banner sienge

Construção Civil – Passado recente do mercado

Blog > construcao, gestao, industria-da-construcao, sienge
21 de novembro de 2013

Problemas que enfrentamos hoje no Ciclo de Negócios da Indústria da Construção Civil brasileira, como apagão de mão de obra, são reflexos das décadas de 80 e 90.

O mercado da engenharia civil não estava muito aquecido entre 1980 e 2000 e, em função disso, houve pouco investimento das empresas e pessoas no segmento da Construção Civil.

O mercado da construção civil brasileira foi marcado por altos e baixos, devido à má situação econômica e à instabilidade política, além de algumas crises mundiais, como a crise americana e a desvalorização do Real, que propagam certa insegurança no setor.

Em 2007, houve um “boom” do mercado da construção civil brasileira. Para perceber isto, basta comparar os lançamentos, as vendas e as unidades disponíveis no Brasil.

Construção Civil

Gráfico de Lançamentos de Imóveis

 

Construção Civil

Gráfico Comparativo: Lançamento,Vendas, Velocidade, Estoque.

Em 2009, houve uma retração no mercado devido à crise americana de 2008. Isso aconteceu, pois a confiança no setor diminuiu. Entretanto, as construtoras e incorporadoras lançaram muitos imóveis, mas não tiveram muita aderência dos compradores, o que fez o número de estoque aumentar. Esse cenário mudou nos anos seguintes, por causa da demanda da população e do bom momento político e econômico do Brasil.

No nosso próximo conteúdo você vai ver algumas questões que preocupavam o setor há alguns anos, como bolha imobiliária, apagão de mão de obra, demanda desaquecida, entre outras.

Brenda Bressan Thomé

  • Editora do blog Sienge
  • Especialista em comunicação em mídias digitais
  • Jornalista formada pela UFSC
  • Filha de Engenheiro Civil e apaixonada por Construção

Leave a comment

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa