Posts Tagged / segurança do trabalho em obras

Levando conhecimento para a Indústria da Construção




ebook gratuito manual de segurança no trabalho
Manual de Segurança no Trabalho Para a Construção Civil
Postado dia 16 de junho de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, construct, Indústria da Construção, Novidades Blog

O Sienge em parceria com o Construct, desenvolveu um ebook gratuito com 6 dicas para sua empresa da construção melhorar a Segurança do Trabalho, confira:

A construção civil é, atualmente, o segundo setor econômico do Brasil que mais registra acidentes de trabalho fatais. De que formas sua construtora está contribuindo para amenizar essa estatística?

Saiba que os riscos podem ser reduzidos por meio de ações de segurança de trabalho adotadas pela construtora. Por isso, neste e-book gratuito você vai encontrar 6 itens que não podem faltar no checklist do seu planejamento. São eles:

  • Equipamentos de proteção;
  • Importância da comunicação na Segurança do Trabalho
  • Normas de segurança;
  • Manutenção preventiva;
  • Comportamento seguro;
  • Tecnologia a serviço da segurança

Garanta seu manual de segurança de trabalho gratuitamente já e comece a fazer diferente!

 

banner do ebook sobre produtividade na construção
segurança no canteiro de obras
8 Dicas para começar a melhorar já a segurança no canteiro de obras
Postado dia 4 de maio de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Indústria da Construção, Sienge

Veja como melhorar a segurança no canteiro de obras e evite acidentes na sua empresa, mantendo seus trabalhadores mais confiantes e protegidos!

Imagine a seguinte situação: um operário está andando pelo canteiro de obra à procura de uma ferramenta. Ao pisar em uma pilha de entulhos, machuca o pé em um prego, se desequilibra e, com a queda, ainda bate a cabeça – acidente que o levará a ficar alguns dias afastado do trabalho devido aos ferimentos. Infelizmente, cenas como essa são comuns por trás dos tapumes. Mas, ao mesmo tempo, são uma verdadeira aula para melhorar a segurança no canteiro de obras  e reduzir acidentes. Quer ver só?

Em primeiro lugar, os entulhos não deveriam estar lá. A segunda lição é: onde estavam os equipamentos de proteção do trabalhador, como capacete e calçado de segurança? E a terceira, será que ele estava ciente da importância de utilizá-los?

Como você pode ver, tão importante quanto projetar, orçar e planejar a construção de um empreendimento é cuidar da integridade física de todos os profissionais que forem atuar e garantir a segurança no canteiro de obras – de acordo com o último Anuário Estatístico da Previdência Social, a construção civil é o quinto setor econômico com o maior número de acidentes e o segundo mais letal aos trabalhadores.

Para fugir de estatísticas como essas, é preciso fazer um planejamento de segurança de trabalho antes mesmo de as obras iniciarem. Neste post você vai encontrar itens que não podem ficar de fora desse projeto. Confira:

#1 O planejamento em si

Projetos, cronogramas, orçamentos e demais ferramentas de gestão são extremamente importantes para o acompanhamento da obra, e para garantir a integridade física e segurança de todos os profissionais que forem atuar em cada uma dessas etapas o planejamento de segurança de trabalho é essencial. Para isso, cada obra deve passar primeiramente por um levantamento de riscos para que a construtora, em parceria com especialistas no assunto, possa traçar uma estratégia de prevenção mais adequada à realidade.

#2 Uso correto de equipamentos de proteção adequados

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria da Construção e do Mobiliário (Contricon), o alto número de acidentes de trabalho no setor está relacionado principalmente à falta do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Coletiva (EPCs). Daí a importância de a construtora, além de fornecer os dispositivos adequados ao risco de cada atividade, exigir o seu uso e estar atenta às trocas e manutenções.

#3 Cumprimento das normas de segurança

Você sabia que existe uma Norma Regulamentadora (NR) que exige a utilização de EPIs no canteiro de obra? Além dela, existem muitas outras normas de segurança que devem ser cumpridas pelas construtoras para garantir condições mais seguras e evitar multas, como a NR 18 (Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Construção Civil) e NR 35 (Trabalho em Altura). Conheça outras no nosso guia de normas da construção para 2016.

banner sobre ebook uso da tecnologia

#4 Conscientizar, treinar e fiscalizar

Os motivos para um trabalhador não apresentar um comportamento seguro podem ser muitos, entre eles, não estar ciente dos riscos oferecidos pela sua atividade. É por isso que devem ser realizadas regularmente campanhas de conscientização para evidenciar perigos e treinamentos para orientar quanto ao uso de equipamentos e preparar para situações críticas que possam ocorrer. Feito isso, o canteiro de obra deve ser sempre fiscalizado para estimular a adoção das práticas.

#5 Limpeza e organização

Outra orientação bastante importante que deve ser abordada em campanhas e treinamentos é a limpeza e a organização do canteiro de obra. Entulhos, ferramentas, tijolos, areia, tábuas e outros objetos não podem ficar espalhados pelo chão por um simples motivo: evitar situações como a mencionada no início deste post. Por isso, sempre que necessário, esses materiais devem ser recolhidos para não obstruírem a passagem e evitar acidentes.

#6 Apoio de especialistas no assunto

Por não ter foco principal em segurança, talvez seja complicado para a construtora definir os equipamentos de proteção mais adequados, instruir e fiscalizar equipes e até criar um layout de canteiro de obra mais propício para a prática da limpeza e organização. Por isso, conte com técnicos de segurança de trabalho especializados em construção civil para desenvolver com excelência seu projeto de melhorar a segurança no canteiro de obras!

#7 Manutenções preventivas

Um benefício extremamente importante em se realizar revisões preventivas no maquinário utilizado pela construtora é a segurança dos trabalhadores, uma vez que poderão utilizar todos os recursos oferecidos pelos equipamentos sem se preocuparem em sofrer acidentes pelo seu mau funcionamento. Por isso, vale a pena elaborar um planejamento de manutenções preventivas de todas as máquinas e todos os equipamentos que fazem parte do patrimônio da construtora para mantê-los sempre em perfeito estado de funcionamento.

#8 Conte com a tecnologia

Colocar em prática um excelente projeto de segurança de trabalho vai exigir organização da construtora para que prazos não sejam perdidos e ações sejam devidamente acompanhadas. Uma solução tecnológica especializada no segmento de construção civil é a aliada perfeita para essa missão, pois ajuda a acompanhar a saúde dos trabalhadores, controlar equipamentos de proteção e registrar e integrar dados de documentos das NRs – entre muitas outras funcionalidades!

banner do ebook sobre produtividade na construção
segurança no canteiro de obras segurança no trabalho epis
Segurança no canteiro de obras: como a tecnologia auxilia?
Postado dia 29 de abril de 2016 | Nenhum Comentário
Categorias: Construção, Indústria da Construção

Confira o primeiro texto da série sobre segurança do trabalho na construção civil! Hoje falamos sobre segurança no canteiro de obra: saiba como manter sua construtora livre de acidentes garantindo a segurança no canteiro de obras ao melhorar o planejamento!

Uma série de posts com dicas sobre segurança do trabalho na construção civil se inicia hoje, tratando da segurança no canteiro de obras. Trazemos informações sobre as normas regulamentadoras, equipamentos de segurança, acidentes na obra são alguns dos temas que abordaremos para que você saiba prevenir e gerir a sua equipe da melhor forma possível pensando na segurança e bem estar, para que desta forma a construção ocorra tranquila e sem acidentes.

Estatísticas de acidentes

A construção civil é o quinto setor econômico em número de acidentes e o segundo que mais mata trabalhadores no Brasil! Hoje, responde por 450 mortes todos os anos, segundo os anuários estatísticos de acidentes de trabalho do INSS. Em geral, a probabilidade de um empregado se incapacitar permanentemente nesse setor é seis vezes maior do que o conjunto de trabalhadores das demais atividades, já que cada operário lida com grandes maquinários, rotinas pesadas de trabalho, dentre as práticas mais complexas. Por isso, é muito importante adotar medidas preventivas de acidentes de trabalho preservando a saúde e bem estar dos integrantes da equipe.

Materiais de segurança (EPIs e EPCs)

Para preservar seu time equipe e deixar sua construtora bem longe das estatísticas, é fundamental o uso dos equipamentos de proteção coletivos – EPCs (como extintores de incêndio, cavaletes e correntes de isolamento) e também individuais – EPIs (como capacetes, óculos, protetores auriculares) para ter segurança na obra. Sempre, claro, com o devido incentivo e fiscalização, além de contar com um plano de manutenção preventiva de todos os equipamentos que fazem parte da jornada de trabalho.

Também é necessário verificar se os equipamentos de proteção individuais e coletivos fornecidos estão sendo realmente utilizados. Afinal, não basta apenas entregá-los às equipes se as pessoas ainda não estiverem conscientizadas da importância do seu uso.

banner sobre ebook uso da tecnologia

Normas de segurança

É importante ressaltar que mesmo um cronograma de obras apertado não pode ser justificativa para que as tarefas sejam realizadas sem as devidas precauções, seguindo rigorosamente as normas regulamentadoras, como a NR-18 que trata das condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção e NR-35, que aborda a questão do trabalho em altura.

Além disso, as empresas que possuem menos de 20 trabalhadores ficam obrigadas a elaborar o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais), que estabelece diretrizes que tratam das condições físicas de trabalho oferecidas a equipe e também orientações para o comportamento dela visando a segurança no canteiro de obras.

Manutenção preventiva de máquinas

Os custos com manutenção preventiva no maquinário utilizado na construção são menores do que com reparos emergenciais. Manutenções como lubrificações, calibrações e aferições podem ser programadas, assim o reparo é feito antes de acontecer alguma falha com o equipamento. Por exemplo, o disco de uma serra pode subitamente se desprender do seu eixo durante o uso, por ter afrouxado com o tempo e ainda não ter passado pela manutenção necessária. Isso pode gerar desde cortes superficiais até lesões mais sérias que perigam, inclusive, afastar o operário do trabalho temporariamente.

Por isso, vale a pena elaborar um planejamento de manutenções preventivas de todas as máquinas e todos os equipamentos que fazem parte do patrimônio da construtora para mantê-los sempre em perfeito estado de funcionamento. Esse cronograma pode ser feito com base em recomendações do fabricante ou no histórico de uso.

Conscientização da equipe

Para implementar a cultura da segurança sólida no canteiro de obras, é necessário esclarecer e trabalhar com a mentalidade da equipe para compreensão de adotar atitudes seguras no trabalho. Dessa forma, o próprio trabalhador escolhe optar por uma atitude segura. Fazer campanhas de conscientização para incentivar o comportamento seguro, treinar a equipe com simulação de situações críticas como forma de preparo para reagirem as adversidades que possam surgir no decorrer da obra. Por isso, uma das melhores estratégias é criar um sistema interno de fiscalização periódica para incentivar o comportamento seguro e evitar acidentes.  

Como é muito comum trabalhar com equipes terceirizadas na indústria da construção, é interessante que campanhas e treinamentos sejam realizados periodicamente a cada novo projeto, considerando as particularidades de cada canteiro de obras.

Tecnologia auxilia na melhora da segurança

Você já sabe que o ideal é estabelecer um planejamento adequado analisando equipamentos, materiais, métodos e condições topográficas. Para isso, é preciso elaborar um cronograma realista que permite identificar qual a melhor forma de aplicar os recursos e melhorar a qualidade da obra sem comprometer a saúde e segurança no canteiro de obras de todos os que estão envolvidos no empreendimento.

Mas o que você talvez ainda não saiba é que por meio de tecnologia é possível ganhar agilidade e trazer mais segurança no canteiro de obras. Com uso de uma tecnologia especializada no segmento da construção civil, por exemplo, você pode armazenar e consultar relatórios e planilhas com o objetivo de auxiliar a gestão de segurança no canteiro de obras. Isso pode ser feito do escritório, do canteiro ou de onde você estiver por meio de smartphones e tablets, que trazem ainda mais agilidade ao processo. Sim, essa tecnologia já está presente na construção civil e ela veio para ajudar e para ficar!

A gestão eficiente da segurança dos profissionais que trabalharem nas obras da sua construtora pode ser apoiada por uma solução tecnológica especializada no segmento de construção civil, que registra e controla informações para ajudar você a não perder um só prazo e oferecer condições de trabalho seguras em toda obra que for realizar.

Ainda não ficou convencido? Pois saiba que os investimentos em tecnologia elevam a produtividade e aumentam a qualidade das obras. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI) 80% das indústrias da construção pretendem investir em novas tecnologias nos próximos cinco anos. Então, não perca tempo!

banner do ebook sobre produtividade na construção
banner sobre pedir demonstracao
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa