banner sienge

Processo trabalhista na construção – Quem ganha: o trabalhador ou a empresa?

Blog > construcao, gestao
19 de julho de 2016

Veja neste post se a tendência das decisões judiciais está a favor da empresa ou do trabalhador

Nesta semana, o Blog Construct publicou mais um artigo sobre um tema muito importante para gestores de empresas de construção civil: sobre a tendência a decisões favoráveis ao trabalhador em caso de processo trabalhista na construção.

Em um momento de crise econômica, atentar-se para a legislação trabalhista pode representar o sucesso ou fracasso do negócio. As varas de Direito do Trabalho espalhadas pelo Brasil receberam no ano passado 2,6 milhões de processos, de acordo com dados do TST (Tribunal Superior do Trabalho), um recorde da série histórica iniciada em 1941.

Para entender os motivos que levam a Justiça do Trabalho a decidir favoravelmente aos trabalhadores (a não ser que o pedido seja descabido ou indevido), é preciso explicar primeiro o princípio que rege o comportamento dos seus servidores: o princípio da proteção ao hipossuficiente, ou seja, ao trabalhador ou empregado.

O artigo no Blog Construct traz mais detalhes sobre essa questão, e detalha as três principais formas pelas quais o princípio é aplicado. Saiba em que fatores os juízes do trabalho se embasam quando avaliam cada processo trabalhista. E, principalmente, saiba como contratar respeitando sempre as leis trabalhistas para evitar problemas com processo trabalhista na construção no futuro.

Confira o artigo na íntegra aqui.

Boa leitura!

banner do ebook sobre produtividade na construção

Brenda Bressan Thomé

  • Editora do blog Sienge
  • Especialista em comunicação em mídias digitais
  • Jornalista formada pela UFSC
  • Filha de Engenheiro Civil e apaixonada por Construção

Leave a comment

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa