banner sienge

Gestão de compras eficiente nas pequenas empresas de construção civil

Blog > construcao, gestao, industria-da-construcao
24 de junho de 2016

Veja um passo a passo para ajudar pequenas empresas de construção civil a ter uma gestão de compras mais eficiente:

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em maio de 2016 os custos da construção civil acumularam alta de 6,68% no período de um ano em comparação aos 12 meses anteriores. Com isso, o custo nacional da construção por metro quadrado passou de R$ 989,37 para R$ 997,60, dos quais R$ 527,68 dizem respeito aos materiais (aumento de 0,17%). De janeiro a maio, os materiais acumularam alta de 25%, e no período de um ano, de 4,5%.

Fazendo uma conta rápida e genérica, pode-se concluir, então, que os materiais de construção são responsáveis por mais da metade dos custos de uma obra – 53% deles, para ser mais específico. O que isso quer dizer? Que as pequenas empresas de construção civil não podem ficar se dando ao luxo, ainda mais em tempos de crise, de desperdiçar recursos e investir sem controlar os gastos. Existem coisas das quais infelizmente não há como fugir, como é o caso da alta dos preços de insumos. Sendo assim, para compensar, você precisa começar a adotar práticas que proporcionam economia e otimização do uso dos recursos da sua empresa de serviços em construção civil.

Reduzir custos e cumprir prazos de entrega são práticas bastante comuns por parte de empresas que já conhecem as táticas para se manterem firmes, fortes e sempre competitivas no mercado. No caso das pequenas empresas de construção, como as que estão enquadradas no regime Simples Nacional, essa estratégia pode ser aplicada por meio do processo de compras.

Gestão de compras eficiente na empresa de serviços de construção civil

Seja para executar obras inteiras ou apenas etapas, como o processo de compras de materiais é feito, hoje, na sua pequena construtora? Compras emergenciais e custos com insumos bem maiores do que o previsto são itens que têm feito parte do dia a dia da sua empresa de serviços em construção civil? Isso é sinal de que algo não está certo na sua gestão de compras. Mas antes de dizer o que pode estar dando errado no seu processo, o Sienge preparou um passo a passo infalível para tornar a gestão de compras mais eficiente. Confira:

banner sobre o quiz insumos da construção civil

Passo 1: faça um levantamento de tudo que será necessário

Imagine que sua construtora vai começar a executar o projeto de uma pequena edificação com seis salas comerciais. Ao chegar nesse estágio pressupõe-se que a empresa de serviços em construção civil já tenha em mãos documentos que irão nortear toda a execução da obra, tais como cronograma de obra e orçamentos. Mas o que é que essas ferramentas têm a ver com o processo de compras?

Aí é que está: tudo! Os valores estimados em orçamentos preveem quais são as quantidades totais (e de quais materiais) que a empresa vai precisar providenciar e o cronograma, quando esses insumos serão utilizados. Duas informações extremamente importantes para fechar compras em maiores volumes e, portanto, mais vantajosas financeiramente, além de serem realizadas no tempo adequado.

Passo 2: verifique o estoque

Agora, imagine-se em uma outra situação: você é dono de um pequeno negócio que presta serviços na área de construção civil e foi contratado por uma grande construtora para fazer a pintura interna de um prédio residencial de 11 andares. Detalhe: toda a matéria-prima a ser utilizada será por sua conta, valor que estará incluso no preço final do serviço.

Especializada no assunto, sua empresa possui uma ótima gestão de estoques e antes de começar a negociar preços e prazos com fornecedores o almoxarifado é o primeiro lugar que você vai checar, onde constata que já possui pelo menos 30% do material que precisará utilizar, e o mais importante: muito bem acondicionado e pronto para o uso. Ou seja, o valor desembolsado junto aos fornecedores será menor e você ainda terá condições de aproveitar insumos de outras obras, evitando desperdícios.

Passo 3: pesquise preços e condições

Ao decidir tirar um empreendimento do papel ou fechar uma prestação de serviços em construção civil, começa a busca pela compra dos materiais que serão necessários para cumprir a empreitada. Nessas horas, a dica é arregaçar as mangas, pegar sua lista de compras e fazer cotações com quantas empresas achar necessário. Pesquise e compare preços, busque descontos e negocie condições de pagamento. Sim, ao final do mês, de um serviço ou de uma obra tudo isso fará diferença e você vai perceber o quanto esse esforço valeu a pena!

Passo 4: estabeleça parcerias com fornecedores

Fazer pesquisas minuciosas no mercado antes de comprar materiais é de extrema importância para as pequenas empresas de construção, conforme você viu acima. Algumas construtoras, no entanto, podem deixar essa etapa de lado porque já estabeleceram parcerias vantajosas com fornecedores, possibilitando centralizar as compras com o menor número possível de fornecedores para obter maiores descontos: fica mais fácil pagar menos quando o volume de compras é maior.

Além disso, o estabelecimento de parcerias nesse sentido permite mais flexibilidade na negociação de preços, prazos e condições de pagamento. Mas aqui, apesar de tudo, cabe uma dica importante: mesmo que sua empresa de serviços em construção civil esteja trabalhando com fornecedores ótimos, fique de olho no mercado mesmo assim. Vai que você encontra outras possibilidades de parceria igualmente (ou até mais) vantajosas? É por isso que em empresas que desejam crescer, os processos jamais podem ser engessados e quem estiver à frente delas deve estar sempre de olho nas ofertas, novidades e oportunidades.

Como implementar a gestão de compras eficiente nas pequenas empresas de construção

A tecnologia pode ser a aliada mais importante na missão de implementar esse passo a passo na sua empresa de serviços em construção civil. Isso porque uma solução tecnológica especializada no segmento, por exemplo, permite desde o armazenamento de preços e condições pesquisados em cada fornecedor, facilitando o processo de comparação e escolha a cada nova empreitada, até a integração do canteiro de obras com as áreas administrativas das pequenas empresas de construção, o que permite a solicitação de novos materiais com antecedência e impulsionando uma gestão de compras de fato eficiente.

Este post faz parte da série que ajuda sua pequena construtora a se manter firme, forte e competitiva para garantir a sustentação dos seus negócios no mercado.

Não perca os próximos que estão por vir e saiba como melhorar a gestão de forma completa e por diversos aspectos!

banner sobre o quiz desperdicio

Brenda Bressan Thomé

  • Editora do blog Sienge
  • Especialista em comunicação em mídias digitais
  • Jornalista formada pela UFSC
  • Filha de Engenheiro Civil e apaixonada por Construção

Leave a comment

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa