banner sienge

Gestão de Obras – Controlando melhor seus gastos e recursos

Blog > construcao, funcionalidades-sienge, gestao, incorporacao, industria-da-construcao, software
13 de maio de 2013

A indústria da construção é um dos setores mais aquecidos da economia brasileira, conta com mais de 79 mil empresas e tem um crescimento estimado de 4% só para este, portanto, é um dos pilares da economia do país.  Neste cenário competitivo percebe-se que, cada vez mais, as empresas do ramo estão focadas em reduzir custos e aumentar a lucratividade.

Uma das alternativas para se posicionar de forma mais competitiva perante o mercado é investir em tecnologias que promovam métodos de gestão de obras mais eficientes. Como por exemplo, elaborar um orçamento de obra bem detalhado, traçando um planejamento e um cronograma.

Na indústria da construção, o orçamento é o levantamento de todos os custos envolvidos na execução de uma obra ou um empreendimento. Desde os custos diretos com a obra: os insumos – levando em conta o tipo de maçaneta, tipo de cerâmica, esquadrias, mão de obra, os equipamentos e o tempo estimado para finaliza-la. Assim como, os custos indiretos, que estão ligados à administração, vendas, pós-vendas e impostos.

Mesmo todas as empresas sabendo sobre a importância de fazerem um orçamento detalhado e de possuírem um bom planejamento da obra, muitas optam em fazer o cálculo genérico, multiplicando o CUB da região da obra pela quantidade de metros quadrados previstos no projeto. Não significa que essa formula seja ineficiente, no entanto, não é tão precisa quanto um orçamento específico. Por isso para empresas que querem ter mais segurança nos seus investimentos vale a pena desenvolver um processo Gestão de Obras.

A partir do orçamento tem-se o planejamento, que integra o orçamento e a produção, passando pela fase de levantamento de custos, apropriação desses custos e comercialização do empreendimento.

Com o aumento da competitividade entre empresas do setor, as grandes organizações passaram a enxergar o orçamento como uma importante ferramenta de Gestão de Obras, que ajuda a empresa a estabelecer metas e a divulgá-las, estando estas cumpridas ou não. Isso permite que a empresa, por conhecer seus gastos, tome decisões mais rapidamente e ações preventivas, caso detecte algo fora do planejamento – algum possível atraso da obra, algum estouro de orçamento, entre outros.

O uso de software de gestão de obras para a orçamentação e planejamento, dinamiza os processos internos da corporação. Com os softwares é possível integrar todas as partes da empresa, facilitando a troca de informações do canteiro de obras com o setor administrativo. O software também é importante após a conclusão da obra, pode ser feito o gerenciamento de unidades a venda, ou o gerenciamento de contas a receber. Isso tudo é feito com uma base de dados atualizada, dando à empresa segurança em relação ao seu futuro.

Quer saber mais? Fale conosco e conheça o software de Gestão de Obras ideal para apoiar sua empresa!

Brenda Bressan Thomé

  • Editora do blog Sienge
  • Especialista em comunicação em mídias digitais
  • Jornalista formada pela UFSC
  • Filha de Engenheiro Civil e apaixonada por Construção

Leave a comment

Receba Novidades do Blog
Coloque o seu email acima para receber gratuitamente as atualizações do blog!
Saiba como o Sienge pode ajudar a sua empresa