Como melhorar a qualidade da análise de seus empreendimentos com o Sienge

Giseli Barbosa Anversa

Giseli Barbosa Anversa

Engenheira Civil, é Product Manager do Sienge, atuando no desenvolvimento de ações para impulsionar o desempenho de empresas da Indústria da Construção.

10 de junho

Nós sabemos que a rapidez no acesso às informações pode ser a diferença entre Lucro e Prejuízo em uma obra. Afinal, muito embora alguns projetos levem meses para ficarem prontos, decisões estratégicas devem ser tomadas de maneira rápida.

E convenhamos: alinhar velocidade com precisão não é tarefa nada fácil. Felizmente, um sistema de gestão com boas ferramentas de suporte à decisão torna isso possível.

Neste artigo, eu vou te ensinar a usar a mais nova funcionalidade do relatório “Custo por Nível” do Sienge, além de relembrar por que este relatório deve fazer parte de sua rotina de gestão.

Suporte à decisão: a importância de consolidar Obra e Finanças

Você provavelmente concordará quando afirmamos que consolidar informações gerenciais das diversas obras de sua empresa pode ser uma tarefa minuciosa. E esta tarefa, tão criteriosa, é repetida todos os meses com dados muitas vezes complexos.

análise de empreendimentos
Fonte: NK Realtors

Esta demanda busca trazer à luz os principais indicadores financeiros e eventuais sinais de risco ao resultado projetado de um empreendimento. O percentual de descolamento entre Custo Total Orçado e Total Comprometido, além de informações essenciais como  Valor Medido, Valor Realizado e Valor em Estoque são números fundamentais para avaliar se o Planejamento de uma obra é efetivo.

Perceba que estamos falando dos principais setores de uma Construtora ou Incorporadora: Engenharia, Suprimentos e Contas a Pagar.

Mas como consolidar informações tão distintas em um único relatório?

Há um tempo atrás isso seria uma bem difícil, e implicaria na mobilização de diferentes setores da Empresa por vários dias, todos os meses.

Porém, a tecnologia tem trazido facilidade à esta rotina e permitindo acesso quase que imediato a dados e informações de suas obras.

Isto parece promissor, não é? Mas antes de apresentarmos esta solução, é preciso entender uma coisa:

Acessar informações com facilidade é essencial para análises preditivas

Uma das maiores queixas da Construção Civil diz respeito a falhas no processo de comunicação entre Obra, Suprimentos, Contas a Pagar e a visão que a Alta Gestão tem para aquela obra.

E a origem desta falha está na integração entre informações que são originadas no dia a dia da obra e impactam no fluxo de caixa da Empresa.

Quando falamos de resultado, os valores Incorridos e A Incorrer são peça chave para qualquer tomada de decisão. E esta decisão deve ser ágil: gestores devem, a qualquer momento, saber quanto já foi gasto, quanto está comprometido em Contratos e Pedidos de Compra, o nível de estoque e o Saldo a Incorrer.

Como falamos, são estas informações que trarão assertividade na tomada de decisão e poderão significar o lucro ou prejuízo de uma obra.

“Cruzar” dados tão complexos só é possível com a integração de processos e com uma ferramenta de gestão flexível.

E é por isso que adotar o relatório Custo por Nível como uma ferramenta de análise gerencial é essencial para sua Empresa.

Custo por Nível: uma visão completa das finanças de sua Obra

análise de custos da construção
Fonte: WebstaurantStore

Com este relatório, você visualiza os valores financeiros apropriados para a obra, desde o início do projeto, comparando aos valores orçados. Esta comparação pode ser detalhada em cinco níveis:

  1. Unidade Construtiva;
  2. Célula Construtiva;
  3. Etapa;
  4. Subetapa;
  5. Serviço.

Estes níveis permitem realizar macro e micro análises, que podem ser ainda mais completas quando consideramos informações de Suprimentos.

Isto é possível pois o relatório “Custo por Nível” também traz os valores de estoques atuais da obra, Ordens de Compra e Contratos Apropriados, Saldos de Contrato e Saldos de Pedidos.

Estas são as informações que compõem o Custo Comprometido e Realizado de seu projeto. Ou seja, são valores apropriados aos níveis de serviço e, portanto, não estão disponíveis para novas compras ou contratações.

Entender, exatamente, onde o Orçamento de seu projeto foi gasto, em diferentes níveis de detalhamento é uma informação realmente importante, correto?

Agora imagine se, além de entender melhor o passado de sua obra, ou seja, o Custo Incorrido, fosse possível realizar uma análise da Tendência de Custo para um projeto.

Custo Reprogramado e Tendência: análise do cenário futuro de seu projeto

análise de tendências
Fonte: Lucas Gilbert Blog

Se simplificarmos, bastante, o Custo de um empreendimento, na data de uma análise, ele será a soma de duas informações:

CUSTO TOTAL REALIZADO = CUSTO INCORRIDO + CUSTO A INCORRER

O Custo Incorrido nós já conhecemos. Agora é hora de falarmos do Custo a Incorrer.

O Custo a Incorrer, ou Verba disponível, é a diferença entre o Custo Orçado Total e o Total Comprometido. Isto é, considerando o quanto eu planejei gastar para meu empreendimento (Custo Orçado Total) e o quanto eu já comprometi ou gastei até o momento (Total Comprometido), qual o valor financeiro que ainda tenho disponível para realizar novas Compras ou Contratações, e assim encerrar minha obra?

Neste ponto de nossa conversa, estamos introduzindo mais uma visão: além da análise financeira, estaremos considerando o Avanço Físico Realizado.

A lógica é simples: se o Avanço Físico Realizado da Etapa Construtiva “Estrutura em Concreto Armado” for de 50%, ainda terei que mobilizar mais recursos para a compra de aço, concreto, substituições de fôrmas e para o pagamento da mão de obra própria ou empreitada que trabalhará nesta etapa.

Ou seja, para atingir 100% de Avanço Físico Realizado, é necessário ter Verba disponível.

Porém, o que acontece quando já comprometi todo meu Orçamento e ainda não atingi 100% de Avanço Físico Realizado?

É aqui que as funcionalidades de Custo Reprogramado e Tendência, presentes no Custo por Nível, trarão importantes respostas a você!

Utilizando os conceitos de Análise de Valor Agregado, é possível identificar qual a tendência de Custo Total Realizado para seu empreendimento. Desta forma, você poderá identificar, com antecedência, os Serviços e Etapas Construtivas que estão com melhor ou pior desempenho, e assim, estabelecer planos de ação preventivos.

Mas atenção:

Para ter informações de Custo Reprogramado e Tendência assertivos, é essencial que você realize o Acompanhamento de Obras, através do sistema “Acompanhamento”, do módulo “Engenharia” do Sienge.

É neste sistema que informamos o Avanço Físico Realizado de nosso empreendimento, e consolidamos, além da visão financeira, os dados de execução de nossos projetos.

É por isso que o Custo por Nível é uma ferramenta fundamental para análise de seu empreendimento.

E agora, a melhor parte: agora é possível integrar as informações do relatório “Custo por Nível” com outras ferramentas e plataformas de Business Inteligence

Além do formato .PDF e .XLS, o Sienge disponibilizou a possibilidade de gerar o relatório “Custo por Nível” no formato .CSV.

Esta funcionalidade está disponível a partir da versão 8.0.7-39. Então, atualize agora sua versão do Sienge, e tenha acesso a mais esta funcionalidade!

Você sabe os principais benefícios do formato .CSV?

CSV é uma sigla que significa “Comma Separated Value”, ou “Valores Separados por Vírgulas”.

Isto significa que as informações do relatório “Custo por Nìvel” serão emitidas em um formato de armazenamento mais simples, sem cabeçalhos, células mescladas ou formatos padronizados.

Portanto, quando você utilizar o formato “CSV”, poderá utilizar os dados consolidados para elaboração de novas planilhas, tabelas dinâmicas ou até mesmo dashboards em ferramentas de Business Inteligence.

Nesta série de artigos, te explicamos por que você deve utilizar Business Intelligence como ferramenta para enriquecer as análises gerenciais de sua empresa. Vale a leitura!

E se você ainda ficou com alguma dúvida sobre os processos de Orçamento, Planejamento, Acompanhamento e Monitoramento de Obras, acesse estes materiais exclusivos que o Sienge elaborou para você!

Palestras:

Orçamento de Obra: As melhores práticas para trazer confiabilidade na Construção Civil

Planejamento de Obras: Faça como as melhores empresas de Construção Civil

Acompanhamento de Obras: Monitorando e Controlando empreendimentos lucrativos