Nota Fiscal Eletrônica

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) surgiu com o objetivo de facilitar o uso das notas fiscais, tornando digital todo o processo de envio e recebimento de nota fiscal e trazendo grandes mudanças para no processo de emissão da nota fiscal e a para a gestão das informações fiscais.

O principal benefício de possuir um sistema de NF-e integrado com o Sienge é o fato de conseguir fazer todo o processo de recepção e emissão de NF-e pelo sistema e aproveitar as informações geradas tantos nas notas quanto no sistema. Com isso, a empresa praticamente se isenta de qualquer possibilidade de erro e elimina o retrabalho.

 

Com a utilização de um sistema de NF-e integrado a sua empresa ganha:

  • Redução no tempo de execução da operação, pois as informações registradas no sistema serão reaproveitadas para a NF-e;
  • Prevenção a multas, pois o sistema de NF-e integrado com o ERP, garante a legitimidade das informações, assim como os prazos, e ainda evita erros;
  • Otimização de cadastros de notas fiscais de compra/ recepção, eliminando um. Processo trabalhoso devido a quantidade de insumos e informações fiscais a serem cadastradas para cada NF. Com o aproveitamento das informações contidas no XML, boa parte do processo de cadastramento ocorre automaticamente, inclusive a comparação com o pedido de compra anterior, se existente.

Nota Fiscal Eletrônica de Venda

O módulo de Nota Fiscal Eletrônica de Venda tem como objetivo possibilitar a emissão de nota fiscal eletrônica tanto de entrada como de saída. O sistema é interligado com o sistema de integração com balança, estoque, locação de equipamentos, contas a receber e com as obrigações fiscais.

Na operação de venda o sistema permite vincular o preço do produto por cliente (tabela de preços), além de fazer a comunicação com a SEFAZ (Secretaria da Fazenda) do estado para requisitar a emissão da nota e posteriormente gerar o XML e então enviar para o cliente. A geração de título a receber oriundo da NF-e também ocorre de forma automática.

 

Nota Fiscal Eletrônica de Transferência

No módulo de NF-e de Transferência a diferença é o tipo de operação, que neste caso é “transferência”.
O principal problema resolvido pelo NF-e de Transferência é o fato do cliente conseguir fazer todo o processo dentro do ERP Sienge, diminuindo assim o retrabalho e a possibilidade de erro.
A Nota Fiscal Eletrônica, tanto para venda quanto para transferência, pode ser feita de forma avulsa.

 

Nota Fiscal Eletrônica de Devolução

É uma funcionalidade, ou seja, não tem comercialização separada. É um tipo de operação de emissão de uma Nota Fiscal Eletrônica. Possui vinculação com a opção de Devolução do sistema de Compras.

 

Recepção de Nota Fiscal Eletrônica (importação / recepção XML)

Este módulo tem como objetivo principal automatizar o processo de recebimento e aproveitamento dos dados de notas fiscais eletrônicas, contemplando assim o recebimento e validação das notas fiscais, e o aproveitamento dos dados para registros no ERP Sienge.

O Recepção NF-e, busca e armazena automaticamente as notas emitidas contra o CNPJ da empresa junto a SEFAZ. Garantindo agilidade no controle dos arquivos digitais da nota fiscal. Todos os arquivos serão arquivados diretamente no sistema, permitindo a consulta de notas recebidas. Isso elimina a necessidade de controles paralelos por parte da empresa.

Além disso, é possível realizar a manifestação do destinatário, garantindo que a empresa recebeu o produto adquirido, diminuindo o retrabalho da empresa com faturamentos indevidos.

A integração com o módulo Suprimentos do Sienge permite reduzir o tempo para o cadastro de notas fiscais no sistema de Compras e Contratos e Medições. No sistema de compras, o usuário irá vincular as entregas dos pedidos de compras com as informações presentes na NF-e. Da mesma forma, no sistema Obrigações Fiscais são aproveitadas as informações do XML como base para o preenchimento das informações fiscais, facilitando a entrega de declarações fiscais da empresa.

 

Integração com a Balança

O objetivo principal do “Integração com Balança”, é permitir ler as informações recebidas de um software de balança de forma on-line, evitando a digitação e não dependendo mais de cadastro manual na pesagem. Simplesmente o veículo é posicionado na balança e o sistema consegue detectar a pesagem e transferir os dados para a emissão da nota fiscal, sem intervenção humana, o que evita erros de digitação e garante mais agilidade para geração da nota no sistema de Emissão de Nota fiscal. Apesar desta ligação com o sistema de Emissão de Nota Fiscal, não é pré-requisito.

No processo de integração com a balança, a entrada de dados é uma balança que se comunica com o computador local do usuário. O processo consiste em:

Entrada de Veículo

Este passo consiste no registro das informações de identificação do veículo, tais como: placa, destinatário da carga, necessidade e o produto. O sistema salva automaticamente as informações de controle da entrada, como por exemplo a data e o horário da entrada do veículo, bem como pesagem do caminhão vazio.

Pesagem de Carga

Este passo é referente a pesagem. Nele ocorre a comunicação com a balança para obtenção do peso bruto, quando o veículo chega para o carregamento, e o peso da tara, quando o veículo já está carregado do produto. A diferença entre estas duas pesagens será o peso líquido, que é a informação principal a ser enviada para a geração da nota na emissão da NF-e.

superbanner do ebook como aumentar a produtividade do time de sua construtora
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa