomada de decisões gerenciais
  • cronograma físico-financeiro que reflita em 100% a situação real das obras
  • o escritório de projetos fica conectado com o canteiro de obras
  • automatização das atividades, como apontamentos de mão de obra reduz a possibilidade de erros operacionais e retrabalhos. E elimina a necessidade de papel!

3# Você pode automatizar a medição e gestão de contratos, sabia que isso é possível?

Com os recursos para coleta e compartilhamento de informações, você pode ter uma gestão muito mais precisa sob os contratos e controle automático das medições, com os principais ganhos:

  • obter informações precisas dos serviços de empreiteiros e terceirizados
  • verificar a produtividade diária
  • controlar diariamente o consumo de materiais x serviços executados
  • evitar atrasos de cronograma

4# Melhorar muito o processo de compras – e evitar perdas financeiras, não é ótimo?

Você, que é dono ou atua como engenheiro ou responsável técnico, sabe que em uma obra, os materiais representam valores significativos. O custo com insumos pode chegar até 50% do valor da obra. O processo de compras tem impacto direto no lucro da sua empresa. Através de um fluxo de compras organizado e eficiente sua empresa ganha com:

  • integração entre o engenheiro de obra e a equipe de compras
  • redução de compras em duplicidade ou compras desnecessárias
  • definição de quem pode fazer quais compras na empresa
  • definição no sistema das autorizações necessárias no momento da compra
  • associação das compras por contrato e/ou por obra
  • redução do índice de compras emergenciais.

5# E para finalizar, que tal melhorar a gestão do caixa da sua empresa?

Com o uso de uma soluçãoadequada ao cenário da construção, você conquista:

  • maior controle sobre os desperdícios dos recursos, bastante comuns neste segmento
  • um fluxo de desembolso mais próximo da realidade
  • gestão bem mais simples e segura dos prazos
  • melhor negociação no processo de compras
  • medição on line, que também resulta em melhor resultado financeiro pela precisão.

Casos de sucesso, demonstram que quem já substituiu o preenchimento dos formulários manuais por soluções especializadas no segmento de gestão de obras, obteve excelente desempenho na diminuição de até 50% nas horas de retrabalho e aumento de 20% na produtividade.

Quer saber mais sobre o assunto? Preencha o formulário abaixo. Nós do Sienge queremos ajudá-lo neste processo de mudanças magníficas.

Para que os  nossos materiais fiquem ainda melhores, compartilhe sua opinião sobre o tema.

Se você quer saber como um software pode ajudar nesse processo, deixe uma mensagem abaixo:

Integrando o Canteiro de Obras com a Sua Construtora
Integrando o canteiro de obras com a sua construtora
Postado dia 1 de julho de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Gestão, Incorporação, Indústria da Construção, Software

Ter canteiro de obras por toda a cidade dificulta a gestão. Mas podem contar com o Sienge para facilitar essa tarefa.

“Hoje é dia de reunião mensal de resultados na construtora em que eu trabalho. Meu nome é Leonardo, tenho 30 anos e sou gestor de projetos da construtora em que trabalho há 5 anos.

E como sou responsável por várias obras como gerente de projetos, tenho sempre a missão de apresentar a situação de cada uma: como está o avanço físico, fluxo financeiro e comparativos entre orçamento previso e realizado.

Você acha que é tarefa fácil ? Não, não é. Todo mês nos dias que antecedem à reunião mensal eu troco o sapato pelo tênis e começo uma maratona atrás de informações certas e atuais dos canteiros de obra, cronogramas físico e financeiro atualizados, e ainda preciso fazer um double-check  a fim de ter certeza que todos os apontamentos de insumos e mão-de-obra e equipamentos foram devidamente lançados. É a única forma de apresentar números confiáveis para suportar a tomada de decisão por parte do corpo diretivo da empresa.”

Este é o cenário que vive todo mês o engenheiro de obras de uma construtora. Pensamentos como: ‘Parece que o canteiro de obras está desconectado do escritório de projetos’ ou ‘Decisões tomadas no canteiro de obras chegam como surpresas no departamento financeiro!’ passam toda hora pela cabeça deste profissional.

Em uma construtura com duas obras que ocorrem simultaneamente, os canteiros de obra estão distribuídos em diversas localidades, por vezes em diferentes cidades. Esta característica das construtoras, gera uma demanda enorme de integração das atividades que acontecem no canteiro de obras com as áreas administrativa e financeira. Por que? Porque o gerente de projeto ou o gerente financeiro precisa tomar decisões estratégicas rapidamente com base em números confiáveis e atuais das obras em andamento. Informações atualizadas de estoque de matéria prima na obra, ponto de reposição de insumos e avanço físico são essenciais para esta tomada de decisão.

O que acontece na maioria das vezes é que os processos de comunicação e atualização de informações entre o canteiro de obras e as áreas de projeto e administrativa são manuais: na base do papel e da ficha de apontamentos. E além disso, dependem das pessoas fazerem as tarefas para que a informação chegue ao destino correto. Este processo manual é lento  – o tempo decorrido entre preencher uma planilha, enviá-la para outra pessoa e esta outra pessoa recebê-la é de 3 dias – e frágil – a letra pode não ser entendida ou pode haver um erro de digitação que dificulte o entendimento.

A ótima notícia é que a integração dos diversos canteiros de obra da sua construtora com o escritório de projetos e área administrativa pode ser completamente automatizada! Com esta automatização sua construtora pode ser beneficiar com a redução de tempo para 2 minutos para que uma informação do canteiro de obras estar atualizada no escritório de projetos e zero necessidade de retrabalhos. Como fazer? Através de uma solução de ERP (Enterprise Resource Planning) especializada em construtoras. Isso mesmo: não é magia, é tecnologia!

Através de uma solução ERP para construtoras, a gestão vai se beneficiar com:

blog-post

  • informações precisas e atuais para tomar decisões gerenciais como: aceleração ou desaceleração de contratação de mão-de-obra, equipamentos e insumos. Isso reduz a necessidade de capital de giro da construtora.

  • cronograma físico-financeiro que reflita em 100% a situação real das obras. Isso cria condições para uma gestão de caixa eficiente da construtora.

  • o escritório de projetos fica conectado com o canteiro de obras, o que proporciona mais assertividade e mais agilidade no trânsito das informações entre as áreas.

  • a automatização das atividades como apontamentos de mão de obra, alocação de insumos e de equipamentos reduz a possibilidade de erros operacionais e retrabalhos; e aumenta a confiabilidade das informações. E, além de tudo, elimina a necessidade de papel ! É sua construtora funcionando com menos papel !

Com um ERP integrado para construtoras que traga estes benefícios incríveis e conecta seu canteiro de obras com o escritório de projetos de forma automática, certamente o gerente de obras da sua construtora não precisará mais correr uma maratona para levar as informações certas e atuais para a reunião de resultados.

Nós da Softplan queremos contribuir com a gestão da sua construtora. E agora que você já sabe como integrar as áreas da sua construtora, compartilhe conosco a sua experiência. Basta preencher o formulário abaixo e deixar a sua opinião sobre o assunto.

Gestão de Obras
Gestão de Obras – 4 motivos para você usar o Sienge
Postado dia 10 de abril de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Funcionalidades Sienge, Indústria da Construção, Software

Você já sabe a importância de uma boa Gestão de Obras, mas como conhecimento nunca é demais, trazemos mais 4 motivos para você implementar.

Bom, existem diversas vantagens que advêm de uma boa Gestão de Obras – veja também integração do MS Project para o planejamento de obra, isso vai depender dos focos e das necessidades de cada empresa. Por esta razão, elencamos os principais benefícios. Veja abaixo.

Redução de compras emergenciais: Através do cruzamento do relatório de orçamento e Gestão de Obras você consegue ter um cronograma de necessidades de insumos. Portanto, essas informações, quando analisadas com antecedência, resultam em mais tempo e dados para negociar melhor os preços e condição de pagamento dos insumos.

Fluxo de desembolso mais próximo da realidade: Com a Gestão de Obras fica mais fácil saber qual será o desembolso mensal real, ou seja, seu planejamento financeiro fica mais apurado e reduz os riscos do projeto.

Melhor controle de estoque, devido ao planejamento de aquisição e consumo de insumos. Você ainda sabe quantos insumos vai precisar ao longo das semanas ou meses. O Sienge também pode fornecer as quantidades que, teoricamente, serão consumidas, ou seja, com as ferramentas e relatórios podemos otimizar o sistema de estoque.

Facilidade para cadastramento de solicitações de compras: Com a ferramenta Necessidade de Compra, você tem o orçamento e o planejamento, e a requisição do material pode ser automaticamente sugerida pelo sistema. Vale lembrar que, apesar do Sienge sugerir alguns modelos, ele também permite cadastrar solicitações diferentes daquelas apontadas pelo sistema.

Se você enfrenta outros desafios ou tiver alguma dúvida sobre como uma Gestão de Obras bem estruturada pode ajudar a sua empresa, deixe sua mensagem no formulário abaixo ou acesse a gravação do webinar que fizemos sobre o assunto. 

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Benefícios de um software 100% web
Postado dia 11 de março de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Incorporação, Novidade Sienge, Sienge, Software, Sustentabilidade, Tendências

Faça a Gestão de Obras de sua empresa de qualquer lugar e em qualquer horário. Chegou a hora de você ter um software para construção civil 100% online.

As vantagens de possuir um sistema de Gestão de Obras que opere totalmente via web são inúmeras. Para as empresas do setor da construção, isso é ainda mais importante, pois há diversos ambientes de trabalho, como: escritório, canteiro de obras e plantão de venda.

A mobilidade é essencial pois torna o trabalho mais ágil e assertivo, como a Indústria da Construção Civil possui uma característica distribuída, onde vários setores de uma mesma empresa estão distribuídos geograficamente e necessitam trocar de informações constantemente.

O Sinduscon de Florianópolis fez um vídeo sobre como o Sienge, atua e beneficia a cadeia da construção civil.

Se você quer saber mais sobre como o Sienge pode ajudar a sua empresa, entre em contato com um de nossos consultores através do link. Conheça mais da área da Construção Civil e do Sienge através de nossos Ciclos, com versões online e presenciais.

Aproveite para ter mais informações de outras soluções Softplan em nossa página de soluções. Lembrando que atuamos em diversos setores públicos e privados, através de 3 unidades de negócio.

Integração do MS Project para Planejamento de Obra
MS Project – Integração com o Sienge para gestão de obras
Postado dia 19 de fevereiro de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Gestão, Incorporação, Indústria da Construção, Sienge, Software

Tenha a facilidade do MS Project, com toda a robustez e funcionalidade do Sienge.

Planejar uma obra significa elaborar um plano para executá-la, buscando identificar tarefas, dificuldades e antecipar soluções, estimar recursos e equipamentos necessários, determinar de forma otimizada a sequência das atividades, além de estipular custos e tempo de execução.

Logicamente, essas informações têm mais valor quando alimentadas e integradas com outras etapas da obra no decorrer de sua execução. Para isso, usamos um ERP específico para a cadeia da construção, como o Sienge, que faz a integração de todas as áreas de uma empresa do setor. No entanto, ainda que o ERP seja específico e atenda todos os quesitos demandados para a gestão da empresa da construção, inclusive o planejamento, há quem prefira utilizar um sistema específico para fazer o seu planejamento. Um exemplo de software de planejamento bastante popular utilizado no setor é o MS Project.

banner da planilha de orçamento de obra

O software da Microsoft é específico para planejamento então ele é extremamente completo para quem deseja fazer um plano para um projeto. Um dos grandes diferenciais do MS Project é a opção de definir os predecessores, ou seja, é possível vincular o início ou termino de uma tarefa com a outra, criando assim uma relação de dependência entre elas.

Todavia, apesar do Sienge ter a funcionalidade de planejamento, ainda há a possibilidade de fazer o planejamento de sua obra utilizando o Project  e depois importar para o Sienge. Assim você terá todos os relatórios importantes para a a gestão de sua empresa  em um sistema mais completo, como o Sienge, que além de fazer a integração com o MS Project,  faz a integração com outras áreas da sua incorporadora, construtora, loteadora, entre outras empresas da construção.

Através do Sienge você pode controlar os custos mesmo mudando a estrutura do orçamento através do planejamento. Isso acontece muito com usuários que preferem utilizar o MS Project como ferramenta de planejamento. O Sienge também possui integração com o MS Project há muito tempo. Então, se você quiser fazer o controle pelo Project e depois levá-lo para o Sienge, é possível.

Com o Sienge seu planejamento de obra é feito de forma flexível, pois o sistema permite uma estrutura de orçamento e outra de planejamento. Seu planejamento pode ser feito de acordo com o nível de especificidade que você detalhou no seu orçamento.

Por outro lado, o planejamento tem que ser feito de acordo com a ordem de execução, para cada tarefa do orçamento. No planejamento, existe um percentual de vinculação, ou seja, quando emitirmos um cronograma financeiro do Sienge, as informações configuradas no orçamento continuarão existindo.

Existem diversas contribuições do planejamento. A principal delas é a redução de custos da obra. No entanto, é claro que os benefícios dependem do tipo de obra ou do foco de cada empresa. Por isso, separamos as principais vantagens do planejamento para o próximo post, em que falaremos sobre os 4 motivos que te convencerão a planejar sua obra.

[Ciclo Sienge Online] Controle de manutenção pós-entrega.
Ciclo Sienge Online – Controle de manutenção pós-entrega.
Postado dia 22 de janeiro de 2014 | Nenhum Comentário
Categorias: Ciclo Sienge, Funcionalidades Sienge, Gestão, Indústria da Construção, Sienge, Software, Tendências

Abordaremos nesse Ciclo Sienge Online o tema Controle de manutenções pós-entrega: agilidade no atendimento das demandas e redução de custos em novos projetos.

A gestão de obras não acaba na entrega. As manutenções após a entrega, mesmo com  bons processos construtivos, materiais de qualidade e pessoal capacitado, podem ocorrer, e são mais comuns do que imaginamos. Por isso, é fundamental que a empresa esteja bem estruturada para receber estas demandas, verificar se são pertinentes, controlar e acompanhar o processo de resolução delas.

Com isso, além de clientes satisfeitos, o controle de custos das assistências e as estatísticas dos problemas ocorridos, podem determinar ações necessárias junto a fornecedores de materiais e serviços ou, até mesmo, culminar com a substituição destes. Nesse Ciclo Sienge Online vamos abordar como a ferramenta de Assistência Técnica do Sienge pode colaborar com os controles de assistências, tanto para empresas que comercializam unidades, como para empresas que constroem ou prestam serviços para a construção.

O Ciclo Sienge Online acontecerá no dia 31 de janeiro de 2014 as 11h de acordo com horário de Brasília. Se você tem interesse pelo assunto, não deixe de participar e inscreva-se clicando aqui. Você pode ver os Ciclos Sienge Online em nosso acervo.

PBQP-H: Vantagens de um Software de Gestão
PBQP-H – Vantagens do Software de Gestão de Obras
Postado dia 16 de maio de 2013 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Gestão, Incorporação, Indústria da Construção, Sienge, Software

Pensando em executar obras no setor público? Então fique atento ao certificado PBQP-H!

O certificado PBQP-H integra-se à Secretaria Nacional de Habitação, do Ministério das Cidades. Ele é válido para empresas do setor que fornecem projetos ou obras para o setor privado ou público.

A Caixa Econômica Federal, por exemplo, exige o certificado PBQP-H como pré-requisito para a concessão de financiamentos habitacionais, como o programa Minha Casa, Minha Vida. Alguns Governos Estaduais e Prefeituras também exigem o certificado para participar de obras públicas.

As vantagens do programa são:

  • Modernização do setor
  • Qualidade do produto
  • Acesso aos recursos do Governo Federal para execução de obras
  • Aumento da produtividade e redução do desperdício (retrabalhos, reparos, etc)
  • Profissionalização da mão-de-obra do setor
  • Reconhecimento de clientes
  • Melhor seleção e relacionamento com fornecedores
  • Melhoria de processos internos
  • Elevação dos índices de conformidade dos materiais, componentes e sistemas construtivos inseridos no PBQP-H
  • Promoção do desenvolvimento tecnológico do setor e evolução dos métodos de gestão
  • Permite o alinhamento e a integração com os sistemas de gestão da qualidade (ISO 9001) e gestão ambiental (ISO 14001)

O Modulo Gestão da Qualidade do Sienge  auxilia as empresas que buscam ou desejam manter a Certificação do PBQP-H. Trata-se do módulo Gestão da Qualidade. Ele engloba um conjunto de funcionalidades que permitem às empresas da Indústria da Construção implementar e controlar um Programa de Qualidade. Dentre estas funcionalidades destacam-se:

  • Criação e aprovação de Procedimentos de acordo com os itens da Norma;
  • Criação e Armazenamento de Registros da Qualidade para evidenciar o cumprimento dos requisitos regulamentados;
  • Criação, tabulação e visualização através de gráficos, dos indicadores relacionados aos Processos definidos pela empresa;
  • Criação, divulgação e acompanhamento da realização de Auditorias Internas e Externas;
  • Cadastramento e acompanhamento de Não-conformidades e Sugestões de Melhorias, com base em Auditorias executadas;
  • Implantar e controlar a Qualidade Total em Serviços Controlados;
  • Definir e tabular os índices Efetivos de Qualidade para cada serviço a ser executado em obras;

Além de todas as funções operacionais, listadas acima, ainda há no sistema uma opção onde o usuário pode registrar e acompanhar todos os cursos e treinamentos realizados, inclusive com a sua avaliação de eficácia.

Se você tem a necessidade de cumprir as normas da ISO ou o PBQP-H, entre em contato com os nossos consultores, através do nosso fale conosco e saiba mais sobre esse módulo.

Gestão de Obras
Gestão de Obras – Controlando melhor seus gastos e recursos
Postado dia 13 de maio de 2013 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Funcionalidades Sienge, Gestão, Incorporação, Indústria da Construção, Software

A indústria da construção é um dos setores mais aquecidos da economia brasileira, conta com mais de 79 mil empresas e tem um crescimento estimado de 4% só para este, portanto, é um dos pilares da economia do país.  Neste cenário competitivo percebe-se que, cada vez mais, as empresas do ramo estão focadas em reduzir custos e aumentar a lucratividade.

Uma das alternativas para se posicionar de forma mais competitiva perante o mercado é investir em tecnologias que promovam métodos de gestão de obras mais eficientes. Como por exemplo, elaborar um orçamento de obra bem detalhado, traçando um planejamento e um cronograma.

Na indústria da construção, o orçamento é o levantamento de todos os custos envolvidos na execução de uma obra ou um empreendimento. Desde os custos diretos com a obra: os insumos – levando em conta o tipo de maçaneta, tipo de cerâmica, esquadrias, mão de obra, os equipamentos e o tempo estimado para finaliza-la. Assim como, os custos indiretos, que estão ligados à administração, vendas, pós-vendas e impostos.

Mesmo todas as empresas sabendo sobre a importância de fazerem um orçamento detalhado e de possuírem um bom planejamento da obra, muitas optam em fazer o cálculo genérico, multiplicando o CUB da região da obra pela quantidade de metros quadrados previstos no projeto. Não significa que essa formula seja ineficiente, no entanto, não é tão precisa quanto um orçamento específico. Por isso para empresas que querem ter mais segurança nos seus investimentos vale a pena desenvolver um processo Gestão de Obras.

A partir do orçamento tem-se o planejamento, que integra o orçamento e a produção, passando pela fase de levantamento de custos, apropriação desses custos e comercialização do empreendimento.

Com o aumento da competitividade entre empresas do setor, as grandes organizações passaram a enxergar o orçamento como uma importante ferramenta de Gestão de Obras, que ajuda a empresa a estabelecer metas e a divulgá-las, estando estas cumpridas ou não. Isso permite que a empresa, por conhecer seus gastos, tome decisões mais rapidamente e ações preventivas, caso detecte algo fora do planejamento – algum possível atraso da obra, algum estouro de orçamento, entre outros.

O uso de software de gestão de obras para a orçamentação e planejamento, dinamiza os processos internos da corporação. Com os softwares é possível integrar todas as partes da empresa, facilitando a troca de informações do canteiro de obras com o setor administrativo. O software também é importante após a conclusão da obra, pode ser feito o gerenciamento de unidades a venda, ou o gerenciamento de contas a receber. Isso tudo é feito com uma base de dados atualizada, dando à empresa segurança em relação ao seu futuro.

Quer saber mais? Fale conosco e conheça o software de Gestão de Obras ideal para apoiar sua empresa!

banner das 7 dicas de ouro de como fazer orçamento de obra
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa