banner sienge

Infraestrutura: País aumentará os investimentos em transporte

Blog > construcao, fiscal, incorporacao, industria-da-construcao
13 de dezembro de 2012

Otimismo foi a tônica na capital francesa. A presidente Dilma Rousseff garantiu que os investimentos em infraestrutura serão aumentados.

Nesta quarta-feira dia 12 em Paris na França, houve o “Seminário Empresarial: Desafio e Oportunidades de uma Parceira Estratégica”. Onde a presidente Dilma Rousseff apresentou um plano afirmando que o governo federal brasileiro pretende construir um ambiente seguro e amigável para o investimento privado. De acordo com Dilma, essas parcerias são estratégicas para o país.

Infraestrutura

A presidente abordou a importância das parcerias público-privadas e falou também sobre melhorar a infraestrutura do Brasil. Dilma disse que, além dos 5 mil quilômetros de ferrovias já construídas ou em fase de execução, ainda serão feitos mais 10 mil quilômetros de ferrovias e mais 800 aeroportos regionais no Brasil. “Nós queremos que as cidades com até 100 mil habitantes tenham um aeroporto no entorno de no máximo 60 quilômetros. É uma necessidade também importante para o crescimento do país”, afirmou.

 “Com o objetivo de elevar o desenvolvimento, vamos aumentar taxa de investimento, centrando em dois grandes movimentos, o investimento em infraestrutura e na indústria manufatureira. O Brasil não vai ser somente um exportador de commodities, seremos sempre uma potência alimentar e mineral, mas queremos também ser uma potência na área de manufatura. E esse é um cenário que permite um novo patamar de cooperação entre o Brasil e as indústrias francesas como nunca antes ocorrido. Nunca tivemos uma conjuntura tão favorável a essa cooperação”, afirmou Dilma.

“Tínhamos de retomar esse sistema rodoviário, que foi descuidado nas últimas décadas. Nós lançamos um plano de ferrovias para construir 5 mil km, basicamente no eixo longitudinal. (…) Agora, recentemente, nós consideramos  que é fundamental dar um passo à frente. Primeiro, constituímos uma empresa de planejamento que visa pensar a integração dos modais e do sistema portuário, a Empresa de Planejamento Logístico (EPL), que vai nos ajudar a construir nosso próximo desafio, que são 10 mil km de rede ferroviária”, explicou Dilma.

Confira o discurso de Dilma Rousseff no Seminário Empresarial: Desafios e Oportunidades de uma Parceria Estratégica

Brenda Bressan Thomé

  • Editora do blog Sienge
  • Especialista em comunicação em mídias digitais
  • Jornalista formada pela UFSC
  • Filha de Engenheiro Civil e apaixonada por Construção

One Comment

  1. Claudio

    Anonymous disse:Eu opero no Santos Dumont, no Rio de Janeiro. Chego a esperar um pouso duartne cinco minutos, tal o medo dos controladores de soltar uma decolagem depois que um avie3o se aproxima do circuito. c9 como disse o Rodrigo: aqui no Brasil e9 impossedvel operar com tre2nsito intenso.

    Responder

Leave a comment

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa