banner sienge

PBQP-h: Como implantar? Confira o passo a passo

Blog > normas, passo-a-passo, pbqp-h
9 de agosto de 2017

O PBQP-h (Programa Brasileiro da Qualidade  Produtividade do Habitat) é um documento muito importante para as empresas do setor de construção civil.

Como você viu no post anterior, o programa vai muito além de apenas cumprir com a obrigação legal imposta pelo governo e traz vantagens para a sua empresa.

Esses benefícios que vão desde a otimização de procedimentos operacionais até melhorias nas estratégias voltadas para a gestão da sua construtora.

Mas o que é preciso para que sua construtora usufrua deles?

Sua construtora precisa passar por um procedimento de certificação do programa. É necessário que a empresa busque a certificação do PBQP-h e implemente todas as diretrizes exigidas pelo programa. Só então, poderá aproveitar todas as vantagens de ter a certificação.

O que sua construtora precisa fazer para conseguir o certificado?

Essa pergunta será esclarecida de forma aprofundada nesse post, que apresenta o passo a passo do processo de certificação do PBQP-h.

O PBQP-h tem origem no programa de habitat da ONU. O PBQP-h passou recentemente por mudanças necessárias para melhor atender seus objetivos. Tanto o PBQP-h quanto o programa da ONU estão focados em acabar com o déficit habitacional e proporcionar melhorias no setor.

Como o PBQP-h garante o alcance desses objetivos?

O programa funciona principalmente com  avaliações da conformidade de empresas de serviços e obras. O que proporciona melhorias na qualidade no setor de construção civil e atualização tecnológica nas empresas que adotam as diretrizes do PBQP-h.

Por que você deve adquirir a certificação do PBQP-h para sua construtora?

As empresas que adotam as ações do PBQP-h, adquirem uma infinidade de melhorias no negócio. Uma vez que essas ações objetivam proporcionar um aumento da competitividade no setor, melhorias na qualidade de serviços e nos produtos finais, redução de custos e uma otimização do uso de recursos públicos.

Mas isso não é tudo:

Empresas com a certificação do PBQP-h conseguem participar de programas e conquistam a aprovação de financiamentos junto à Caixa Econômica Federal (CEF). Também são aprovadas em financiamentos de outras instituições de crédito privadas, que exigem a certificação.

Quer participar do programa Minha Casa Minha Vida? Para isso, o certificado do PBQP-h é obrigatório. A certificação abre portas para participar de licitações municipais e estaduais e até mesmo, para usufruir de benefícios do BNDES.

As empresas certificadas conseguem estabelecer padrões de qualidade com o PBQP-h e, automaticamente, oferecem produtos melhores para seus clientes.

Mas o que você deve fazer antes de solicitar a certificação do PBQP-h?

É aconselhável que antes de participar de qualquer processo, você verifique se existem pré-requisitos ou não. Nesse caso alguns requisitos são exigidos previamente para que o processo de certificação do PBQP-h seja viável.

Preste atenção nos pré-requisitos do programa:

  • Possuir pelo menos uma obra em andamento: pois, na auditoria de certificação do PBQP-h, é preciso comprovar que a empresa já executou pelo menos a metade dos serviços controlados.
  • Possuir ART (Anotação de Responsabilidade Técnica): é essencial que o ART seja efetuado em nome da empresa que está buscando a certificação do PBQP-h;
  • Atender às exigências do SiAC (Sistema de Avaliação da Conformidade de Empresas de Serviços e Obras da Construção Civil): a empresa que busca a certificação do PBQP-h, deve ficar atenta e praticar todas as ações exigidas pelo SIAC de acordo com o nível a ser certificado.

*Atenção empreiteiras: para conquistar a certificação do PBQP-h, as empreiteiras devem possuir responsabilidade da empreitada global da obra. Não o parcial que é declarado no ART. Deve possuir também um contrato registrado em cartório juntamente com o proprietário da obra.

PBQP-h – Como implantar para certificar a sua empresa:

Basicamente, sua empresa precisa implementar os requisitos exigidos para tal,  que estão constantes na norma SiAC. Quer saber como funciona o processo de certificação do PBQP-h?

Antes de conferir de seguir o passo a passo necessário para adquirir a certificação do PBQP-h, é aconselhável que seja efetuado um planejamento. Nesse plano, é importante avaliar a contratação de uma consultoria para auxiliar sua construtora no processo.

O processo do PBQP-h é trabalhoso e contar com uma consultoria especializada, ajuda sua construtora a cumprir às exigências com eficácia. Isso evita retrabalhos e aumenta a chance de conseguir a certificação na primeira tentativa.

Veja agora o passo a passo para implantar o PBQP-h.

1º Enviar declaração

Enviar a declaração de interesse de certificação para o Ministério das Cidades e se inscrever no programa. Essa declaração é um modelo padrão e deve ser assinada e reconhecida em cartório. É desse momento em diante, que começa a implementação do SIAC.

2º Proceder com a implementação do SiAC

Nessa etapa é necessário implementar as normas do SiAC. Para ter êxito durante essa parte do processo, preste atenção porque ela se desmembra em três ações. A sua empresa deve buscar:

1) Conhecer a norma SiAC:

Dentro do PBQP-H está a norma SiAC, que é um ponto importante do programa. O Sistema tem o objetivo de avaliar a conformidade da qualidade das empresas de construção civil. Ele tem caráter evolutivo e possui dois níveis de certificação no PBQP-h: nível A e nível B.  Os princípios do SIAC são:

  • Contar com abrangência nacional e flexibilidade;
  • Ter caráter evolutivo e pró-ativo;
  • Manter sigilo e transparência;
  • Trabalhar com independência;
  • Buscar harmonia com o INMETRO.

2) Adequar às exigências da norma:

Sua construtora deve avaliar todas as exigências da norma SiAC e, então, começar o processo de adotá-las. As normas exigidas pelo SiAC para a certificação do PBQP-h são divididas em tópicos, como:

  • Sistema de Gestão da Qualidade: nessa etapa é exigido o manual da qualidade, o controle de documentos e o controle de registros;
  • Responsabilidade da direção da empresa: essa etapa aborda o comprometimento da empresa e trata da política da qualidade e do planejamento. Também são definidos os responsáveis internos pela certificação e o nível de autoridade autoridade e autonomia de cada deles no processo;
  • Gestão de recursos: aqui é preciso ficar atento à provisão de recursos de pessoal. A norma exige o treinamento e conscientização dos colaboradores, e condições adequadas de infraestrutura no ambiente de trabalho;
  • Execução da obra: nesse tópico é preciso, desenvolver o planejamento da obra e ter projetos bem elaborados. Para que tudo corra bem na avaliação, você precisa saber que estão envolvidos aqui, universos distintos como o do cliente e o da aquisição de produtos. O que inclui também os processos de produção, o fornecimento e serviços, além dos métodos de controle e monitoramento de desempenho;
  • Medição, análise e melhoria: nesta etapa é abordada a satisfação do cliente, são realizadas auditorias internas, medição e monitoramento dos processos dos materiais e dos serviços, análise de dados, melhorias, ações preventivas e corretivas.

Ficou interessado? Veja aqui todas essas etapas descritas detalhadamente. Nessa avaliação, contar com profissionais especializados no assunto, como uma consultoria, por exemplo, ajuda sua construtora a não cometer erros.

 

3)  Escolher um software de gestão:

Utilizar um software no processo não é obrigatório para conquistar a certificação, mas ajuda muito. Um sistema de gestão especializado na construção civil que auxilia sua empresa no controle de documentação e qualidade faz toda diferença!

 

3º Pré-auditoria

Assim que a implementação é concluída, acontece uma pré-auditoria para a certificação do PBQP-h. Essa auditoria é opcional, feita pelo organismo certificador de sua preferência como a ITAC, a Vanzolini, a Apcer e outros.

Essa auditoria ajuda a identificar pontos que necessitam de alterações antes da inspeção definitiva, capaz de aprovar ou não a construtora. Nela são analisadas se as exigências das normas SiAC estão sendo atendidas e se sua empresa está pronta para ir para a fase final.

Graças a essa etapa, a empresa tem a chance de corrigir os erros e aumentar a possibilidade de certificação pelo PBQP-h.

 

4° Auditoria final

Nessa etapa ocorre a auditoria de certificação do PBQP-h. Para isso, deve ser contratado um órgão certificador. Antes da auditoria oficial, é feita uma prévia. As pessoas envolvidas nessa última etapa são os gestores responsáveis pela certificação e outros membros da equipe que forem designados para isso.

Na auditoria final o auditor verifica se a empresa está de acordo com todas às exigências correspondentes ao nível de certificação escolhido. É preciso seguir atentamente o que foi exigido pela norma SIAC a fim de conseguir a certificação.

Os principais erros identificados nessa etapa são:

  • Falta de rastreabilidade de todos os materiais cuja qualidade não possa ser assegurada por meio de medição e monitoramento realizados antes da sua aplicação. Por exemplo: o concreto  deve ter um mapa de concretagem e controle tecnológico;
  • Procedimentos de execução de serviços que não declaram exatamente o que está sendo executado;
  • Falta de verificação dos dispositivos de medição;
  • Armazenamento inadequado dos materiais controlados;
  • Falta de treinamentos relacionados à execução do serviço;
  • Descrição de cargos que não condizem com a realidade da empresa;
  • Falta da comprovação das competências como escolaridade, treinamentos, experiência, entre outros;
  • Falhas no manual da qualidade onde  não são informados: o nível pretendido para a certificação, referência à norma auditada e sua revisão e que, muitas vezes possuem informações que contradizem os procedimentos existentes, entre outros.

Existem muito mais erros comuns nessa etapa. Ficou interessado? Veja aqui um checklist oferecido pelo SEBRAE sobre o assunto!

E como sua construtora pode se preparar melhor para auditoria final?

  • Ao passar pela etapa de pré-auditoria e proceder com todas as alterações exigidas;
  • Ao contratar uma consultoria especializada para auxiliar sua empresa;
  • Ao contar com a ajuda de um software especializado em construção civil.

As empresas de certificação do PBQP-h são escolhidas conforme a preferência das construtoras. O que é um trabalho estratégico, incumbência dos gestores.

Depois da auditoria final, caso a construtora cumpra todos os requisitos e seja aprovada, é emitido o certificado do PBQP-h.

 

Certificação PBQP-h: Atenção!

É importante que você saiba que após enviar a declaração de adesão devidamente preenchida à secretaria executiva, sua empresa tem um ano para mudar de nível. Para chegar ao nível A no Siac, é preciso cumprir todos os requisitos da norma.

Enquanto, no nível B não é necessário o cumprimento de todos os requisitos da norma. Sabendo disso, sua construtora decide a melhor maneira sobre como proceder. Normalmente o aconselhado é que já parta para o nível A logo de início, visto que são poucas as diferenças entre os dois.

 

A certificação PBQP-h é difícil?

Alguns gestores, tendem a deixar a implementação do PBQP-h de lado, por receio do trabalho que todo esse processo gera. Não são poucas exigências e a implementação das ações do programa é bastante trabalhosa. Isso tudo requer tempo e dedicação dos responsáveis.

Uma boa notícia: todo esse trabalho pode ser otimizado com a ajuda da tecnologia!

Veja:

Não é de hoje que os softwares têm auxiliado no cumprimento de normas e exigências legais, entre outros setores da construção civil. Cada vez mais os softwares têm ganhado espaço no setor de construção civil e eles otimizam diferentes setores.

Algumas áreas otimizadas pela tecnologia são a gestão financeira, a gestão de materiais e insumos, a definição de procedimentos e metas, entre outros. E é claro que isso não seria diferente na hora de adquirir a certificação do PBQP-h.

 

Conclusão

O passo a passo para certificar-se no programa é simples, porém exige tempo e dedicação!

O PBQP-h, com certeza, traz resultados positivos e melhorias para o seu negócio. Ao investir nessa certificação, definitivamente sua construtora fará muito mais do que cumprir uma exigência legal.

Apesar de trabalhoso, esse processo de certificação do PBQP-h, pode ser facilitado.   Basta adicionar tecnologia à vida do gestor da construção civil. Confira no próximo post, como a tecnologia pode dar uma mão na hora da certificação do PBQP-h.

Agora que você conhece a importância desse documento não fique de fora! Siga o passo a passo desse post e adquira o PBQP-H para a sua construtora. Assim, você poderá usufruir de todos os benefícios e vantagens que ele oferece.

Última coisa:

Esse assunto foi importante para você e para sua construtora? Curta ou comente aqui embaixo e ajude a tornar esse conteúdo ainda mais relevante!

Tomás Lima

  • Gestor de Conteúdo
  • Graduado em Administração pela UFMG
  • Apaixonado por Construção Civil
 

2 Comments

Deixe um Comentário

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa